conecte-se conosco


Mato Grosso

Dia Mundial de Conscientização sobre Autismo traz esclarecimentos à população

Publicado

O Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo é celebrado nesta terça-feira (02) e a ocasião suscita o debate em torno da síndrome neuropsiquiátrica que afeta uma a cada 160 crianças no mundo. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) estimam que  mais de 70 milhões de pessoas tenham autismo, dos quais 2 milhões no Brasil.

Em Cuiabá, o tratamento de um paciente diagnosticado com autismo é realizado no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi), unidade especializada ligada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). O centro possui uma equipe multidisciplinar constituída por médicos psiquiatras e clínicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, educador físico, arte-terapeutas, nutricionistas e técnicos e auxiliares de enfermagem.

Os profissionais do Capsi atuam em prol de ações voltadas às crianças e aos adolescentes de até 17 anos que possuem transtorno mental severo, por meio das modalidades intensiva, semi-intensiva e não intensiva. Por mês, a unidade atende uma média de 100 pacientes e, em 2018, foram 993 atendimentos. Neste contexto, os servidores da unidade desenvolveram 5 mil ações direcionadas aos pacientes com algum tipo de transtorno mental – incluindo aqueles diagnosticados com autismo.

Veja Também:  CGE lança novo canal de atendimento da Ouvidoria nesta sexta-feira (15)

Segundo a coordenadora responsável pelo Capsi, Luciane Cassini, a unidade permanece de portas abertas e vai acolher qualquer criança e adolescente que esteja na Capital e que necessite de um atendimento.

Os pacientes recebem atendimento individualizado, sendo que cada caso exige uma necessidade singular e requer tratamentos específicos – são realizadas, por exemplo, atividades terapêuticas. O autismo não tem cura, logo, o paciente passa por tratamentos que visam o estímulo da capacidade intelectual e cognitiva.

Eventos

Foto: Agência Brasil 

A data referente ao autismo será rememorada por meio de dois eventos apoiados pela SES-MT, um deles é o 1º Simpósio de Políticas Públicas: Inclusão Efetiva dos Autistas em Mato Grosso, solicitado pelo deputado Wilson Santos e organizado em parceria com a ONG Ação Azul, o Grupo Nobre Austista, o Movimento Orgulho Autista e a Liga Acadêmica do Transtorno do Espectro Autista. O evento ocorre no Auditório da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, das 8h às 18h.

Já a Associação de Amigos do Autista (AMA), em parceria com a Prefeitura de Cuiabá e a Secretaria Municipal de Educação, também realizará a 2ª Palestra de Conscientização do Autismo, com o tema “Autismo de dentro para fora”, às 18h, no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá.

Veja Também:  PM prende seis por tráfico de drogas em bairros de Cuiabá

Serviço

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi) funciona de segunda aà sexta-feira, das 7h às 17h30. A unidade é localizada na Rua Antônio Dorileo, Bairro Jardim Lucianópolis. Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (65) 3661-6677.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Primeira UTI Aérea de Mato Grosso começa a operar em fevereiro

Publicado

A aeronave tem capacidade para dois tripulantes e seis passageiros e autonomia de mais de seis horas de voo

Hérica Teixeira | Sesp-MT

– Foto por: Ciopaer-MT

Uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), está nos Estados Unidos da América (EUA) realizando a vistoria da primeira UTI Aérea de Mato Grosso. Após concluída esta etapa, a aeronave modelo Chayenne II XL será trazida para Cuiabá e a previsão é que em fevereiro já esteja operando em todo o Estado.

Com o incremento, o Governo do Estado deve economizar R$ 10 milhões ao ano, com transporte de paciente em situação de emergência.

A aeronave tem capacidade para dois tripulantes e seis passageiros e autonomia de seis horas e 30 minutos de voo. A adequação da aeronave para UTI Aérea custou R$ 800 mil e o valor foi custeado pelo Ministério Público Estadual (MPE), por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

“Estamos aqui para pegar a aeronave após aprovação do projeto de aquisição. Em janeiro a aeronave passará por nacionalização e certificação no Brasil e a previsão que entre em operações a partir de fevereiro de 2020”, destaca o comandante do Ciopaer, coronel PM Juliano Chiroli.

Veja Também:  CGE lança novo canal de atendimento da Ouvidoria nesta sexta-feira (15)

As atividades do Ciopaer foram regulamentas pelo Governo do Estado em 17 de novembro de 2006, com o objetivo de centralizar em um único órgão o controle, operação e manutenção de aeronaves rotativas e de asas fixas empenhadas em atividades policiais.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Procon-MT esclarece pontos da lei que proíbe cobrança de taxas de repetência

Publicado

Lei 11.041/2019 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 02 de dezembro

Assessoria | Procon-MT

Está em vigor em Mato Grosso a Lei 11.041/2019, que proíbe a cobrança de taxas de repetência – Foto por: MEC

Está em vigor em Mato Grosso a Lei 11.041/2019, que proíbe a cobrança de taxas de repetência

Está em vigor em Mato Grosso a Lei 11.041/2019, que proíbe a cobrança de taxas de repetência, sobre disciplina eletiva e de provas por parte das instituições particulares de ensino superior. A legislação restringe-se à cobrança de taxas, o que não significa que o consumidor esteja isento de pagar pela prestação de serviço a ser contratada.

O Procon-MT esclarece que, no caso de reprovação do aluno em uma ou mais disciplinas, a instituição de ensino poderá cobrar apenas o valor proporcional à carga horária da disciplina repetida, não podendo onerar o aluno para além deste valor. O mesmo se aplica às disciplinas eletivas.

Já em relação às provas, não será permitida a cobrança de taxa sobre nenhum tipo de teste, como segunda chamada e prova final. “O objetivo da lei é proteger o consumidor de cobranças abusivas, muitas vezes constatadas no ensino superior”, esclarece a Secretária Adjunta do Procon, Gisela Simona.

Veja Também:  Grandes bailes e festas de rua fazem parte da história do carnaval regional

A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 02 de dezembro de 2019 e está em vigor desde então.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana