conecte-se conosco


Esportes

Com gol de Deyverson, Palmeiras bate o Inter pelo Brasileiro

Publicado

Time alviverde garantiu mais três pontos em um jogo de pouca inspiração de ambas as equipes

Bruno Calió – Terra

O Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Verdão encarou o Internacional e venceu com um gol de Deyverson no Allianz Parque, em partida fraquíssima das duas equipes. O triunfo suado valeu a liderança provisória da competição ao time de Luiz Felipe Scolari.

Mesmo com o fraco futebol, o Alviverde alcançou números da Academia. São 26 jogos consecutivos sem derrota no Brasileirão, contando as partidas que conduziram ao título brasileiro de 2018. A marca é a mesma do time comandando por Oswaldo Brandão, entre 1972 e 1973.

 O atacante Deyverson marcou o gol do Palmeiras na vitória contra o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro

O atacante Deyverson marcou o gol do Palmeiras na vitória contra o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro

Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta Press

Com o resultado nesta noite, o Palestra assumiu a liderança provisória do Brasileirão, com sete pontos ganhos. O Inter tem apenas três e está próximo à zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Porco visita o Atlético-MG, domingo, no Independência. Já o Colorado recebe o Cruzeiro, no mesmo dia, no Beira-Rio.

O Palmeiras começou o jogo como campeão brasileiro. Com a volta dos titulares, o Verdão se mostrou disposto a abafar os visitantes em busca do primeiro gol. Com apenas três minutos, Dudu desviou de cabeça o arremesso lateral na pequena área e quase abriu o placar.

Veja Também:  Pai de Neymar avisa Real e Barça que filho planeja sair do PSG, diz jornal

O fato de o pequenino camisa 7 ganhar facilmente o lance pelo alto indicou aos comandados de Felipão um possível caminho para a vitória. Pouco depois do primeiro susto, a zaga formada por Moledo e Cuesta deixou outro alviverde sozinho em bola parada, mas Deyverson desviou escanteio cobrado por Dudu pela linha de fundo.

Depois de muito insistir, o gol palestrino saiu. Aos 13 minutos, Dudu cobrou novo corner para a área e Deyverson subiu livre, na primeira trave, para cabecear no contrapé de Marcelo Lomba e abrir o marcador. Falha do goleiro colorado, que não deixou a meta, e do sistema defensivo como um todo, por deixar o centroavante sozinho.

Com o Verdão na frente, o jogo tomou outro rumo. Primeiro, ainda com superioridade palestrina, Paolo Guerrero se envolveu em uma série de confusões, que resultaram em cartão amarelo para o peruano, outro para Felipe Melo e bronca em Dudu. Com bola rolando, o camisa 9 não ganhou uma jogada sequer de Luan, Gómeze Felipe Melo.

O Alviverde abdicou de criar a partir da segunda metade do primeiro tempo e se limitou a marcar o Inter. Com eficiência, o time de Felipão não passou sustos, mas viu os adversários chegarem a 59% de posse de bola.

Palmeiras se limita a defender e não passa sustos

Para a etapa final, o Alviverde manteve sua proposta de cozinhar o jogo até o apito final. O Inter de Odair Hellman, por sua vez, propôs mudanças. Guilherme Parede e D’Alessandro entraram nas vagas de Nico López e Sarrafiore. Assim, o Colorado ganhou poder de articulação no meio-campo, Patrick cresceu no jogo, mas não foi suficiente para que os gaúchos realmente levassem perigo.

Veja Também:  Manchester City pode fazer história e conquistar a quádrupla coroa

O Verdão, por sua vez, teve Scarpa e Dudu em suas piores noites. Sem a dupla criativa e com Zé Rafael também mal, o Palestra sequer construiu contra-ataques. A única real chance de gol veio de novo pelo alto, em cruzamento de Dudu para Bruno Henrique, mas Marcelo Lomba fez boa defesa.

Hyoran e Moisés entraram nas vagas de Scarpa e Zé Rafael, porém, pouco contribuíram. Nos dez minutos finais, o Inter se abriu totalmente com a entrada de Rafael Sóbis na vaga de Edenílson, deixando Rodrigo Dourado como único volante de marcação.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 x 1 INTERNACIONAL

Data: 4 de maio de 2019, sábado

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Wagner Magalhães (Fifa)

Assistentes: Fabio Pereira e Thiago Farinha

VAR: Rodrigo de Sá

Público: 31.549 torcedores.

Renda: R$ 1.952.668,00

Cartões amarelos: Deyverson, Marcos Rocha e Felipe Melo (Palmeiras); Victor Cuesta, Zeca, Guerrero e Sarrafiore (Inter)

GOLS

PALMEIRAS: Deyverson (13/1T)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael (Hyoran); Scarpa (Moisés), Dudu (Raphael Veiga) e Deyverson

Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson (Rafael Sóbis) e Patrick; Sarrafiore (D’Alessandro), Nico López (Guilherme Parede) e Paolo Guerrero

Técnico: Odair Hellmann

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Rodada deste fim semana definiu os finalistas do Campeonato Municipal Veterano

Publicado

Fonte: Assecom – João Menezes

Dois jogos movimentaram a semifinal do Campeonato Municipal de Veteranos de Barra do Bugres, com duas partidas; no sábado com o Unibol vencendo o Vilinha/Academia Fênix por 2X1. No domingo, a aldeia Umutina goleou o Vasco por 4X2.

A Liga Esportiva do Município já confirmou para o próximo fim de semana, domingo, a partir das 15h, no estádio municipal a grande final entre Unibol e Umutina.

O torcedor amante do futebol deverá comparecer em grande número, numa decisão inédita entre as equipes Unibol e Umutina. De acordo com o gerente de esportes do município, Paulo Pereira Marcelo, a expectativa é que a decisão seja de casa cheia, com torcedores de todas as equipes que participaram do campeonato.

PREMIAÇÃO

1° Lugar – R$ 4.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

2° Lugar – R$ 2.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

3° Lugar – R$ 1.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

4° Lugar – R$ 500,00

Prefeitura e Câmara Municipal

Artilheiro – R$ 250,00

Vereador João Luiz

Goleiro MV – R$ 250,00

Veja Também:  Torcedor do Racing tira crânio do avô do túmulo e celebra título com ele na mão

NCB Construções

Melhor Jogador – R$ 250,00 Sicredi

APOIO

✔Prefeito Raimundo Nonato

✔Vice-prefeito Gustavo Abi Rached Cruz (Guga)

✔Secretarias Municipais de Finanças, Administração, Saúde, Educação

✔Departamento de Esporte

✔Polícia Militar

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Em jogo equilibrado, Oeste e Cuiabá ficam no empate pela Série B

Publicado

Gazeta Esportiva

Pela abertura da quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Oeste e Cuiabá se enfrentaram na Arena Barueri. Com um golaço de Jean Patrick, ainda no primeiro tempo, o Dourado quase surpreendeu mais uma vez na competição. Bruno Paraíba, entretanto, empatou no finalzinho para o Oeste e as equipes empataram em 1 a 1.

Com o resultado, o Oeste conheceu o seu terceiro empate e agora soma seis pontos, na quinta colocação. O Cuiabá, por outro lado, perdeu a chance de dormir na liderança. A equipe chegou aos mesmos nove pontos do Botafogo-SP, que joga apenas no sábado, mas perde nos critérios de desempate.

Na primeira etapa, quem incomodou mais foram os visitantes. Com mais volume de jogo e levando perigo nos ataques, o Cuiabá abriu o placar aos 30 minutos com um belo gol de Jean Patrick.

Em desvantagem no segundo tempo, o Oeste mostrou dificuldade para criar jogadas ofensivas. Mesmo tendo mais posse de bola, a equipe de Renan Freitas não conseguia furara a zaga adversária. De tanto insistir, porém, o Rubrão conseguiu o gol de empate aos 42 minutos com Bruno Paraíba, de cabeça.

Equipes mostraram equilíbrio e ficaram no empate na Arena Barueri (Jefferson Vieira/OFC)

Veja Também:  Renato Gaúcho, o Brasil não pode ser tão ingrato com você

O jogo

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Cuiabá. Aos 12 minutos, Felipe Marques recebeu na entrada da área e mandou um chute perigoso. O goleiro Matheus Cavichioli rebateu para o meio da área, mas a arbitragem marcou impedimento no rebote do time visitante.

A resposta do Oeste veio aos 14. Em cobrança de falta lateral, Elvis cruzou para o meio da área e Kanu subiu mais alto que toda a defesa do Cuiabá. O cabeceio, entretanto, foi sem direção e a bola saiu por cima.

As equipes mostravam dificuldade para construir ataques perigosos, mas aos 30 minutos o time visitante abriu o placar com um belo gol. Jean Patrick recebeu na entrada da área, tirou o marcador da jogada e bateu de canhota, sem dar chances para o goleiro adversário.

Apenas seis minutos depois, o Cuiabá quase ampliou o placar com outro golaço. Maracás falhou no cabeceio e Junior Todinho pegou a sobra. De fora da área, o atacante do Dourado viu Matheus Cavichioli adiantado e tentou encobri-lo. A bola, entretanto, raspou o travessão e foi para fora.

Na segunda etapa, o Oeste voltou a fim de igualar o marcador e quase conseguiu aos seis minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Mazinho bateu firme rasteiro e o goleiro Victor Souza deu rebote. Na sobra, Alyson tentou de bicicleta, mas a bola passou ao lado da trave esquerda e saiu pela linha de fundo.

Veja Também:  Pai de Neymar avisa Real e Barça que filho planeja sair do PSG, diz jornal

O Rubrão criava, mas encontrava dificuldades para furar a defesa do Cuiabá. De tanto insistir, entretanto, a equipe foi premiada com um gol nos minutos finais. Aos 42, Bruno Paraíba recebeu um bom cruzamento pelo alto, subiu bem e cabeceou no cantinho para empatar a partida.

Ficha Técnica:

OESTE 1 X 1 CUIABÁ

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)

Data: 14 de maio de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: William Machado Steffen (SC)

Assistentes: Eder Alexandre (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Cartões Amarelos: Bonilha, Maracás, Lídio e Bruno Paraíba (Oeste); Jean Patrick e Alê (Cuiabá)

Gols: Jean Patrick, aos 30 minutos do primeiro tempo (Cuiabá); Bruno Paraíba, aos 42 minutos do segundo tempo (Oeste)

OESTE: Matheus Cavichioli; Bonilha (Bruno Lopes), Kanu, Maracás e Alyson; Betinho, Lídio e Elvis; Bruno Paraíba, Mazinho (Gabriel Vasconcelos) e Roberto (Bruno Xavier); Treinador: Renan Freitas

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Ednei, Edson Borges e Danilo; Jean Patrick, Marino (Matheus Pato) e Alê; Felipe Marques, Eduardo Ramos (Djavan) e Júnior Todinho (Hugo Cabral); Treinador: Itamar Schulle

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana