conecte-se conosco


Últimas Noticias

Energisa garante que valores excedentes são de maio

Publicado

A conta em destaque é de junho passado

O Diário da Serra expôs nesta quarta-feira, 3, a indignação de um consumidor de Tangará da Serra quanto a cobrança adicional de Bandeira Amarela em sua conta de energia do mês referência de junho, em que a vigência foi a Verde.

Para ele a cobrança foi abusiva. Ele afirmou ter pago sua fatura no valor total de R$ 1.156,26, e só depois verificou um acréscimo de R$ 12,73 como adicional de Bandeira Amarela. A conta em destaque é de junho passado, com leitura anterior do dia 13 de maio e atual datada do dia 12 de junho (data em que foi entregue).

Na oportunidade, buscamos informações junto a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon de Mato Grosso, que respondeu afirmando que o valor cobrado do consumidor está com o valor da fatura de bandeira amarela e não correspondente ao mês do sistema de bandeira aplicado (bandeira verde), além da Energisa, que não respondeu a solicitação.

Já nesta quarta-feira, depois que a matéria foi veiculada, a Assessoria de Imprensa do Grupo Energisa entrou em contato e explicou a forma de cobrança, garantindo que não houve irregularidade. Segundo eles, a bandeira tarifária em maio de 2019 foi a Amarela e a conta de junho veio com leitura de 18 dias daquele mês. “Junho realmente foi bandeira verde, só que a leitura do mês não é feita com mês fechado, é por ciclo. (…) dia 13 de junho fechou o ciclo dessa conta e ele pegou 13 dias de junho e restante de maio, que era bandeira amarela”, explica, ao destacar ainda que a Bandeira Amarela “só foi cobrada em cima dos dias de maio, do dia 14 ao dia 31 de maio. Nos dias seguintes, do dia 1º ao dia 13 [de junho] não foi cobrado nada, porque a bandeira verde não tem cobrança”.

Veja Também:  Aberto Edital para Seleção de voluntários para Justiça Comunitária, vagas para Barra do Bugres

Naquele mês a cobrança excedente foi de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Agora os valores mudaram: foram reajustados.

Ações de combate ao desperdício de energia devem ser intensificadas

A bandeira tarifária utilizada como referência nas contas de luz do mês de julho será a amarela. O anúncio foi feito no último dia 28 de junho, em comunicado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com a medida, as cobranças terão um acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Assim, com o anúncio da bandeira amarela, é necessário intensificar as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

Para ajudar o consumidor, a Energisa disponibiliza em sua página oficial dicas de Economia de Energia, entre elas tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; selecionar a temperatura morna no verão; não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado; manter os filtros limpos; nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira; descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente; utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras; juntar roupas para passar de uma só vez; e retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

Veja Também:  Energia não pode ser cortada antes de 60 dias da notificação

Fabíola Tormes / Redação DS 

Comentários Facebook
publicidade

Últimas Noticias

Universidade do Estado do Mato Grosso (UNEMAT) abre processo seletivo com vagas em Barra do Bugres

Publicado

UNEMAT – Universidade do Estado do Mato Grosso tornou pública a abertura de um novo processo seletivo. O objetivo do edital nº 15/2019 é promover a contratação de dois Professores Substitutos, além da formação de cadastro de reserva, para atuação no Campus Barra dos Bugres.

Os contratados serão remunerados com vencimentos de R$ 2.703,88 a R$ 6.218,89, de acordo com sua titulação, para cumprimento de carga horária de 20 horas por semana.

Áreas: Linguística e Literatura – Letras II; Linguística e Literatura – Letras I; Linguística e Literatura – Libras; Direito I e Direito II; Matemática/ Probabilidade e estatística – Matemática I; Matemática/ Probabilidade e estatística – Matemática II; Astronomia/ Física – Física II; Educação.

E também para as áreas de: Sociologia; Ciência da Computação I; Ciência da Computação 2; Ciência da Computação 3; Matemática/ Probabilidade e estatística – Matemática III; Matemática/ Probabilidade e estatística – Matemática IV; Matemática/ Probabilidade e estatística – Matemática V; e Astronomia/ Física – Física I.

Veja Também:  Adolescente morre com suspeita de dengue hemorrágica

Os interessados podem se inscrever de 19 a 31 de julho de 2019, somente via meio eletrônico, através do site  www.portal.unemat.br. As inscrições são gratuitas.

A seleção dos candidatos será feita por meio de duas etapas: prova de desempenho didático e prova de títulos. A previsão é que a prova didática seja realizada nos dias 7 e 8 de agosto de 2019, em locais a serem informados com antecedência.

O prazo de validade do processo seletivo é de dois anos, a partir da homologação de seu resultado final, sendo admitida sua prorrogação por mais dois anos.

edital completo com mais informações sobre o Processo Seletivo UNEMAT – 2019 está disponível no seguinte link: http://bit.ly/2LnvzE5

Comentários Facebook
Continue lendo

Últimas Noticias

Alunos podem participar do concurso de redação da Defensoria Pública da União

Publicado

O concurso é direcionado aos alunos do ensino fundamental e médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos, os que estão cumprindo medidas socioeducativas de internação e os que estão em situação de privação de liberdade.

Alunos do ensino fundamental e médio das escolas da rede pública podem participar da 5ª edição do Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU). Os trabalhos podem ser inscritos até o dia 09 de outubro pelo site da DPU.

Com o tema “Defender Direitos, Evitar Desastres: Como o acesso à justiça contribui para o desenvolvimento sustentável”, o intuito do concurso é despertar nos estudantes o interesse por temas relacionados à educação em direitos e cidadania, por meio de incentivo à reflexão e ao debate desses assuntos nos ambientes educacionais da rede pública de ensino, das unidades prisionais e nas escolas do sistema socioeducativo.

O concurso é direcionado aos alunos do ensino fundamental e médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA), assim como os adolescentes que estão cumprindo medidas socioeducativas de internação e os adultos em situação de privação de liberdade.

Os trabalhos serão divididos em oito categorias. Redação I, para alunos do 6º ao 9º ano e da modalidade Jovens e Adultos (EJA) do ensino fundamental; Redação II, para alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio, na modalidade regular e ensino técnico, e da modalidade EJA seriado, do 1º ao 3º ano do ensino médio.

Categoria Redação III, alunos do 6° ao 9° ano do ensino fundamental e alunos do 1° ao 3° ano do ensino médio, em cumprimento de medida socioeducativa de internação; Redação IV, alunos do 6° ao 9° ano do ensino fundamental e do 1° ao 3° ano da EJA, em situação de privação de liberdade no sistema prisional; Redação V: pessoas em situação de privação de liberdade, em cumprimento de pena, perante o sistema penitenciário federal; Redação VI: servidores do sistema socioeducativo e do sistema penitenciário de todo o Brasil, inclusive do sistema penitenciário federal.

Veja Também:  Prefeitura de Sapezal (MT) abre concurso com 56 vagas e salário de até R$ 17,6 mil

Categoria Escola, para estabelecimentos de ensino da rede pública que desenvolverem atividades de sensibilização e mobilização escolar, juntamente com a comunidade escolar local, em torno do tema do concurso; Categoria Estabelecimento de Privação de Liberdade, presídio ou cadeia estadual, unidade de internação do sistema socioeducativo, exceto presídios federais, que obtiverem o maior percentual de participação dos internos no Concurso de Redação.

O acesso ao edital completo e inscrições podem ser feitos pelo endereço : https://concursoderedacao.dpu.def.br/ .

Premiação

Nas categorias Redação I, II e III, os vencedores em primeiro lugar receberão um tablet, os do segundo lugar receberão uma câmera digital. Os alunos que ficarem em terceiro lugar na categoria redação I e II receberão um alto-falante e na da redação III uma câmera digital.

Na categoria Redação IV e V, cada vencedor do primeiro, segundo e terceiro lugar receberá um alto-falante. Na categoria Redação VI, os vencedores em primeiro, segundo e terceiro lugar receberão como prêmio uma câmera digital.

Na categoria Escola, os três estabelecimentos de ensino da rede pública, escolhidos pela comissão julgadora do concurso, que desenvolverem as melhores atividades de sensibilização e mobilização escolar receberão a premiação de R$ 10.000,00 cada um.

Veja Também:  Prefeitura de Sapezal (MT) abre inscrição de concurso com 56 vagas e salário de até R$ 17,6 mil

Na categoria Estabelecimento Penal, os três estabelecimentos vencedores serão aqueles que obtiverem o maior percentual de participação dos internos no concurso de em todo o país e receberão como premiação um tablete.

Os autores das redações pertencentes à categoria II, classificadas pela comissão julgadora como as três melhores redações de todo o país, receberão como prêmio adicional um videogame Playstation 4 com seus respectivos controles.

Os professores das escolas que orientaram as redações dos alunos vencedores de todas as categorias receberão uma medalha da DPU. Nas categorias Redação I, II, III, IV, V e VI, os autores das redações classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugares receberão uma medalha de honra ao mérito da DPU.

A realização do concurso conta com a parceria da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed); da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); dos Ministérios da Educação, de Justiça e Segurança Pública e do Meio Ambiente; da Secretaria da Receita Federal do Brasil; da Secretaria de Educação do Distrito Federal.

O resultado do concurso será divulgado até o dia 08 de novembro de 2019.

Por gazetafmtangara

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana