conecte-se conosco


Tecnologia

Criança bloqueia iPad da família por 48 anos e pai pede ajuda nas redes sociais

Publicado

O jornalista Evan Osnos, do New Yorker
, compartilhou com os internautas um apuro que passou no sábado (6) ao deixar um dispositivo da Apple nas mãos de seu filho. “Isso parece falso, mas, infelizmente, é o nosso iPad hoje depois que o nosso filho de 3 anos tentou (repetidamente) desbloqueá-lo”, conta ele.

Leia também: Falha no FaceTime permite espionagem ao expor câmera e microfone; Apple reage


undefined
Reprodução/Twitter eosnos

Criança de 3 anos bloqueia iPad da família e pai pede ajuda na web

O pai postou uma reprodução da tela do dispositivo em seu perfil no Twitter e a foto já passou de 900 curtidas. Nela é possível notar que o iPad
está bloqueado por 25.536.442 minutos, o que equivale a, aproximadamente, 48 anos.

Ainda na rede social, o jornalista pede ajuda aos internautas na esperança de encontrar alguém que saiba desbloquear
o aparelho em tempo menor. “Ideias?”, escreve ele.

Alguns usuários do Twitter
ironizaram a situação. “Viagem no tempo é sua melhor aposta”, fala um. “Eu esperaria os 48 anos”, comenta outro. Há também quem sugira que ele venda o aparelho eletrônico em um site da internet: “Novo, usado apenas uma vez”.

Veja Também:  Novos emojis são anunciados para 2019 e um vira piada nainternet; entenda

Mas calma, esse problema tem solução. 

Leia também: Mecanismos ajudam a garantir que crianças tenham segurança na internet

Como desbloquear um dispositivo da Apple?


ipad
shutterstock

iPhone ou iPad bloqueado? Saiba como recuperar o aparelho em 4 passos simples


Dispositivos da Apple costumam travar após diversas intenções frustradas de acesso, e o tempo de bloqueio é equivalente ao número de tentativas. Para recuperá-lo, é necessário remover o código de acesso ao fazer uma restauração.

Importante: se você fez o backup do equipamento, é possível recuperar os dados. Caso contrário, todas as informações serão perdidas.

Você pode remover o código de acesso usando o iTunes no computador. Se você não tem um computador, basta ir a uma Apple Store ou ao Centro de Serviço Autorizado Apple.

1º passo: Conecte o aparelho ao computador e entre no iTunes.

2º passo: Force a reinicialização.

Saiba como fazer a reinicialização em cada aparelho:

iPhone 8 ou posterior e no iPhone X ou posterior

  • Pressione e solte o botão “aumentar volume”;
  • Pressione e solte o botão “diminuir volume”;
  • Logo após, mantenha o botão lateral pressionado até aparecer a tela do modo de recuperação.
Veja Também:  Já é possível compartilhar filmes e séries da Netflix no stories do Instagram

iPhone 7 ou iPhone 7 Plus

  • Pressione os botões lateral e “diminuir volume” ao mesmo tempo;
  • Mantenha-os pressionados até aparecer a tela do modo de recuperação.

iPad

  • Pressione e solte o botão “aumentar volume”;
  • Pressione e solte o botão “diminuir volume”;
  • Depois, mantenha pressionado o botão superior até aparecer a tela do modo de recuperação.

iPhone 6s e anteriores, iPad com botão de início ou iPod touch

  • Pressione os botões de início e superior (ou lateral) ao mesmo tempo;
  • Mantenha-os pressionados até aparecer a tela do modo de recuperação.

3º passo: Após aparecer a tela do modo de recuperação, vão surgir as opções “Restaurar” e “Atualizar”. Clique em “Restaurar”. Feito isso, o iTunes inicia o download do software para o aparelho. A Apple alerta que, caso a etapa de download demore mais de 15 minutos, será necessário repetir o processo.

4º passo: Depois de essa fase ser concluída, basta configurar o dispositivo da Apple que foi bloqueado e continuar usando o aparelho.

Leia também: Novidade no WhatsApp: agora você escolhe quem pode te colocar em grupos

Viu só? Nem tudo está perdido! Porém, a história do iPad
da família de Evan também alerta para a importância de não cair na armadilha de deixar aparelhos eletrônicos no alcance de crianças pequenas.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Tecnologia de Tangará da Serra, hidroreader obtém 1º lugar em evento nacional

Publicado

Hidrômetro inteligente é próprio para ambientes ‘smart cities’

O ‘HidroReader’, hidrômetro inteligente produzido pela startup homônima, de Tangará da Serra, foi o grande vencedor do 3º Prêmio Startup Assemae, em feira tecnológica promovida durante o 49º Congresso Nacional de Saneamento, semana passada (de 06 a 10), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. O evento contou com cerca de 1.800 inscritos, vindos de todas as regiões do Brasil.

É a segunda vez, em menos de um ano, que o HidroReader conquista o prêmio de tecnologia ‘smart cities’. Em setembro de 2018, a tecnologia tangaraense foi vencedora do 4º Prêmio Connected Smart Cities, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

O HidroReader competiu com outras sete startups de todo o Brasil, sendo, ao final, apontado pelos jurados como vencedor do prêmio. A entrega da premiação ocorreu à noite, em evento festivo no Buffet Leila Malouf. “Mais um êxito alcançado. Viemos a Cuiabá numa feira disputada, com inúmeras tecnologias de ponta”, disse Thiago Zago, CEO da HidroReader, ao lado dos diretores Bruno Zago e Leandro Corniani, e do CTO André Heringer.

Veja Também:  Papa Francisco apresenta app que permite aos fiéis mais jovens rezarem online

Tecnologia
O HidroReader é um hidrômetro inteligente de baixo custo próprio para ambientes smart cities. Através de software embarcado (firmware), o dispositivo mede o consumo de água, evitando a leitura incorreta dos hidrômetros, e também detecta possíveis vazamentos e fraudes, conectando uma cidade inteira e diminuindo o índice de perda de água tratada.

Ideal para concessionárias de água, empresas individualizadoras e condomínios, o hidrômetro inteligente da HidroReader remete a leitura do consumo através da transmissão de dados para smartphones ou tablets via anúncios (broadcast) ou, ainda, criando uma grande rede urbana que também pode ser utilizada para sensores de estacionamentos, rastreamento do transporte público, sensores de iluminação e outras aplicações.

Durante a Feira de Saneamento, o estande HidroReader foi um dos mais concorridos, com visitas de mais de uma centena de representantes de companhias de saneamento de vários estados, empresários, pesquisadores, estudantes e profissionais ligados à área de saneamento.

Por diariodaserra

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Qual a melhor maneira de economizar a bateria do celular?

Publicado


ilustração mostra diversos níveis de bateria no celular
Reprodução

Com medidas simples é possível economizar a bateria do celular

A tecnologia avança a cada dia e, com isso, os celulares contam cada vez com mais recursos. O problema é que nem sempre a bateria acompanha tudo isso, ainda mais de o seu aparelho já for um pouco mais antigo. Nessas horas vale usar algumas medidas simples para economizar a bateria do celular. 

Leia também: Celular que vira um carregador sem fio? Sim! Saiba como compartilhar a bateria

Provavelmente você já recorreu ao Google para saber o que fazer ou ouviu de um amigo alguma dica de como economizar a bateria do celular
. Para te ajudar e não passar perrengue e ver os pontinhos da bateria despencando, justo quando você está longe do carregador ou de alguma fonte de energia, fizemos uma lista com dicas de como 
poupar a bateria
do aparelho

Também queremos saber a sua opinião: qual dessas dicas já te salvou? Deixe seu voto na enquete abaixo: 

Economizar a bateria do celular
não é tão complicado assim, mas uma hora a carga
acaba. Para evitar que o seu aparelho “morra” no meio do dia, uma ideia é apostar no carregador portátil
e há também algumas dicas para escolher o melhor modelo. A última opção é sair de caça da tomada mais próxima. 

Veja Também:  Má influência? Gamers rebatem associação de videogames ao massacre em Suzano

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana