conecte-se conosco


Mato Grosso

Dia Mundial de Conscientização sobre Autismo traz esclarecimentos à população

Publicado

O Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo é celebrado nesta terça-feira (02) e a ocasião suscita o debate em torno da síndrome neuropsiquiátrica que afeta uma a cada 160 crianças no mundo. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que  mais de 70 milhões de pessoas tenham autismo, dos quais 2 milhões no Brasil.

Em Cuiabá, o tratamento de um paciente diagnosticado com autismo é realizado no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi), unidade especializada ligada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). O centro possui uma equipe multidisciplinar constituída por médicos psiquiatras e clínicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, educador físico, arte-terapeutas, nutricionistas e técnicos e auxiliares de enfermagem.

Os profissionais do Capsi atuam em prol de ações voltadas às crianças e aos adolescentes de até 17 anos que possuem transtorno mental severo, por meio das modalidades intensiva, semi-intensiva e não intensiva. Por mês, a unidade atende uma média de 100 pacientes e, em 2018, foram 993 atendimentos. Neste contexto, os servidores da unidade desenvolveram 5 mil ações direcionadas aos pacientes com algum tipo de transtorno mental – incluindo aqueles diagnosticados com autismo.

Veja Também:  PM prende homem que estava armado em hospital e tentou matar a mulher

Segundo a coordenadora responsável pelo Capsi, Luciane Cassini, a unidade permanece de portas abertas e vai acolher qualquer criança e adolescente que esteja na Capital e que necessite de um atendimento.

Os pacientes recebem atendimento individualizado, sendo que cada caso exige uma necessidade singular e requer tratamentos específicos – são realizadas, por exemplo, atividades terapêuticas. O autismo não tem cura, logo, o paciente passa por tratamentos que visam o estímulo da capacidade intelectual e cognitiva.

Eventos

Foto: Agência Brasil 

A data referente ao autismo será rememorada por meio de dois eventos apoiados pela SES-MT, um deles é o 1º Simpósio de Políticas Públicas: Inclusão Efetiva dos Autistas em Mato Grosso, solicitado pelo deputado Wilson Santos e organizado em parceria com a ONG Ação Azul, o Grupo Nobre Austista, o Movimento Orgulho Autista e a Liga Acadêmica do Transtorno do Espectro Autista. O evento ocorre no Auditório da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, das 8h às 18h.

Já a Associação de Amigos do Autista (AMA), em parceria com a Prefeitura de Cuiabá e a Secretaria Municipal de Educação, também realizará a 2ª Palestra de Conscientização do Autismo, com o tema “Autismo de dentro para fora”, às 18h, no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá.

Veja Também:  Bombeiros de MT participam de missão humanitária em Moçambique

Serviço

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi) funciona de segunda aà sexta-feira, das 7h às 17h30. A unidade é localizada na Rua Antônio Dorileo, Bairro Jardim Lucianópolis. Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (65) 3661-6677.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Ceja de Colider realiza campanha de matrículas em parceria com setor empresarial

Publicado

Os mais de 200 associados da Acic estão encarregados de ajudar a equipe do Ceja a localizar esses trabalhadores.

Adilson Rosa | Seduc MT

O Ceja aguarda um grande número de matrículas par o ano letivo de 2020 – Foto por: Divulgação

O Ceja aguarda um grande número de matrículas par o ano letivo de 2020O Ceja “Cleonice Miranda da Silva”, localizado no município de Colíder (a 650 quilômetros ao norte da capital) realiza uma parceria com a Associação Comercial e Industrial de Colíder (Acic) para estimular jovens e adultos a concluírem seus estudos. Os membros da Associação irão ajudar a equipe do Ceja a localizar os trabalhadores que podem voltar a sala de aula.

Segundo o diretor do Ceja, Cláudio Scalon, com o apoio da Acic, os trabalhadores vão descobrir que são eles mesmos que farão o tempo para o estudo, facilitando a conclusão dos cursos. O lema é: “Não importa onde você parou, sempre é tempo de voltar a estudar”.

O trabalho em busca desses futuros alunos começou na última segunda-feira (20.01), com panfletagem no comércio e nos bairros, além da realização de reuniões de sensibilização em busca de estudantes no ambiente de trabalho nas empresas, como se fez nos últimos anos.

Veja Também:  Polícia Civil reforça buscas para prisão de autores do latrocínio de investigadora de Ribeirão Cascalheira

Conforme o calendário, o ano letivo começa na segunda quinzena de março. “A proposta é sensibilizar empresários, comerciantes e o setor industrial da cidade, chamando a atenção para a importância de todos concluírem seus estudos na educação básica, num esforço de superação aos trabalhadores que – em algum momento da vida – deixaram de frequentar a escola em idade própria”, destaca.

No início do ano letivo de 2019, o Ceja obteve em torno de 900 alunos, sendo que mais da metade dos matriculados concluíram a fase de formação do ensino fundamental ou Médio.

A escola oferece turmas no matutino, vespertino e noturno e a expectativa da direção é que para este ano os números superem a marca do ano anterior.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Selma apoiaria candidatura de Pivetta e gostaria de vê-lo no Podemos, informa Veja

Publicado

A costura, inclusive, teria o apoio do senador Álvaro Dias, presidente nacional do Podemos, que, segundo a Veja, se reuniu com o ex-senador Blairo Maggi, a quem classificou de “amicíssimo” de Pivetta e do governador Mauro Mendes (DEM), para tratar da possível-futura migração.

Selma e Álvaro Dias tem relação próxima e isso ficou evidenciado logo após a ratificação cassação da senadora, em dezembro passado, quando a ex-juíza gravou áudio elogiando a postura do presidente do partido e dizendo que gostaria de vê-lo na presidência da República.

Se de fato a articulação para apoiar Pivetta na eleição e trazê-lo, futuramente, ao Podemos frutificar, Selma inicia uma crise interna, uma vez que o deputado José Medeiros, presidente da sigla em Mato Grosso e um dos primeiros a acolher a ex-magistrada assim que ela deixou o PSL, sonha em retornar ao Senado, mas não tem manifestado sua intenção publicamente em respeito à colega.

Veja Também:  PM prende homem que estava armado em hospital e tentou matar a mulher

Nesta semana, Medeiros se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro em Brasília para tratar, oficialmente, de segurança pública. O parlamentar, sempre ativo nas redes sociais, não se manifestou sobre pedido de apoio de Bolsonaro nem sobre a eleição suplementar.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Só Notícias/Diego Oliveira/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana