conecte-se conosco


Regional

Exame descarta morte de idoso de Nova Olímpia por coronavírus

Publicado

Ele morreu na noite do último sábado, 28, antes mesmo de ser transferido para UTI em Lucas do Rio Verde

Fabíola Tormes / Redação DS 

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Olímpia recebeu na manhã desta quinta-feira, 2, o resultado do exame do senhor Francisco Gonzaga, de 64 anos, morador do município, que morreu na noite do último sábado, 28 de março, com sintomas do novo coronavírus.

Enviado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Mato Grosso (Lacen-MT), o exame descartou a suspeita. “O resultado do exame é negativo”, reiterou a secretária de Saúde, Cátia Oda, através da assessoria de imprensa do Município, ao destacar que não foram colhidas amostras para outras doenças.

Com esse resultado descartado, Nova Olímpia zera o número de casos suspeitos no sistema. Foram três notificações, todas descartadas.

Para conter o avanço da doença, o Executivo Municipal vem realizando diversas ações, entre elas a desinfecção em ruas e avenidas, assim como locais públicos; trabalho de verificação de temperatura e higienização com álcool gel em pessoas na entrada e saída dos bancos; fechamento parcial do comércio; entre outras.

Veja Também:  Decreto proíbe circulação injustificada de pessoas pelas ruas de Tangará entre sábado à noite e segunda de manhã

O CASO

De acordo com a Coordenadoria da Vigilância Epidemiológica de Nova Olímpia, o idoso chegou na manhã de sábado na unidade de saúde do município, com sintomas característicos do Covid-19, ocasião em que foram realizados todos o exames necessários, mais seu quadro foi agravando durante o dia, vindo a falecer a noite, antes mesmo de ser transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Lucas do Rio Verde.

Segundo a assessoria, o paciente recebeu um parente de outra região do estado recentemente. Há cerca de cinco dias já vinha passando mal, mas somente no sábado procurou atendimento médico.

Fonte: Diário da Serra

www.barranews.com.br – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Concessão de rodovias – OAB pede adiamento de audiência pública

Publicado

A audiência está marcada para acontecer nesta quarta-feira, dia 27

Geral

A 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Tangará da Serra protocolou neste domingo, 24, na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) pedido para adiamento da Audiência Pública virtual para concessão à iniciativa privada da rodovia que liga Jangada a Itanorte (MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480).

A audiência está marcada para acontecer nesta quarta-feira, dia 27, oportunidade em que será debatida a concessão de cerca de 233 quilômetros de rodovias, com objetivo de recolher críticas e contribuições a respeito dos estudos desenvolvidos para a realização da futura licitação dos trechos das rodovias a serem concedidos à iniciativa privada. “(…) uma audiência pública realizada na modalidade virtual sobre um tema tão sensível e que inevitavelmente afetará significativamente a vida de tantas pessoas em nossa região, não pode ser feita de forma que não possibilite uma ampla e efetiva participação popular”, justifica a entidade, representada por seu presidente, Franco Ariel Bizarello, em documento que segue assinado também por outros advogados que compõem Comissão Específica para o assunto.

Veja Também:  Cooperativa Sicredi comemora 31 anos de existência com a ativação de nova agência em Tangará da Serra

Para 10ª Subseção, da forma como prevista, a realização da audiência pública virtual será somente uma formalidade que não franqueará o amplo debate democrático. “Se é verdade que o atual momento impede aglomerações desnecessárias também é verdade que nem a realização da audiência pública em si e nem o seu objeto (concessão de trechos de estradas para exploração por particulares) possui a urgência que justifique sua realização justamente em um momento em que as pessoas não podem se reunir presencialmente”.

Assim, a entidade busca que esse debate seja realizado em outro momento, que permita a efetiva participação do cidadão. “Entendemos que a audiência pública realizada na modalidade virtual exclui uma parcela importante da população do debate público e dificulta a exposição de eventuais argumentos, dúvidas e razões de contrariedade civil organizada”, completam, ao pedirem, também, que seja realizada presencialmente em todos os municípios que serão atingidos pela concessão da rodovia, a fim de permitir a participação efetiva dos cidadãos das referidas localidades.

O pedido foi discutido em reunião, que contou com a presença do presidente da 10ª Subseção da OAB Tangará da Serra, Franco Ariel Bizarello; vice-presidente, Vinicius Hunhoff; Conselheiro Seccional da  OAB Estadual, Kleiton Carvalho; presidente da Comissão de Direitos Humanos da 10ª Subseção, Altemar Dias da Gama; membro  da Escola Superior da Advocacia, Marcelo Freitas; e ex-conselheiro da OAB/MT, Jonas Coelho.

Veja Também:  Carreta Odonto Sesc cancela ação em Arenápolis devido Coronavírus

Fonte: Fabíola Tormes / Redação DS 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Município de Porto Estrela vai reformar escola na comunidade da Salobra

Publicado

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana