conecte-se conosco


Cultura

Dia do Cliente: 5 dicas para melhorar o atendimento no varejo

Publicado

Em tempos de crise, muitas empresas precisaram se adaptar para não perder espaço num momento tão delicado. De acordo com uma  Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, na passagem de março para abril o setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios e bebidas recuou 11,8%. Mas com a aceleração de novas tendências, os negócios tiveram que investir ainda mais no atendimento ao cliente. 

Segundo Anderson Locatelli, diretor executivo da Troco Simples – startup que simplifica transações financeiras que envolvem dinheiro em espécie -, o efeito da pandemia atingiu até mesmo os segmentos que haviam resistido nas primeiras semanas de isolamento. “Precisamos estar atentos aos novos hábitos de consumo dos consumidores, mas sem deixar o bom e velho atendimento de lado. Nos supermercados, por exemplo, normas e rotinas são fundamentais no ambiente”. 

Pensando nisso, Locatelli separou 7 dicas para ajudar comerciantes a melhorar o atendimento no varejo:

1. Treine seus colaboradores 

A interação pessoal é certamente o principal caminho para impressionar o consumidor. Ao tirar dúvidas ou realizar compras com um funcionário, que conheça as informações sobre o supermercado faz com que o cliente se sinta satisfeito e o desejo seguinte é de voltar ao seu negócio, pois sabe que ali não terá problemas no futuros. Certifique-se também que toda a equipe saiba como trabalhar em seus sistemas digitais de pagamento e na gestão de estoque. 

2. Conheça as necessidades dos clientes

Entender as necessidades do cliente ajuda a criar soluções eficientes e direcionar melhor os produtos e serviços no estabelecimento. Ao identificar o seu público alvo, por exemplo, é possível oferecer diferenciais competitivos de ofertas. 

3. Construa uma relação de confiança

Dê mais atenção ao consumidor. Tenha mais tempo para ouvir o cliente e ter clareza no entendimento da questão. Portanto, o operador deve perguntar para o consumidor exatamente o que aconteceu, deixar que conte tudo e não o interrompa. Os minutos gastos a mais neste processo pouparão o trabalho de convencer o cliente e voltar a fazer negócios no estabelecimento. 

4. Invista em tecnologia 

Há diversos tipos de tecnologia disponíveis no mercado, como sistema de frente de caixa, gestão de estoque, entre outros, que podem agilizar processos no dia a dia do estabelecimento e melhorar a qualidade do atendimento. Assim como a  Troco Simples que oferece uma tecnologia integrada ao PDV do varejista, que transforma a moedinha comum em troco digital para o consumidor, que recebe diretamente no CPF, evitando filas e o constrangimento pela falta das moedas. Além disso, a vantagem é que o troco digital acumulado pode ser utilizado a qualquer outro estabelecimento vinculado a solução. 

5. Foque na satisfação do cliente

O consumidor não está mais habituado a esperar uma resposta e aguarda por uma solução imediata. Por isso, o atendente precisa estar pronto para solucionar ou tirar a dúvida de um cliente.

6. Fique atento às reclamações

Toda atividade comercial deve manter canais de reclamação presenciais e a distância. Isso é importante para que os clientes se sintam à vontade ao relatarem suas experiências negativas. Essa ação ajuda a minimizar as emoções mais intensas e oferece uma ótima oportunidade para que a empresa melhore constantemente.

Fonte: Kênia Brandão – Agência NoAr

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Insegurança na Pandemia: Agora é a hora certa para investir?
publicidade

Cultura

Autoconhecimento: uma regra de ouro da vida

Publicado

*Escritora Celina Moraes

Há quem os critique, há quem os ame; eles já me resgataram do fundo poço e lhes sou grata: os livros de autoajuda. Acredito no “querer é poder” junto com o “querer é agir para poder”. Tem de ter um equilíbrio entre capacidade, ação, oportunidade e conhecimento do que ignoramos. Quanto mais investimos no autoconhecimento, mais descobrimos nossos talentos e limitações, defeitos e qualidades. Os livros são um dos caminhos para a autodescoberta. É difícil alguém se contentar só com o peixe, conhecendo sua capacidade de ter uma peixaria. 

O universo capta as vibrações negativas e nos devolve. Então, não adianta o rosto sorrir se o âmago está repleto de rancor. Redes sociais hoje são fontes de provocações. É preciso vigiar nossa mente e nos vigiar.

Os livros me ajudaram a não me iludir que a felicidade estará na formatura, na casa própria, no casamento, em outro emprego, cidade etc. A verdadeira jornada do bem-estar é a mente. Conciliar rosto e alma é difícil quando o mundo cai à nossa volta, mas é um ingrediente de êxito. Pratiquei o poder do autoconhecimento e do pensamento positivo com ações nos desempregos. Para alguns, o desemprego era cortar gastos. Para mim, significava não ter aonde morar e como comer. Mesmo assim, agi otimista. Co

Encarando todos os dias como úteis, incluindo Natal e Carnaval. Consegui um emprego às vésperas do Natal. Aceitei trabalho temporário porque não encontrava efetivo e fui efetivada. Cargo pouco me importava, o importante era garantir o pão; manteiga era dispensável. Se não aparecia oportunidades, eu as criava. Enviava mais de 500 currículos por mês pelo correio. Talvez hoje eu cadastraria meu currículo em 500 sites por semana. Rezar, orar e fazer promessas também valem, mas tem de trabalhar todos os dias pelo trabalho. As chances de um milagre são maiores. 

Leitura não abastece a despensa, mas abastece o cérebro. No autoconhecimento, descobri uma atividade que dependia só de mim, tornando-me independente do mercado de trabalho. Não existe “antigamente era melhor”. Qualquer época que se viva sem emprego e sem dinheiro é insuportável. Basta ler as biografias de vencedores de todos os séculos.

Quem se autoconhece, não se esmorece com críticas nem se deslumbra com elogios. Numa época de cancelamentos, provocações e polarizações virtuais, é mais importante ainda porque quem se autoconhece se fortalece, e sabe que revidar é sempre a pior escolha. A filosofia de Sócrates do “Conheça-te a ti mesmo” de mais de 2.300 anos é uma regra de ouro para olhar a vida como ela é: bela, breve e sagrada. Estime-a.

(*) Formada em Letras, Celina Moraes é escritora e cronista. Autora dos romances “Jamais subestime os peões” e “Lugar cheio de rãs”, que foi vencedor do Prêmio “Lúcio Cardoso” em 2010 pelo 3º lugar no concurso internacional de literatura promovido União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro (UBE-RJ). Ainda teve o conto “Rumo ao topo numa canoa quebrada” selecionado para compor a antologia da UBE, “Contos: História de Amor e Dor”.

 Joyce Nogueira – Drumond Assessoria de Comunicação
Assessora de Imprensa

Veja Também:  Procon-MT retoma atendimento presencial

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cultura

5 plantas para melhorar a energia do lar

Publicado

Veja como escolher as folhagens certas por meio da Fitoenergética para ter um ambiente com harmonia e equilíbrio

Elas servem para perfumar, embelezar e até mesmo para alimentar. Mas o que a maioria das pessoas não sabem é que as plantas são úteis também para equilibrar os ambientes da casa e do quintal. A energia vital das plantas é um poderoso instrumento para promover o bem-estar. Escolher as folhagens certas para compor a decoração do lar é uma forma de aliar saúde com decoração.

Uma das formas mais conhecidas de promover essa harmonia é com a Fitoenergética. A professora, filósofa, escritora best-seller e pesquisadora da área, Patrícia Cândido, explica que isso é possível de uma maneira muito simples e prática. E os benefícios são muitos como restaurar o equilíbrio, controlar as emoções e elevar a consciência.

Vale lembrar que a Fitoenergética tem a validação do Ministério da Saúde e está relacionada como uma das Práticas Integrativas e Complementares do SUS. Ficou curioso? Veja abaixo cinco opções de plantas para se ter em casa e obter todos os benefícios:

  • Alecrim
    Acessa os registros akáshicos (relacionados a emoções passadas), libera traumas, medos e outros aspectos negativos registrados no Ser e que estão “adormecidos”. Gera vontade de mudar e conhecer o novo; incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar. Além de ser um ótimo tempero, ideal para estar sempre à mão na bancada da cozinha.
  • Ipê-roxo
    Ideal para ter no quintal de casa, em um bosque ou no jardim, repousar sobre ele e contemplar sua beleza. Por gerar sono ajuda a desacelerar a mente e aumenta a conexão e absorção de energia vital pelo corpo. Tem efeitos antiestresse, anti-insônia e calmante contra o nervosismo e a hiperatividade. É um poderoso relaxante indutor do sono e ajuda a conectar com esferas superiores. Para pessoas “calorentas”, gera uma sensação de resfriamento muito agradável no corpo.
  • Lavanda
    Uma forte tendência na decoração, principalmente dos quartos por trazer a sensação de suavidade, frescor e relaxamento. Incentiva a esperar a hora certa para dizer as coisas, gera paz interior e favorece a pessoa que precisa lidar com muitas coisas ao mesmo tempo – sem gerar estresse. Também ajuda a planejar bem o futuro e a criar visão estratégica da vida.
  • Arnica
    Pouco explorada em ambientes internos, mas uma boa opção para compor os jardins e ainda por cima ajuda a afastar os insetos. Com a Fitonergética ela é poderosa para desobstruir os canais energéticos, estimular a circulação sanguínea e a imunidade física. Ótima cicatrizante, reduz o tempo de recuperação física em casos de pós-cirurgia.
  • Jasmim
    Com um aroma bastante persistente, o Jasmim é muito eficaz em casos de ansiedade e insônia. Uma planta que pode estar dentro ou fora de casa. Nos estudos da Fitoenergética constatou-se que ela purifica e desintoxica o organismo. É um vegetal indicado para quem quer a perfeição. Atua contra vícios como cigarro, álcool, drogas e jogos.
Veja Também:  O medo do nome

FICHA TÉCNICA
Título
: Fitoenergética – Edição Comemorativa de 15 anos
Subtítulo: A energia das plantas no equilíbrio da alma
Autor: Bruno Gimenes
ISBN: 978-85-64463-63-9
Preço: R$ 99,90
Páginas: 400
Formato: 16x23cm
Link de vendahttps://bit.ly/fito_energetica

Sinopse do livro: Há 15 anos nascia a Fitoenergética, um sistema natural
de cura que ajuda os seres vivos a equilibrar suas emoções e pensamentos através da energia das plantas. De lá para cá, quantas curas e transformações em nossos leitores e alunos do curso de Fitoenergética e Magia com as Ervas. Em 2018, esse sistema de cura foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como prática integrativa e complementar em saúde. Hoje celebramos a grandeza da Fitoenergética com sua flexibilidade e eficiência, motivando que nossos estudos jamais terminem.

Sobre a porta-voz: Patrícia Cândido é CEO da Instituição Luz da Serra e se orgulha muito de dizer que é cofundadora de uma empresa genuinamente espiritualista. Filósofa e pesquisadora na área da espiritualidade há quase 30 anos, a autora best-seller já publicou 15 obras. Dentre elas, três figuraram a lista de livros mais vendidos da Revista Veja diversas vezes: Poder Extrafísico, Grandes Mestre e Código da Alma. Como professora, possui mais de 46 mil alunos entre cursos on-line e presenciais na área de cura emocional, prosperidade, desenvolvimento pessoal e terapias naturais. E, como conferencista, ministrou mais de 2 mil palestras e workshops presenciais, somando um público superior a 50 mil pessoas.  Também é destaque no Canal Luz da Serra no YouTube, com mais de 1,51 milhão de inscritos e uma audiência de 117 milhões de visualizações, onde aborda assuntos de bem-estar e espiritualidade, mudando a vida de milhares de pessoas diariamente Os temas originais consagram o trabalho realizado por Patrícia pela capacidade de gerar intenso despertar de cura emocional, motivação, superação, transformação de hábitos, conquistas de metas, prosperidade e bem-estar. A especialista é reconhecida pela imprensa nacional, já tendo colaborado com revistas como a Negócios, a Exame, a Bons Fluidos e a Glamour. Além disso, participou de programas como o Super Poderosas, da Band, e o Revista da Cidade, da TV Gazeta. Também já teve artigos publicados no Estadão, no Catraca Livre e na Mundo Positivo.

Veja Também:  4 dicas de receitas fitness para o dia a dia

Patrícia Cândido é a embaixadora mundial da Fitoenergética e será a porta-voz oficial da Fitoenergética para entrevistas com a imprensa. Para agendar um horário com a pesquisadora favor entrar em contato com:

Genielli Rodrigues e Gabriela Cuerba

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana