conecte-se conosco


Sem categoria

Diferencie fome emocional da fome física

Publicado

*Alessandra Augusto, psicóloga clínica

Imagem ilustrativa – Google

Durante a pandemia do novo coronavírus, muitos de nós ficamos mais ansiosos com medo do futuro e com a sensação de que todos os dias parecem iguais. Além disso, tem-se notado outra consequência dessa ansiedade: as pessoas têm falado que estão sentindo mais fome. Mas será que se trata realmente de fome? Você sabe qual a diferença entre a fome física e a emocional?

Na fome física é algo biológico. Acontece de forma gradativa e normalmente aparece a cada três horas após a última refeição. Além disso, sentimos o estômago vazio e alguns têm a sensação de fraqueza e tonturas. Já na fome emocional, a vontade de se alimentar aparece de forma impulsiva, alguns minutos após cada refeição e a procura normalmente é por alimentos doces e com gordura. As escolhas costumam não ser saudáveis, como, por exemplo, a busca por chocolates, biscoitos e salgados.

É importante reforçar que a fome emocional não é uma necessidade real. As pessoas muitas vezes têm dificuldades de interpretar corretamente as emoções que sentem e acabam descontando na comida. Estamos vivendo em tempos de fortes emoções devido à pandemia. Em nossa atual situação, é normal ficarmos ansiosos, com medo do presente e futuro, rodeados de incertezas, entre outras emoções.

Por esse motivo, é essencial identificar o que causa a fome emocional. Pode estar relacionada ao excesso de tarefas, pressões do dia a dia e falta de dinheiro. É importante observar também se ela antecede algum evento ou situação que cause medo, ansiedade ou estresse. Quando é identificada a verdadeira causa e a emoção disso, é possível conseguir controlar esse comportamento.

Algumas consequências podem ser dificuldade de emagrecimento, aumento de peso repentino, estados depressivos pela frustração por não conseguir cumprir metas e dietas. 

O tratamento com o psicólogo é baseado em entender as emoções, o momento de vida do indivíduo, ajudando-o a organizar seus pensamentos para ter habilidade emocional para lidar com a demanda do dia a dia. Portanto, busca ajuda profissional. Hoje, a tecnologia tem sido uma grande aliada. Não tenha preconceito com os atendimentos online. Eles podem ter a mesma eficácia do presencial. O importante é você conseguir se cuidar sem demora.

*Alessandra Augusto é Formada em Psicologia, Palestrante, Pós-Graduada em Terapia Sistêmica e Pós-Graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental e em Neuropsicopedagogia. É a autora do capítulo “Como um familiar ou amigo pode ajudar?” do livro “É possível sonhar. O Câncer não é maior que você”.

Joyce Nogueira  –  Assessora de Imprensa

Veja Também:  Egresso da Faculdade Indígena, docente e discente da Unemat de Barra do Bugres participam de Congresso Nacional no Pará

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
publicidade

Sem categoria

Desenvolve MT capacita turma de correspondentes

Publicado

A primeira turma de correspondentes participou nesta quinta-feira (10.09) do curso online de capacitação promovido pela Desenvolve MT. A parceria é fruto do termo de cooperação entre a Agência de Fomento, Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat) e prefeituras do interior do estado.

O treinamento faz parte da estratégia de expansão da rede de correspondentes para levar as linhas de crédito aos empresários de Mato Grosso com atendimento presencial em boa parte das regiões do Estado.

Os correspondentes são colaboradores de associações comerciais, federações e prefeituras parceiras da Desenvolve MT que irão atuar nas respectivas entidades na oferta de crédito e apoio aos associados e empresas que atuam nos segmentos representados da indústria, do comércio, setor de serviços e agricultura familiar.

Ao todo, 13 participantes associados a Facmat da região de Alto Araguaia, Tangará da Serra, Itaúba, Alta Floresta, Nova Ubiratã, Nova Mutum, Pedra Preta, Colíder, Barra do Bugres, Cáceres e Cuiabá participam do curso.

Para o presidente da Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT, Jair Marques, a parceria com os municípios é para ampliar a capacidade de atendimento da agência. “Queremos que cada município tenha a orientação de um representante da Desenvolve MT para ajudar o empreendedor a acessar o crédito’’.

Veja Também:  IFMT abre inscrições para graduação com vagas em Barra do Bugres e outras cidades do Estado

O treinamento conta também com a participação de 10 prefeituras do interior dos municípios de Alta Floresta, Barra do Garças, Juara, Juscimeira, Lucas do Rio Verde, Poconé, Querência, Sapezal, Primavera do Leste e Campo Verde.

Serão cinco módulos online de treinamento entre teoria e prática, ministrado pelo analista de crédito da Desenvolve MT, Alysson José Silva Lopes Elias, com duração de quatro horas por meio de uma plataforma de ensino à distância.

Os participantes vão conhecer as linhas de crédito bem como o todo o processo de preenchimento de cadastro e documentos. Cada corresponde é treinando para dar suporte em todo o processo de solicitação de crédito facilitando assim o encaminhamento das propostas de crédito para a Desenvolve MT.

A Monica Ferreira Porto, do município de Barra do Garças, aproveitou a oportunidade para sanar as dúvidas sobre o financiamento e já pretende auxiliar os empreendedores da região. “Vamos atrás das empresas que não conseguiram crédito no primeiro momento, entender o motivo e voltar e pedir novamente a operação na Desenvolve MT’’.

Veja Também:  Suspeito de pedofilia é preso após aliciar adolescente através de mensagens em Barra do Bugres

No final do curso, os correspondentes vão receber uma relação dos empreendedores de cada município que não conseguiram acessar o crédito da Desenvolve MT para auxiliá-los e tentar resolver a demanda, objetivo principal da parceria.

O próximo curso deve ocorrer no final do mês de setembro com novos parceiros.

Fonte: GOV MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Inscrições para cursos técnicos gratuitos são prorrogadas para 1° de setembro

Publicado

Os cursos são de Operador de Computador e Promotor de Vendas. As turmas de 50 alunos cada serão coordenadas pelas Escolas Técnicas do Estado (ETE) e na região Sul ainda há vagas disponíveis
Camila Paulino | Seciteci

Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cada – Foto por: Camila Paulino – Seciteci

Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cadaEncerram na próxima semana dia 1° de setembro (terça-feira), as inscrições para os cursos gratuitos de Operador de Computador e Promotor de Vendas, promovidos na modalidade de ensino à distância (EAD), pela a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), que oferta 1.600 vagas. As inscrições podem ser feitas AQUI.

O secretário da Seciteci, Nilton Borgato, explica que as turmas de 50 alunos cada, serão coordenadas pelas Escolas Técnicas do Estado (ETE) e que na região Sul ainda há vagas disponíveis.

“Algumas unidades já preencheram todas as vagas, mas por ser em formato EAD podemos remanejar os alunos. A ETE de Rondonópolis, por exemplo, ainda tem algumas vagas disponíveis, então os interessados aproveitem a oportunidade e já se inscrevam, para não perderem o prazo, que se encerrava dia 28 de agosto e agora prorrogamos para o dia 1º de setembro”, falou o gestor.

Veja Também:  Prefeitura de Barra do Bugres inicia reforma em Posto de Saúde que atende seis bairros

O objetivo principal é capacitar o maior número de profissionais para o mercado de trabalho, diminuindo as desigualdades sociais e ampliando a geração de emprego e renda no Estado.

“No primeiro semestre oferecemos em parceria com o governo federal 650 vagas, que foram rapidamente preenchidas. Na ocasião, recebemos quase cinco mil inscrições e devido a essa grande demanda, nos reunimos com a equipe técnica e decidimos ampliar esse atendimento, agora com recursos próprios da Secretaria”, afirmou.

Os cursos, que são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cada, serão ministrados em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA).

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano do Carmo, reforça que neste momento de isolamento social devido à pandemia da Covid-19, os cursos EAD se tornaram ainda mais necessários para a qualificação profissional e a Secitec vai de encontro a esta demanda, ao beneficiar centenas de pessoas, por meio destes cursos profissionalizantes.

“A sociedade está se adequando aos novos formatos de convivência social e também de estudos, que inclusive, é uma excelente maneira de ocupar o tempo de forma produtiva. Neste contexto, o EAD se tornou fundamental para o processo de qualificação profissional” ressaltou.

Veja Também:  Mãe e companheira são presas suspeitas de matar criança espancada em Nova Marilândia

As ETE’s que vão coordenar os cursos são: Cuiabá (6 turmas, sendo 3 para cada curso), Sinop (4), Rondonópolis (10), Alta Floresta (2), Barra do Garças (2), Lucas do Rio Verde (2), Tangará da Serra (2) e Diamantino (2).

A Seciteci divulgará a lista com as matrículas deferidas no dia 2 de setembro. A previsão para o início das aulas é dia 8 de setembro. Os alunos receberão certificados após a conclusão do curso. O edital pode ser acessado AQUI.

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana