conecte-se conosco


Esportes

Em jogo equilibrado, Oeste e Cuiabá ficam no empate pela Série B

Publicado

Gazeta Esportiva

Pela abertura da quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Oeste e Cuiabá se enfrentaram na Arena Barueri. Com um golaço de Jean Patrick, ainda no primeiro tempo, o Dourado quase surpreendeu mais uma vez na competição. Bruno Paraíba, entretanto, empatou no finalzinho para o Oeste e as equipes empataram em 1 a 1.

Com o resultado, o Oeste conheceu o seu terceiro empate e agora soma seis pontos, na quinta colocação. O Cuiabá, por outro lado, perdeu a chance de dormir na liderança. A equipe chegou aos mesmos nove pontos do Botafogo-SP, que joga apenas no sábado, mas perde nos critérios de desempate.

Na primeira etapa, quem incomodou mais foram os visitantes. Com mais volume de jogo e levando perigo nos ataques, o Cuiabá abriu o placar aos 30 minutos com um belo gol de Jean Patrick.

Em desvantagem no segundo tempo, o Oeste mostrou dificuldade para criar jogadas ofensivas. Mesmo tendo mais posse de bola, a equipe de Renan Freitas não conseguia furara a zaga adversária. De tanto insistir, porém, o Rubrão conseguiu o gol de empate aos 42 minutos com Bruno Paraíba, de cabeça.

Equipes mostraram equilíbrio e ficaram no empate na Arena Barueri (Jefferson Vieira/OFC)

Veja Também:  Cristiane sofre lesão na Copa e deve desfalcar o São Paulo por 4 semanas

O jogo

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Cuiabá. Aos 12 minutos, Felipe Marques recebeu na entrada da área e mandou um chute perigoso. O goleiro Matheus Cavichioli rebateu para o meio da área, mas a arbitragem marcou impedimento no rebote do time visitante.

A resposta do Oeste veio aos 14. Em cobrança de falta lateral, Elvis cruzou para o meio da área e Kanu subiu mais alto que toda a defesa do Cuiabá. O cabeceio, entretanto, foi sem direção e a bola saiu por cima.

As equipes mostravam dificuldade para construir ataques perigosos, mas aos 30 minutos o time visitante abriu o placar com um belo gol. Jean Patrick recebeu na entrada da área, tirou o marcador da jogada e bateu de canhota, sem dar chances para o goleiro adversário.

Apenas seis minutos depois, o Cuiabá quase ampliou o placar com outro golaço. Maracás falhou no cabeceio e Junior Todinho pegou a sobra. De fora da área, o atacante do Dourado viu Matheus Cavichioli adiantado e tentou encobri-lo. A bola, entretanto, raspou o travessão e foi para fora.

Na segunda etapa, o Oeste voltou a fim de igualar o marcador e quase conseguiu aos seis minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Mazinho bateu firme rasteiro e o goleiro Victor Souza deu rebote. Na sobra, Alyson tentou de bicicleta, mas a bola passou ao lado da trave esquerda e saiu pela linha de fundo.

Veja Também:  “Operação Mbappé”: Real Madrid já separa R$ 1,2 bilhão para tirar craque do PSG

O Rubrão criava, mas encontrava dificuldades para furar a defesa do Cuiabá. De tanto insistir, entretanto, a equipe foi premiada com um gol nos minutos finais. Aos 42, Bruno Paraíba recebeu um bom cruzamento pelo alto, subiu bem e cabeceou no cantinho para empatar a partida.

Ficha Técnica:

OESTE 1 X 1 CUIABÁ

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)

Data: 14 de maio de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: William Machado Steffen (SC)

Assistentes: Eder Alexandre (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Cartões Amarelos: Bonilha, Maracás, Lídio e Bruno Paraíba (Oeste); Jean Patrick e Alê (Cuiabá)

Gols: Jean Patrick, aos 30 minutos do primeiro tempo (Cuiabá); Bruno Paraíba, aos 42 minutos do segundo tempo (Oeste)

OESTE: Matheus Cavichioli; Bonilha (Bruno Lopes), Kanu, Maracás e Alyson; Betinho, Lídio e Elvis; Bruno Paraíba, Mazinho (Gabriel Vasconcelos) e Roberto (Bruno Xavier); Treinador: Renan Freitas

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Ednei, Edson Borges e Danilo; Jean Patrick, Marino (Matheus Pato) e Alê; Felipe Marques, Eduardo Ramos (Djavan) e Júnior Todinho (Hugo Cabral); Treinador: Itamar Schulle

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Sub-20: Nacional vence Currupira no Raimundão em Barra do Bugres

Publicado

No estádio Raimundão, o Nacional venceu o Currupira por 3 a 2. Com gols de Junior Reis (13), Mateus Silva (11), Nícolas Soares (09). O Currupira, apesar de jogar muito bem não conseguiu a vitória, com Alexandre Felício (10) convertendo dois gols. “Jogamos pra frente, conseguimos dois gols, mas o preparo dos jogadores não contribuiu, acho também que o frio não colaborou, porém fizemos a nossa parte”, disse Moisés Marinho, técnico do Currupira. “Foi uma partida difícil, mas andei estudando as falhas da defesa do adversário e conseguimos explorar, conseguindo a vitória”, afirmou o técnico do Nacional, João dos Reis.

A arbitragem ficou por conta de Alexandre Rodrigues com os seus auxiliares Josiel Lima, Amancio Viegas e Pedro Santana. Elessandra Pereira foi responsável pela mesa.

Autor: Marcos Parada-Assecom

Comentários Facebook
Veja Também:  Rodada da NBA tem jogaço entre Suns e Pelicans e Warriors nos playoffs
Continue lendo

Esportes

Luís Roberto é substituído às pressas em transmissão da Globo

Publicado

Terra

Luís Roberto e Globo

Luís Roberto precisou ser trocado em transmissão da Globo após ficar sem voz (Imagem: Reprodução/ TV Globo)

A Globo precisou substituir Luís Roberto de última hora na transmissão de Athletico x Flamengo nesta quarta-feira (10). O duelo aconteceu na Arena da Baixada pelas quartas de final da Copa do Brasil 2019.

O narrador estava escalado para comandar a partida, mas acabou perdendo a voz durante a tarde e, por isso, foi substituído às pressas por Gustavo Villani. Segundo o Gazeta do Povo, ele acabou narrando a partida dos estúdios da Globo em São Paulo.

Luís Roberto estava preparado para narrar a partida direto do estádio. O UOL informou também que, em solidariedade ao veterano, os comentaristas Caio Ribeiro e Júnior, que estavam em Curitiba para o trabalho, não quiseram entrar na transmissão sem o colega debilitado.

A Globo aceitou a decisão da dupla e escalou Roger Flores para comentar a partida junto com Villani em São Paulo.

A publicação afirmou ainda que Luís Roberto fazia trabalhos com a fonoaudióloga Cida Stier momentos antes da partida para tentar se recuperar, mas teve que ficar de fora dela.

Veja Também:  A história de Carlos Kukín Flores: o grande ícone do futebol alternativo

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana