conecte-se conosco


Esportes

Corinthians vence, mas leva gol e está fora da Libertadores

Publicado

Assim, o clube segue sem vencer um mata-mata de Libertadores dentro da Arena e, como em 2015, viu o modesto Guaraní do Paraguai fazer a festa em Itaquera.

Resta ao Corinthians pensar no clássico contra o São Paulo, sábado, às 19h, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Primeiro tempo
Tiago Nunes resolveu apostar em Vagner Love e Pedrinho nas vagas de Janderson e Everaldo. Na prática, um time com mais imposição dentro da área. Atrás, os mesmos problemas apresentados desde o início da temporada.

Veja Também:  Capitão do Cuiabá diz que empenho dos adversários valoriza o Campeonato Mato-grossense

Apesar dos sustos, o gol veio cedo, antes dos 10, graças a canhota de Luan, que contou com a colaboração do goleirão rival.

O problema é que Nestor Pitana estava disposto a distribuir cartões. Foram quatro amarelos em menos de 30 minutos, dois deles para Pedrinho, ambos por pé alto. O camisa 10, que estreava em 2020 pelo Timão, deixou o campo chorando.

Mas, a equipe se saiu bem com um a menos e chegou ao segundo gol com Mauro Boselli, o matador alvinegro, depois de passe de Vagner Love. Aliás, por muito pouco Love não fez o terceiro no último lance do primeiro tempo. O goleiro do Guaraní salvou quase sem querer.

Segundo tempo
O Corinthians voltou para a etapa final sem alterações. A disposição, porém, não foi a mesma. E o Guaraní cresceu. Não demorou, e o que a Fiel temia, aconteceu. Pitana inverteu uma falta em Boselli, os corintianos foram pegos de surpresa e tomaram o contra-ataque. Na entrada da área, o argentino apitou falta de Gil, que não encostou no adversário. Fernando Fernández acertou o ângulo na cobrança e venceu Cássio, que até tocou na bola.

Veja Também:  Atletas estarão proibidos de fumar nas instalações dos Jogos Olímpicos de 2020

Daí para frente, foi o Corinthians, mesmo com um a menos, tentando de todas as maneiras chegar ao gol, enquanto os paraguaios apostavam no contra-ataque. Tiago Nunes mandou Piton, Gustavo e Janderson para o tudo ou nada.

Aos 40, Romaña acertou Janderson e foi expulso, deixando apenas os minutos finais no 10 contra 10.

Boselli, em duas oportunidades, chegou perto de marcar. Mas, os inúmeros chuveirinhos não fizeram efeito, e o Corinthians deu adeus à Libertadores por causa do gol levado em casa.

Gazeta Esportiva (foto: Daniel Augusto Junior/assessoria)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Atacante chega a Porto Alegre para assinar com o Internacional

Publicado

Gustagol não havia treinado no Corinthians na última sexta-feira e ficou de fora da lista de relacionados para o clássico contra o São Paulo, no sábado. O Timão ouviu também clubes de fora do país interessados em contar com o jogador, porém o Internacional venceu a concorrência pelo atleta.

Desde que chegou ao Inter, Eduardo Coudet pediu à diretoria a contratação de um centroavante, que será o reserva de Paolo Guerrero na temporada. Gustagol chamou a atenção do treinador argentino quando o Corinthians enfrentou o Racing, ex-clube do técnico, pela Sul-Americana do ano passado. O atacante, inclusive, marcou o gol do Timão no empate por 1 a 1 entre os dois clubes, em São Paulo.

Gustagol atuou em três partidas pelo Corinthians em 2020. O centroavante entrou no segundo tempo nas partidas contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista, e Guaraní-PAR, pela Libertadores, além de ter atuado durante os 90 minutos contra a Inter de Limeira, também pelo estadual.

Veja Também:  Danilo comemora 10 anos de carreira e coloca Copa do Mundo como obsessão

Mesmo com poucas oportunidades, Gustagol não marcou gols na temporada e foi criticado pelo desempenho. Com sua saída, Tiago Nunes terá Boselli e Vagner Love como opções para a posição de centroavante. Além disso, Yony González também pode atuar centralizado no ataque.

Gustagol chegou ao Corinthians em 2016, vindo do Criciúma. Sem espaço no início, foi emprestado ao Bahia e ao Goiás no ano seguinte, porém também não conseguiu brilhar em nenhuma das duas equipes. Já em 2018, o centroavante foi repassado ao Fortaleza, onde foi um dos grandes destaques da campanha do título da Série B conquistado pelo Leão do Pici.

Com moral, voltou ao Corinthians e iniciou o ano de 2019 com boas atuações e gols marcados. No entanto, caiu de desempenho após o primeiro trimestre e perdeu prestígio no Timão. Ao todo, o atacante disputou 65 partidas pelo Alvinegro e marcou 14 gols.

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Gazeta Press/arquivo)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Veja Também:  Com VAR “atuante”, Palmeiras goleia Novorizontino e se garante na semifinal

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Chamusca enfatiza intensidade do Cuiabá para justificar goleada no Araguaia

Publicado

“A equipe está crescendo no momento certo. Nós estamos conseguindo aliar imposição e boa performance com resultado final do jogo, que é o que a gente precisava a partir do quinto jogo. Este fator, que é muito importante para mim, que é conseguir construir um resultado largo, como conseguimos, no horário que tem sido realizado os jogos e que a gente vai ter que jogar em outras oportunidades. Então, é importante os jogadores se adaptarem”, analisou.

Para o treinador, a paciência da diretoria e da torcida foram fundamentais para realizar o trabalho e cumprir o plano construído no início da temporada. “A construção de um trabalho é um processo que requer, em vários momentos, paciência. E o que eu sei como funciona a nossa cultura: é impaciente e imediatista e às vezes a gente acaba atropelando algumas situações”, completou.

Veja Também:  Atletas estarão proibidos de fumar nas instalações dos Jogos Olímpicos de 2020

O Cuiabá só volta a campo no dia 1º de março, contra o Poconé, na casa do adversário. Até lá, Chamusca vai direcionar os treinamentos para aumentar a intensidade de jogo e manter-se na liderança, que na opinião do treinador, dificilmente será perdida, uma vez que o time tem três pontos de vantagem para o União. Embora o time de Rondonópolis tem um jogo a menos, o Cuiabá abriu um saldo de 12 gols que podem fazer a diferença no desempate.

Classificação
Cuiabá – 16 pontos
União de Rondonópolis – 13
Operário Várzea-grandense – 11
Sinop – 9
Nova Mutum – 8
Dom Bosco – 8
Poconé – 7
Mixto – 4
Luverdense – 2
Araguaia – 0

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: assessoria)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana