conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Feirantes armam bancas na calçada para venderem seus produtos, mas são notificados pela Vigilância Sanitária

Publicado


Feirantes buscam meios para vender seus produtos (Imagem: Reprodução)

Um grupo de feirantes tem montado suas bancas do lado de fora do barracão da Feira do Produtor de Tangará da Serra, que está fechado após determinação de decreto municipal. “Nós queremos vender nossos produtos, é daqui que a gente tira nosso sustento”, disse um dos feirantes ao Tangará em Foco.

O movimento na área externa da feira, a principal de Tangará da Serra, nas ruas 24 e 26, começou cedo ontem. Alguns feirantes se protegiam com máscaras, álcool em gel e distanciamento entre eles.

Nos últimos dias, essa foi a segunda vez que a feira aconteceu do lado de fora. “A gente entende que tem que se cuidar, mas precisamos ganhar nosso dinheiro pra sobreviver”, comentou uma feirante, relatando que ela também é comerciante de produtos essenciais, de alimentos, assim como os supermercados, mas estão sendo impedidos de trabalhar.

“Não estão nos dando a devida atenção. As autoridades tem que olhar pra nossa situação. Tangará é uma cidade agrícola, de pequenos produtores, somos muitos e estamos nos sentindo abandonados”, relatou.

Veja Também:  PM prende suspeito que matou esposa em Tangará da Serra

Ontem, fiscais da Vigilância Sanitária do Município foram ao local e notificaram os feirantes. A determinação é que as pessoas evitem aglomerações, principalmente aqueles que fazem parte de grupos de risco.

Parte dos feirantes promete voltar a armar as bancas na calçada da Feira do Produtor no final de semana.

Decreto

O decreto assinado pelo prefeito Fábio Junqueira (MDB) proíbe a comercialização de produtos no município para evitar a proliferação do novo coronavírus. A determinação é que as feiras também permaneçam fechadas.

Conforme o decreto, só poderão funcionar mercados, farmácias, panificadoras, laboratórios e postos de combustíveis.

Caso confirmado

Tangará da Serra teve o primeiro caso de Covid-19 confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde. O paciente está em isolamento domiciliar há 14 dias. Esse é um dos 28 casos confirmados no estado até essa quarta-feira, 01.

Com informações do G1 MT

www.barranews.com.br – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres

Governo do Estado vai reformar Hospital Regional de Barra do Bugres

Publicado

Anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes nesta segunda-feira (25.05)

Lucas Rodrigues | Secom-MT

Hospital Regional Barra do Bugres – Foto por: Reprodução

Hospital Regional Barra do Bugres

O Governo do Estado vai reformar a estrutura física do Hospital Regional de Barra do Bugres (165 km de Cuiabá), que atende pacientes de pelo menos dez municípios da região Oeste de Mato Grosso.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes, na tarde desta segunda-feira (25.05), após reunião com o vice-governador Otaviano Pivetta; o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo; e os prefeitos Raimundo Nonato (Barra do Bugres), Eliane Lins (Denise) e Rafael Machado (Campo Novo do Parecis).

“Decidimos que o Governo do Estado de Mato Grosso, em parceria com o Consórcio Intermunicipal da região, fará uma grande reforma no Hospital Regional de Barra do Bugres. Nos próximos 60 dias, faremos um grande planejamento e todo o projeto, que vai ficar a cargo da Secretaria de Estado de Saúde e da nossa equipe de engenharia”, explicou o governador.

Mendes agradeceu aos prefeitos das localidades e aos deputados da base na Assembleia Legislativa pela articulação constante em concretizar a ação.

Veja Também:  MT: programa auxilia na comercialização de produtos da agricultura familiar

“Faremos uma grande reforma naquela unidade, com dignidade e qualidade, para fornecer um serviço de saúde de qualidade para aquela importante região”, afirmou.

De acordo com o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, todo o planejamento para a obra deve ser finalizado em até 60 dias, e vai englobar não só a melhoria da estrutura física, mas também a aquisição de equipamentos mais modernos para atendimento à população.

“O que vamos fazer agora é o planejamento de como podemos fazer esse investimento na modernização, sem necessariamente paralisar as atividades. Nossa equipe vai fazer o projeto junto com o Consórcio para tornar o hospital mais moderno, no nível de requinte que estamos fazendo nos demais hospitais do Governo do Estado”, reforçou Figueiredo.

Para o prefeito de Barra do Bugres, Raimundo Nonato, a obra é “um sonho” da população de toda a região que é atendida pelo hospital.

“Essa obra é de uma importância muito grande para nós. Barra do Bugres todinha está na expectativa. Esse hospital é um sonho de todo mundo e esse sonho a gente sente que será realizado. E estamos muito contentes com o governador, porque não é só esse projeto. Muitas outras coisas estão sendo realizadas no município. Em tão pouco tempo já fez muito e tenho certeza que vai fazer muito mais”, destacou.

Veja Também:  Mulher é assassinada a facadas após terminar relacionamento e ex-namorado é procurado pela polícia em Barra do Bugres

O Hospital Regional de Barra do Bugres atende pacientes de ao menos outros dez municípios: Tangará da Serra, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Nova Marilândia, Santo Afonso, Arenápolis, Denise, Nortelândia e Porto Estrela.

Desde o ano passado, o Governo de Mato Grosso tem investido em reformas em diversas unidades hospitalares em todas as regiões do Estado. Há obras em andamento nos hospitais regionais de Sorriso, Sinop, Alta Floresta e Colíder.

Além disso, foram criados 147 novos leitos exclusivos para o coronavírus na Santa Casa, em Cuiabá, e a reforma e ampliação do Metropolitano, em Várzea Grande, que agora possui 278 leitos para o atendimento de pacientes com Covid-19.

Fonte: Assesom

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Concessão de rodovias – OAB pede adiamento de audiência pública

Publicado

A audiência está marcada para acontecer nesta quarta-feira, dia 27

Geral

A 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Tangará da Serra protocolou neste domingo, 24, na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) pedido para adiamento da Audiência Pública virtual para concessão à iniciativa privada da rodovia que liga Jangada a Itanorte (MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480).

A audiência está marcada para acontecer nesta quarta-feira, dia 27, oportunidade em que será debatida a concessão de cerca de 233 quilômetros de rodovias, com objetivo de recolher críticas e contribuições a respeito dos estudos desenvolvidos para a realização da futura licitação dos trechos das rodovias a serem concedidos à iniciativa privada. “(…) uma audiência pública realizada na modalidade virtual sobre um tema tão sensível e que inevitavelmente afetará significativamente a vida de tantas pessoas em nossa região, não pode ser feita de forma que não possibilite uma ampla e efetiva participação popular”, justifica a entidade, representada por seu presidente, Franco Ariel Bizarello, em documento que segue assinado também por outros advogados que compõem Comissão Específica para o assunto.

Veja Também:  Rio de Campo Novo registra duas mortes por afogamento em 24 horas

Para 10ª Subseção, da forma como prevista, a realização da audiência pública virtual será somente uma formalidade que não franqueará o amplo debate democrático. “Se é verdade que o atual momento impede aglomerações desnecessárias também é verdade que nem a realização da audiência pública em si e nem o seu objeto (concessão de trechos de estradas para exploração por particulares) possui a urgência que justifique sua realização justamente em um momento em que as pessoas não podem se reunir presencialmente”.

Assim, a entidade busca que esse debate seja realizado em outro momento, que permita a efetiva participação do cidadão. “Entendemos que a audiência pública realizada na modalidade virtual exclui uma parcela importante da população do debate público e dificulta a exposição de eventuais argumentos, dúvidas e razões de contrariedade civil organizada”, completam, ao pedirem, também, que seja realizada presencialmente em todos os municípios que serão atingidos pela concessão da rodovia, a fim de permitir a participação efetiva dos cidadãos das referidas localidades.

O pedido foi discutido em reunião, que contou com a presença do presidente da 10ª Subseção da OAB Tangará da Serra, Franco Ariel Bizarello; vice-presidente, Vinicius Hunhoff; Conselheiro Seccional da  OAB Estadual, Kleiton Carvalho; presidente da Comissão de Direitos Humanos da 10ª Subseção, Altemar Dias da Gama; membro  da Escola Superior da Advocacia, Marcelo Freitas; e ex-conselheiro da OAB/MT, Jonas Coelho.

Veja Também:  Conselho Tutelar e casas lares são notificados em Tangará da Serra

Fonte: Fabíola Tormes / Redação DS 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana