conecte-se conosco


Mato Grosso

Em três dias, Polícia Militar captura cinco foragidos em cidades de MT

Publicado

Foragido acusado de homicídio foi capturado em Barra do Garça – Foto por: PMMT

Foragido acusado de homicídio foi capturado em Barra do Garça

Laura Gonçalves | PMMT

Policiais militares de Várzea Grande, Poconé e Barra do Garças capturaram, de segunda a quarta-feira (02 a 04.12), cinco homens com mandados de prisão em aberto. Somente Várzea Grande foram três ocorrências.

Em Barra do Garças, no bairro Setor Industrial, um homem, identificado como E.P.S. (60 anos), estava com mandado em aberto por homicídio. Sua captura foi durante abordagem ocorrida no bairro.

Em Várzea Grande, no bairro Jardim Potiguar, uma equipe da Rotam em patrulhamento abordou um grupo de pessoas que estava na frente de um bar. No nome de E. P. A. (29 anos), que antes havia passado nome falso, constou mandado em aberto por tráfico de drogas.

Um dos foragidos de Várzea Grande foi capturado no bairro Jardim Potiguar    Foto: PMMT

Na região central, os policiais em rondas viram um homem, identificado como W.F.C.(28), em atitude suspeita, quando revolveram aborda-lo. Em seu nome constou mandado expedido em Pontes e Lacerda.

Veja Também:  Governo de MT cria programa para emissão de notas fiscais e oferece prêmios de até R$ 50 mil

No bairro São Mateus, a equipe do Grupo de Apoio (Gap) abordou V.V.S. (32) durante uma ronda. O seu mandado aberto era por não pagamento de pensão.

Na zona rural de Poconé, os militares prenderam O.S.J. (39) em uma  operação policial. O homem estava dirigindo uma carreta Volvo branca. Em seu nome constou mandado de prisão expedido pela 2ª Vara de Primavera do Leste.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939 (ligação gratuita). Nesse número, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Condutor mata pedestre atropelada e foge sem prestar socorro em Nova Olímpia

Publicado

A vítima, uma mulher de 33 anos, não resistiu aos ferimentos

Polícia

Um atropelamento com vítima fatal foi registrado por volta das 23 horas do último sábado, 25, na saída do município de Nova Olímpia. Rosilene de Souza Ribeiro, de 33 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A princípio, o boletim de ocorrência consta o crime como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Entretanto, o delegado da Polícia Judiciária Civil, Adil Pinheiro de Paula, informou que a polícia investiga o acidente, uma vez que o causador omitiu socorro.

“Uma senhora que, infelizmente, já tinha histórico de uso de drogas, uso de bebida alcoólica, ao que parece estava cambaleando pela estrada na saída de Nova Olímpia e foi atropelada. O motorista não parou, não prestou socorro. A polícia ainda vai apurar se há culpa ou não desse motorista, foi requisitada a perícia”, explicou.

A Politec esteve no local e realizou perícia. Segundo o delegado, as marcas deixadas pelos pneus dão conta de que se tratava de um veículo um pouco maior, possivelmente um caminhão-baú.

Veja Também:  Governo de MT cria programa para emissão de notas fiscais e oferece prêmios de até R$ 50 mil

“Não é um caminhão grande, mas também não é um carro. Esse veículo estava vindo sentido Nova Olímpia para Tangará. Ele pode ter seguido para várias cidades, Arenápolis, Tangará da Serra, enfim”, disse, ao pedir que caso alguém tenha informações sobre veículos com a característica e que apresentem algum amassamento no assoalho, que informe a Polícia Civil via 197.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mutirão do janeiro roxo é sucesso em Tangará da Serra

Publicado

Em apenas duas horas, cinco casos haviam sido detectados

Paulo Desidério / Redação DS

Ação ocorreu no Posto Central

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra promoveu no último sábado, 25, o mutirão do Janeiro Roxo, campanha em menção ao Dia Mundial de Combate a Hanseníase, celebrado no último domingo de janeiro.

Como forma de possibilitar otimização no atendimento, o mutirão realizado no Posto Central atraiu bom número de pessoas. Gicelly Zanatta, coordenadora de atenção básica do município, lembrou que o estado de Mato Grosso é um dos campeões em índices da doença e que Tangará da Serra conta com um número considerado alto de casos.

“O nosso município é um dos municípios do estado que é endêmico, que tem grande quantidade de casos. A gente tem mensalmente em torno de 100 pacientes tratando, então é uma quantidade significativa, mas a gente tem muitos que não procuram e às vezes o próprio familiar descobriu que está com a doença e não fala, principalmente pelo preconceito. O que a gente quer deixar claro através da campanha é que hanseníase tem cura e que o preconceito também”, disse.

Veja Também:  Maior número de feriados em dias úteis prejudica faturamento do comércio mato-grossense

O mutirão aconteceu das 08h00 ao meio-dia. Para se ter ideia, em apenas duas horas de mutirão, cinco casos foram diagnosticados.

“As pessoas ouviram o chamado, o apelo, perceberam que tinha alguma coisa diferente e vieram procurar tratamento”, explica.

Aqueles que não puderam comparecer neste mutirão, devem procurar as unidades de saúde para realização de exames.

“Podem procurar qualquer unidade básica de saúde, para fazer o agendamento, passar por consulta com médico, com enfermeira da unidade. Na dúvida, podem até procurar o Posto Central, mas aí tem que fazer agendamento”, pontuou a coordenadora.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana