conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Força Tática prende homem que cultivava maconha em vaso em Tangará da Serra

Publicado

Uma equipe da Força Tática de Tangará da Serra prendeu na noite de segunda-feira (07), um homem identificado como R.P.M. (32 anos), por tráfico de drogas, no bairro Bela Vista.

De acordo com o boletim de ocorrência, a denúncia descrevia que o suspeito estaria traficando no bairro. Devido à informação, o suspeito passou a ser acompanhado e foi abordado quando saia de casa. Ele carregava meia barra de maconha e dinheiro e disse que iria entregar a droga para uma pessoa que só o conhecia por apelido.

Dentro da casa do suspeito foram encontradas mais porções de maconha, uma balança, uma munição de calibre .40, além de um pé de maconha plantada em um vaso.

Por Alexandre Rolim-tangaraemfoco

Comentários Facebook
Veja Também:  Jovem é morto após tentar executar passageiro
publicidade

Barra do Bugres e Região

Tangará da Serra tem novo saldo positivo na geração de empregos e comércio lidera

Publicado

No mês passado, o comércio foi o setor que teve o melhor desempenho. Foram 55 vagas a mais, saldo de 413 contratos formalizados e 358 encerrados. A agropecuária teve o segundo melhor resultado com 25 novas vagas, diferença de 118 admissões e 93 demissões.

A construção civil aprece na sequência, com 22 novos postos de trabalho, resultado de 84 trabalhadores contatados e 62 demitidos. A indústria de transformação criou 10 a mais e os serviços industriais de utilidade pública abriram 3 vagas cada a mais.

Já a extrativismo mineral encerrou uma vaga a mais, no mês passado. Com esse resultado, as empresas e indústrias de Tangará da Serra geraram de janeiro até outubro 900 vagas. Foram 10.448 contratados formalizados e 9548 encerrados. Em 12 meses, foram criadas 860 vagas.

Veja Também:  Perícia identifica homem que morreu carbonizado após bater carro de frente com ônibus em Várzea Grande

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Violência contra a mulher é tema de palestra em frigorífico de Tangará da Serra

Publicado

por –  – Bem Notícias

A violência contra mulher e o feminicídio foram tema de uma série de palestras realizadas pela Polícia Militar no município de Tangará da Serra.
A iniciativa integra o projeto ‘ Patrulha Maria da Penha’, que dessa vez teve como público 350 funcionários da empresa frigorífica Marfrig, com sede na cidade. A ação é coordenada pelo 7º Comando Regional da PM em parceria com a iniciativa privada e as palestras são ministradas pelos policiais que atendem na região.  O objetivo da iniciativa é reduzir e combater crimes de violência contra a mulher e o feminicídio por meio de atividades preventivas e educativas.

Durante as palestras os policiais passaram informações sobre as formas de violência doméstica, como buscar ajuda e auxiliar pessoas que enfrentam essa problemática.  Explicaram ainda como funciona o projeto criado para proteger as vítimas de violência doméstica ( Patrulha Maria da Penha). Entre o público estavam mulheres e homens de diferentes idades, que trabalham no frigorífico.

A sargento Valéria Cunha de Mello, do 19 º Batalhão de Policia Militar, faz parte da equipe formada por 11 militares que levam o ciclo de palestras para o setor privado. A militar conta que a experiência nos atendimentos do policiamento ostensivo ajuda na maneira de abordar o tema nas palestras e a idéia é mostrar que a PM está próxima para ajudar a todos.

Veja Também:  Câmara acolhe parecer do TCE e rejeita contas da prefeita Dra. Eliane referentes ao exercício de 2017

“A nossa experiência durante nossa atuação nas ruas nos ajuda a levar a informação necessária para essas pessoas. Falamos sobre os casos mais comuns, deste tipo de violência registrado na região, tiramos dúvidas e apresentamos os nossos canais de denúncia e apoio às mulheres vítimas destes tipos de crimes”, conta a sargento.

O ciclo de palestra foi dividido em turmas para atender todos os funcionários da empresa.

Projeto Patrulha Maria da Penha da PMMT

Leia mais:  Crianças de bicicleta colidem de frente e uma das vítimas fica em estado grave no Bairro Alto da Boa Vista

A Polícia Militar realiza  projetos específicos de proteção e defesa dos direitos de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar em seis municípios mato-grossenses: Barra do  Garças, Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Tangará da Serra e Sinop.

Em três destas cidades – Cuiabá, Várzea Grande e Barra do Garças – as ações fazem parte do sistema de rede, a ‘Patrulha Maria da Penha’, realizadas em parceria com Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Polícia Judiciária Civil, entre outros órgãos, e têm como base do atendimento medidas protetivas decretadas pela Justiça. (Por PMMT)

Veja Também:  Casa ocupada por usuários de drogas pega fogo duas vezes seguidas em Tangará da Serra

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana