conecte-se conosco


Esportes

Em jogo fraco, Vasco e Corinthians empatam na Arena Amazônia

Publicado

Terra

Vasco e Corinthians empataram por 1 a 1, neste sábado à noite, na Arena Amazônia, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mateus Vital e Maxi López, ambos no primeiro tempo, marcaram os gols do jogo. O time carioca chegou ao empate através de uma cobrança de pênalti que teve a participação do árbitro de vídeo

Com o empate, o Corinthians chega aos quatro pontos, somando uma vitória, um empate e uma derrota. O Vasco, que vinha de duas derrotas, soma seu primeiro ponto na competição.

Na quarta rodada, o Corinthians receberá o Grêmio, sábado, 19h, em Itaquera. No domingo, o Vasco vai a São Paulo encarar o Santos, às 16h, no Pacaembu.

O JOGO – O confronto começou com o Vasco melhor em campo, com posse de bola superior, mas sem conseguir levar perigo ao gol de Cássio. Preocupado excessivamente com o setor defensivo, o Corinthians não fez um bom primeiro tempo, mas foi reflexo de outros jogos do time nesta temporada: se defende bem e, nas poucas chances em que chega ao ataque, consegue a vantagem. Em Manaus, não foi diferente. Na primeira vez em que chegou ao gol de Sidão, foi preciso, objetivo e abriu o placar.

Veja Também:  Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

Aos 16 minutos, após uma saída de bola errada de Luis Gustavo, Mateus Vital dominou no peito, avançou até a área, driblou Raul e Winck e chutou rasteiro, no canto esquerdo de Sidão, para colocar o time paulista em vantagem.

O Vasco, que trocava bola com confiança e personalidade, caiu de rendimento após sofrer o gol. Em desvantagem, se mostrou ansioso e com dificuldades de penetrar na forte marcação corintiana.

Restaram, então, os chutes de fora da área e dois deles levaram perigo ao gol de Cássio. Aos 31, com Pikachu. Três minutos depois, foi a vez de Luiz Gustavo levar perigo ao goleiro.

Em vantagem, o Corinthians não soube controlar a partida. Optou por uma postura muito defensiva, o que é característica do time, deu a bola para o adversário e permitiu que o Vasco voltasse a ter controle do jogo.

“Ficamos um pouco mais atrás. Não é desculpa para recuar tanto, mas o calor está muito forte, e isso cansa. Feliz em poder ajudar a equipe, mas infelizmente tomamos um gol”, lamentou Mateus Vital, que marcou seu quarto gol pelo Corinthians, dois deles contra o Vasco, clube que o revelou.

Veja Também:  Vinicius Júnior rompe os ligamentos do tornozelo, mas deve jogar a Copa América

E quando o primeiro tempo se encaminhava para a vantagem do Corinthians, o Vasco chegou ao empate com a ajuda do VAR. Após uma disputa com Carlos Augusto, Rossi caiu na área. O árbitro de campo, Rodrigo D’Alonso Ferreira, marcou apenas escanteio para o time carioca. Porém, foi chamado pelo árbitro de vídeo e, após rever o lance através do monitor na lateral do gramado, marcou pênalti para o Vasco.

Na cobrança, Maxi López bateu no canto direito do goleiro Cássio e empatou o confronto. “Chegamos ao empate pela disposição que mostramos no primeiro tempo. Para jogar no Vasco tem que ter disposição, a camisa pesa. Em uma jogada individual, o Mateus foi feliz, mas tivemos disposição para achar o gol”, analisou Rossi.

No início do segundo tempo, Cássio salvou o Corinthians duas vezes no mesmo lance, após um chute de Rossi e o rebote de Pikachu. O time carioca continuou melhor em campo na etapa final, mas já não teve mais forças para chegar à virada. Bem postado defensivamente, o Corinthians não deu espaços e não sofreu mais sustos.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Rodada deste fim semana definiu os finalistas do Campeonato Municipal Veterano

Publicado

Fonte: Assecom – João Menezes

Dois jogos movimentaram a semifinal do Campeonato Municipal de Veteranos de Barra do Bugres, com duas partidas; no sábado com o Unibol vencendo o Vilinha/Academia Fênix por 2X1. No domingo, a aldeia Umutina goleou o Vasco por 4X2.

A Liga Esportiva do Município já confirmou para o próximo fim de semana, domingo, a partir das 15h, no estádio municipal a grande final entre Unibol e Umutina.

O torcedor amante do futebol deverá comparecer em grande número, numa decisão inédita entre as equipes Unibol e Umutina. De acordo com o gerente de esportes do município, Paulo Pereira Marcelo, a expectativa é que a decisão seja de casa cheia, com torcedores de todas as equipes que participaram do campeonato.

PREMIAÇÃO

1° Lugar – R$ 4.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

2° Lugar – R$ 2.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

3° Lugar – R$ 1.000,00

Prefeitura e Câmara Municipal

4° Lugar – R$ 500,00

Prefeitura e Câmara Municipal

Artilheiro – R$ 250,00

Vereador João Luiz

Goleiro MV – R$ 250,00

Veja Também:  Juventus e Fiorentina batem recorde no futebol feminino italiano

NCB Construções

Melhor Jogador – R$ 250,00 Sicredi

APOIO

✔Prefeito Raimundo Nonato

✔Vice-prefeito Gustavo Abi Rached Cruz (Guga)

✔Secretarias Municipais de Finanças, Administração, Saúde, Educação

✔Departamento de Esporte

✔Polícia Militar

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Em jogo equilibrado, Oeste e Cuiabá ficam no empate pela Série B

Publicado

Gazeta Esportiva

Pela abertura da quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Oeste e Cuiabá se enfrentaram na Arena Barueri. Com um golaço de Jean Patrick, ainda no primeiro tempo, o Dourado quase surpreendeu mais uma vez na competição. Bruno Paraíba, entretanto, empatou no finalzinho para o Oeste e as equipes empataram em 1 a 1.

Com o resultado, o Oeste conheceu o seu terceiro empate e agora soma seis pontos, na quinta colocação. O Cuiabá, por outro lado, perdeu a chance de dormir na liderança. A equipe chegou aos mesmos nove pontos do Botafogo-SP, que joga apenas no sábado, mas perde nos critérios de desempate.

Na primeira etapa, quem incomodou mais foram os visitantes. Com mais volume de jogo e levando perigo nos ataques, o Cuiabá abriu o placar aos 30 minutos com um belo gol de Jean Patrick.

Em desvantagem no segundo tempo, o Oeste mostrou dificuldade para criar jogadas ofensivas. Mesmo tendo mais posse de bola, a equipe de Renan Freitas não conseguia furara a zaga adversária. De tanto insistir, porém, o Rubrão conseguiu o gol de empate aos 42 minutos com Bruno Paraíba, de cabeça.

Equipes mostraram equilíbrio e ficaram no empate na Arena Barueri (Jefferson Vieira/OFC)

Veja Também:  Promessa do Corinthians, Lulinha está “escondido” na  Europa

O jogo

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Cuiabá. Aos 12 minutos, Felipe Marques recebeu na entrada da área e mandou um chute perigoso. O goleiro Matheus Cavichioli rebateu para o meio da área, mas a arbitragem marcou impedimento no rebote do time visitante.

A resposta do Oeste veio aos 14. Em cobrança de falta lateral, Elvis cruzou para o meio da área e Kanu subiu mais alto que toda a defesa do Cuiabá. O cabeceio, entretanto, foi sem direção e a bola saiu por cima.

As equipes mostravam dificuldade para construir ataques perigosos, mas aos 30 minutos o time visitante abriu o placar com um belo gol. Jean Patrick recebeu na entrada da área, tirou o marcador da jogada e bateu de canhota, sem dar chances para o goleiro adversário.

Apenas seis minutos depois, o Cuiabá quase ampliou o placar com outro golaço. Maracás falhou no cabeceio e Junior Todinho pegou a sobra. De fora da área, o atacante do Dourado viu Matheus Cavichioli adiantado e tentou encobri-lo. A bola, entretanto, raspou o travessão e foi para fora.

Na segunda etapa, o Oeste voltou a fim de igualar o marcador e quase conseguiu aos seis minutos. Em cobrança de falta ensaiada, Mazinho bateu firme rasteiro e o goleiro Victor Souza deu rebote. Na sobra, Alyson tentou de bicicleta, mas a bola passou ao lado da trave esquerda e saiu pela linha de fundo.

Veja Também:  Recebido com pedradas no Allianz Parque, Palmeiras vence Junior na Libertadores

O Rubrão criava, mas encontrava dificuldades para furar a defesa do Cuiabá. De tanto insistir, entretanto, a equipe foi premiada com um gol nos minutos finais. Aos 42, Bruno Paraíba recebeu um bom cruzamento pelo alto, subiu bem e cabeceou no cantinho para empatar a partida.

Ficha Técnica:

OESTE 1 X 1 CUIABÁ

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)

Data: 14 de maio de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: William Machado Steffen (SC)

Assistentes: Eder Alexandre (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Cartões Amarelos: Bonilha, Maracás, Lídio e Bruno Paraíba (Oeste); Jean Patrick e Alê (Cuiabá)

Gols: Jean Patrick, aos 30 minutos do primeiro tempo (Cuiabá); Bruno Paraíba, aos 42 minutos do segundo tempo (Oeste)

OESTE: Matheus Cavichioli; Bonilha (Bruno Lopes), Kanu, Maracás e Alyson; Betinho, Lídio e Elvis; Bruno Paraíba, Mazinho (Gabriel Vasconcelos) e Roberto (Bruno Xavier); Treinador: Renan Freitas

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Ednei, Edson Borges e Danilo; Jean Patrick, Marino (Matheus Pato) e Alê; Felipe Marques, Eduardo Ramos (Djavan) e Júnior Todinho (Hugo Cabral); Treinador: Itamar Schulle

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana