conecte-se conosco


Política MT

Em evento com Bolsonaro, governador diz que MT preserva mais de 60% das áreas: ‘exemplo de sustentabilidade’

Publicado

Presidente e governadores assinam termo de cooperação para preservação do Araguaia — Foto: Gcom/MT

Durante evento com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL), realizado neste quarta-feira (5), na região do Rio Araguaia, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que o estado mantém mais de 60% das áreas preservadas.

No ocasião, foram feitos o lançamento e a assinatura do termo de cooperação técnica entre Mato Grosso e Goiás para a implantação o projeto “Juntos pelo Araguaia”, que, em parceria com produtores rurais da região, visa o desenvolvimento de ações de preservação do rio.

“Mato Grosso é o maior produtor de commodities do país. É o maior produtor de soja, milho, e tem o maior rebanho. E fazemos tudo isso com apenas 36% do território. Os outros 64% do território estão intactos. Isso é um exemplo que damos ao mundo, de que somos capazes de produzir e conservar”, citou.

Entre as ações previstas pelo projeto estão a reposição florestal, plantio de mudas nas margens e recuperação de áreas em toda a extensão do rio.

Os municípios de Mato Grosso inclusos no projeto fazem parte do Comitê de Bacia Hidrográfica do Alto Araguaia e são: Alto Taquari, Alto Araguaia, Alto Garças, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu, Guiratinga, Pontal do Araguaia, Tesouro, General Carneiro, Barra do Garças.

Presidente diz que o Brasil está preocupado com a questão ambiental — Foto: Gcom/MT

Presidente diz que o Brasil está preocupado com a questão ambiental — Foto: Gcom/MT

O presidente declarou que ações como esta demonstram que a questão ambiental é importante e que é preciso desenvolver alternativas que possibilitem o desenvolvido mantendo a preservação do meio ambiente.

“Esse momento da revitalização da bacia Araguaia é um exemplo para o mundo de que somos preocupados com o meio ambiente. Porém, nossa primeira missão é não atrapalhar quem quer produzir”, afirmou.

Mauro Mendes reforçou ainda que é preciso construir uma nação rica e capaz de promover crescimento.

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Vereador de Porto Estrela morre em grave acidente; filho está internado

Publicado

Portal da Politica MT

O vice-presidente da Câmara de Porto Estrela (a 198 km de Cuiabá), Denisson Brilhadori (DEM), morreu vítima de um acidente na noite deste sábado (6) na MT-343. Com ele estava a esposa e dois dos três filhos dele. Um dos filhos teve ferimentos e está internado em um hospital em Barra do Brugres (a 169km da Capital). Já o democrata, devido aos ferimentos, estava sendo transferido para Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no caminho.

Segundo o vereador Cristiano de Jesus Martins, 38 anos, a família estava retornando de Barra do Bugres, quando em uma curva a esposa do parlamentar, Eliane, que dirigia o Fiat Siena vermelho, perdeu o controle do carro. “Ela explicou que vinha um caminhão com a luz alta e, com isso, perdeu a visão e o controle do carro, saindo da pista. O carro capotou várias vezes. Ela e o outro filho estão bem”, detalhou.

O corpo de Denisson foi encaminhado para Tangará da Serra. De lá segue para a Câmara Municipal de Porto Estrela onde será velado. O enterro está previsto para a segunda (8) no cemitério da cidade. Bastante atuante Denisson era vereador de segundo mandado. No primeiro ele foi eleito presidente da Câmara. Na ultima eleição obteve 63 votos.

Veja Também:  Deputados debatem com TJ situação de comarcas

Fonte: Bárbara Sá

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Em reunião com Bolsonaro, Mauro Mendes reivindica pagamento do FEX

Publicado

Foto por: Carolina Antunes/Presidência da República

O governador Mauro Mendes participou, na manhã desta quarta-feira (8), de uma reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

No encontro, que contou com a presença de 25 governadores, foi entregue ao presidente a “Carta do Fórum de Governadores”, em que constam seis reivindicações que visam assegurar a estabilidade financeira dos estados. Um dos pontos é o pagamento do Fundo de Auxílio à Exportação (FEX), superior a R$ 450 milhões, que deveria ter sido repassado a Mato Grosso no início do ano.

A reunião foi realizada na residência do presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Também estavam presentes o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Na avaliação do governador Mauro Mendes, o encontro foi positivo e todos os governadores saíram ‘muito animados’.

“O ministro Onyx fez um compromisso de que em uma semana ele dará uma resposta naquilo que será possível encaminhar na pauta dos governadores”, relatou.

Confira as reivindicações que foram entregues ao presidente Jair Bolsonaro pelos governadores:

Veja Também:  Assembleia e Tribunal de Justiça se unem no combate à violência contra mulher

1) Reivindicar a implementação imediata pelo Governo Federal de um plano abrangente e sustentável que restabeleça o equilíbrio fiscal dos Estados e do Distrito Federal, a exemplo do já aventado Plano Mansueto;

2) Reiterar a importância fundamental de assegurar aos Estados e ao Distrito Federal a devida compensação pelas perdas na arrecadação tributária decorrentes da desoneração de exportações, matéria regulamentada na “Lei Kandir”;

3) Defender a instituição de um Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb permanente e dotado de status constitucional, que atenda às reais necessidades da população brasileira no tocante à educação;

4) Pleitear a regularização adequada da “securitização” de créditos dos Estados e do Distrito Federal, visando ao fortalecimento das finanças desses Entes Federados;

5) Requerer a garantia de repasses federais dos recursos provenientes de cessão onerosa/bônus de assinatura aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios;

6) Apoiar o avanço urgente da Proposta de Emenda à Constituição nº 51/2019, que “altera o art. 159 da Constituição para aumentar para 26% (vinte e seis por cento) a parcela do produto da arrecadação dos impostos sobre a renda e proventos de qualquer natureza e sobre produtos industrializados destinada ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal e dá outras providências.”

Veja Também:  Ulysses Moraes vai comandar a Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte

Por Laice Souza | Secom-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana