conecte-se conosco


Mato Grosso

Dilmar quer, mas sem afrontar Júlio

Publicado

Líder do governo na ALMT, deputado acha melhor não criar confusão dentro do DEM

Vinicius Bruno

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Deputado estadual, Dilmar Dal Bosco (DEM) quer disputar a eleição suplementar ao Senado, mas afirma que não quer concorrer internamente contra o ex-governador e cacique do DEM, Júlio Campos.

“Nenhuma vez tivemos disputa pelo cargo A ou B dentro do partido. Eu não vou competir com uma pessoa que admiro muito e que tenho orgulho de estar ao lado dele”, ponderou o parlamentar.

Por outro lado, Dilmar, que atua como líder do governo Mauro Mendes (DEM) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), lembra que sua região – com 700 mil eleitores –  nunca teve um senador.

“Essa seria uma oportunidade”, defendeu o deputado que tem base eleitora em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

Júlio, por sua vez, segue convicto de que será o candidato do DEM e articula a formação de uma aliança com outras siglas importantes, o que inclui conversas com o PP do ex-ministro Blairo Maggi, o PSD de Carlos Fávaro, e o PSDB, de Nilson Leitão.

Fonte: Vinicius Bruno 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Tangará da Serra está cada vez mais perto de ganhar uma escola militar

Publicado

Escola militar possui disciplina diferenciada (Imagem: Internet)

Tangará em Foco –  Alexandre Rolim

Uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) visitará Tangará da Serra nos próximos dias com o objetivo de analisar as escolas estaduais da cidade e emitir um documento indicando qual delas é mais viável para receber uma escola de disciplina cívico-militar.

O anúncio foi feito pelo tenente-coronel Wendel Soares Sodré, comandante do 7º Comando Regional de Tangará da Serra, nesta terça-feira, 18.

Segundo ele é um passo importante para a consolidação do projeto, que é um anseio da comunidade tangaraense.

“Foi autorizado o estudo de viabilidade para a transformação de uma das escolas estaduais já existentes na cidade em uma Escola Tiradentes”, disse.

O coronel está confiante e sua expectativa é de que tudo se efetive ainda no primeiro semestre de 2020 e que as matrículas na escola cívico-militar comecem já em julho.

“Isso foi prometido pelo secretário adjunto, o Allan [Porto], essa equipe vai vir estudar qual a escola mais viável, o recurso que vai ser necessário e aportado na escola para poder iniciar o processo seletivo de profisisonais e tudo se efetivando, começar as matrículas até o mês de julho”, falou.

Veja Também:  Espetáculo à capela homenageará Cuiabá neste domingo (31) no Teatro Zulmira

O coordenador da Assessoria Pedagógica da Seduc em Tangará da Serra, Saulo Scariot, confirmou a informação ao Tangará em Foco. Ele disse que está tudo acertado para a equipe técnica do Estado vir a cidade nos próximos dias, mas a data precisa ainda não foi definida. “Eles ficaram de agendar, mas ainda não obtive resposta. Estou no aguardo”, disse.

Ele não soube adiantar quais escolas serão vistoriadas.

O Tangará em Foco apurou que os prédios das escolas estaduais Pedro Alberto Tayano (Vila Esmeralda) e Bento Muniz (Jardim Santiago), e a nova escola do Altos do Tarumã são alguns dos focos do projeto.

O vereador Claudinho Frare comemorou a notícia. “Desde que assumi como vereador tenho defendido isso, a escola militar tem sido uma das minhas bandeiras. A gente torcia para que fosse construída uma nova escola, para também ampliar as vagas para os alunos, mas fazendo a instalação em um prédio já existente também é de grande importância, é um avanço para nosso município”, destacou.

Veja Também:  Treze pessoas são presas por tráfico de drogas em várias cidades

Fonte: Tangará em Foco –  Alexandre Rolim

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Justiça determina o afastamento de vereador

Publicado

Rodrigo Lemes de Paula (Pros) foi afastado e está proibido de acessar as dependências do Legislativo e do Executivo

Política

G1 MT 

A Justiça determinou na segunda-feira (17) o afastamento do Vereador presidente da Câmara de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá, Rodrigo Lemes de Paula (Pros), do cargo. Ele é acusado de improbidade administrativa por irregularidades na reforma do prédio da Câmara. A reportagem não conseguiu contato com o parlamentar.

O parlamentar também está proibido de acessar as dependências do Legislativo e do Executivo.

O afastamento foi pedido em janeiro deste ano pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), que ingressou com uma ação civil pública contra o vereador.

A medida, de acordo com o MP, é necessário porque há indícios de que Rodrigo estivesse tentando atrapalhar as investigações contra ele. O auditor nomeado para apurar os atos de improbidade administrativa denunciou perseguição, retaliação e outras formas de abuso de autoridade por parte do vereador.

No pedido de afastamento, o MP afirma que “Rodrigo Lemes de Paula promove medidas retaliatórias desta estirpe, constrangendo frontalmente e usurpando ilegalmente as atribuições do servidor público que é a principal testemunha a ser ouvida acerca da conduta irregular dele”.

Veja Também:  Nove pessoas são presas por tráfico de drogas em várias cidades

Fonte: G1 MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana