conecte-se conosco


Esportes

Daniel Alves diz que PSG precisa entender melhor o jogo de Neymar

Publicado


Daniel Alves e Neymar se cumprimentam no PSG
Divulgação

Daniel Alves e Neymar no PSG

Depois de fazerem sucesso com a camisa do Barcelona por algumas temporadas, Daniel Alves e Neymar mudaram de ares e foram para o PSG. Até o momento, são cinco títulos conquistados em dois anos de futebol francês, apesar de ainda não terem conseguido o grande objetivo do clube, que é a Champions League.

Leia também: Jogador exige cláusula no contrato que o libera para assistir shows de rock

Para Daniel Alves, Neymar
não tem culpa do fracasso do PSG
nas duas últimas edições da competição continental e admitiu que o clube parisiense precisa se adaptar melhor ao estilo de jogo do camisa 10.

“Ele sempre deve ter a bola. O que acontece é como com Messi. Ao redor de Messi, há outros jogadores. Aqui, não entendemos Neymar. Ele sempre deve ter a bola. Ele te dá o que você não tem. Eu lhe dou a bola, e ele faz o que quiser”, disse o lateral em entrevista à rádio francesa RMC.

Leia também: Mal-estar no PSG? Daniel Alves diz que “gostaria de ser ouvido” no time

Veja Também:  Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

“Imagine que pago um ingresso para ver um show. As pessoas têm que entender, o que querem ver? Um show. Se Messi perde a bola, nós corremos para recuperá-la e devolvê-la a ele. Então, vamos criar as coisas”, continuou.

Ainda defendendo o compatriota, Daniel Alves
não acredita que o atacante seja muito provocativo e que se arrisque demais em campo.

“Ele não deve mudar seu estilo. As pessoas não mudam, elas melhoram, elas se arriscam, elas têm que ser inteligentes. Mas elas não devem mudar sua maneira de jogar, caso contrário, as pessoas vão dormir. PSG tem jogadores diferentes”, completou.

Leia também: Dono do PSG avalia oferta para comprar a Roma por R$ 1,7 bilhão, afirma jornal

O PSG pode ser campeão francês já no próximo domingo, em jogo válido pela 32ª rodada da Ligue 1 diante o Lille, fora de casa. Ainda sem Neymar
, o time precisa apenas de um empate para garantir o título.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Primeira fase do Mato-grossense foi disputada sem composição de um novo TJD

Publicado

Em solidariedade a Miraglia, os demais procuradores do órgão decidiram por uma renúncia coletiva. Desde então, os casos disciplinares das competições da federação ficam sob responsabilidade do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que não julgou nenhum caso relativo ao Estadual deste ano.

A saída coletiva de todos os membros chamou a atenção do STJD, que enviou um de seus membros no início do ano a Cuiabá para ver o que tinha ocorrido, algo inédito no futebol mato-grossense.

Recentemente, o presidente da FMF, Aron Dresch disse que clubes, representantes da arbitragem e OAB já estavam fazendo as indicações para nova composição.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)

Veja Também:  Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Técnico do Nova Mutum diz que saída na pandemia é ‘estudar’ para se manter preparado para retorno

Publicado

“É necessário ler bastante e manter se preparando constantemente. Apesar de ainda não sabermos como ou quando vai ser essa retomada, temos que estar o mais preparado possível, e essa é a saída que temos agora”, salientou.

Ainda de acordo com o treinador, diariamente ele mantém diálogo com a comissão técnica da equipe, além de outros treinadores. “Estou em um grupo com alguns profissionais que conheço e estamos conversando, trocando experiências”.

Outra saída adotada durante o período de pandemia e isolamento social, segundo Dema, é assistir jogos do Nova Mutum, visando encontrar pontos positivos e outros que ainda há necessidade de evolução e melhora após a retomada das atividades.

Veja Também:  Confira a agenda do futebol desta terça-feira, 09 de abril de 2019

Conforme Só Notícias já informou, o treinador foi um dos poucos que permaneceu no clube. Os vínculos contratuais de 24 jogadores do Nova Mutum, por exemplo, venceram há cerca de um mês e o grupo está, atualmente, sem jogadores.

Com isso, o clube terá que arcar com o custo para montagem de um novo time caso o Campeonato Mato-grossense seja retomado nas próximas semanas. Além disso, para compor o time, a equipe deve utilizar jogadores da categoria de base, de 17 e 18 anos.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana