conecte-se conosco


Esportes

Fortaleza consegue virada e faz 3 a 1 para cima da Chapecoense

Publicado

Gazeta Esportiva

Neste domingo, pela quinta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza saiu atrás no placar, mas buscou a virada em grande estilo diante da Chapecoense. Em plena Arena Condá, o Tricolor do Pici fez 3 a 1 para cima dos mandantes e conquistou sua segunda vitória na competição nacional. Os gols do embate foram anotados por Rildo, em favor dos catarinenses, além de Marcinho (duas vezes) e Osvaldo, para os visitantes.

A vitória deixou os comandados de Rogério Ceni com seis pontos na tabela de classificação, em campanha de dois triunfos e três derrotas. Por outro lado, o clube catarinense segue com quatro pontos, em sinal de alerta com relação à zona de rebaixamento.

Enquanto o Fortaleza volta suas atenções para a Copa do Nordeste, competição na qual o Tricolor do Pici enfrenta o Botafogo-PB, às 21h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira, a próxima partida da Chapecoense será pela sexta rodada do Brasileirão. O time condá visitará o Cruzeiro no domingo seguinte, às 19h00, buscando se recuperar na competição.

Marcinho foi grande nome da partida: dois gols e uma assistência (Foto: Liamara Polli/Gazeta Press)

Chape marca no início do primeiro tempo e Fortaleza acorda após o gol

A Chapecoense começou levando perigo ao gol de Felipe Alves logo aos sete minutos da etapa inicial. Após arrancada, o atacante Everaldo desbancou a marcação de Quintero, pisou na área e finalizou firme, mas o goleiro do Fortaleza efetuou a defesa. Cinco minutos depois, no entanto, o time da casa balançou as redes.

Veja Também:  Pivô da NBA é acusado de estupro e agressão por vizinha em Nova Iorque

O mesmo Everaldo arrancou pela direita e cruzou na medida para Rildo. Livre de marcação, o atacante só teve o trabalho de completar para as redes e inaugurar o marcador.

A partir do gol, o Fortaleza melhorou na partida. Buscando o empate, os comandados de Rogério Ceni levaram perigo com Edinho, Marcinho e Edinho novamente, mas a Chape conseguiu segurar o ímpeto ofensivo adversário.

Logo após a primeira substituição de Ceni na partida, sacando Júnior Santos e colocando Romarinho em campo, o Fortaleza deixou tudo igual. Wellington Paulista recebeu passe de Edinho pela lateral e tocou para Marcinho, que fez o 1 a 1.

Gol de cobertura sem querer e tento de Osvaldo selam a partida

Depois de 16 minutos de tentativas de ambas as equipes, o Fortaleza foi capaz de ‘matar o jogo’ em dois lances. Após lançamento de Juninho, Marcinho se enrolou com a bola e, cara a cara com Tiepo – além da forte marcação -, tentou o chute forte. No entanto, o centroavante errou a finalização e a bola bateu em seu joelho, encobrindo o goleiro rival e colocando o Tricolor do Pici à frente do marcador.

Veja Também:  Testemunha diz ter conversado com Daniel na suíte: “Ele queria usar o banheiro”

Após a confirmação do VAR, os visitantes fizeram o terceiro em sequência. Marcinho fez a arrancada e serviu Osvaldo, que havia acabado de entrar no confronto. O atacante recebeu por entre a defesa da Chape e tocou na saída de Tiepo: 3 a 1.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 x 3 FORTALEZA

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data: 19 de maio de 2019 (Domingo)

Horário: 16h00 (horário de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Caíque Sá (Chapecoense); Wellington Paulista (Fortaleza)

Gols: CHAPECOENSE: Rildo, aos 12 minutos do primeiro tempo. FORTALEZA: Marcinho, aos 37 minutos do primeiro tempo e aos 17 do segundo tempo; Osvaldo, aos 19 minutos do segundo tempo.

CHAPECOENSE: Tiepo; Caíque Sá (Bryan), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Augusto (Lourency); Rildo, Everaldo e Régis (Arthur Gomes)

Técnico: Ney Franco

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Felipe, Juninho, Edinho (Osvaldo) e Marcinho (Marlon); Wellington Paulista e Júnior Santos (Romarinho)

Técnico: Rogério Ceni

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Pedrinho, do Corinthians, vibra com primeiro título conquistado com a camisa da Seleção

Publicado

Meia do Timão foi titular da seleção olímpica em final contra o Japão, na França, neste sábado

Por GloboEsporte.com

 Pedrinho vibra com título conquistado com a seleção olímpica — Foto: Instagram/Reprodução

Aos 21 anos, Pedrinho está radiante com o primeiro título conquistado com a camisa da seleção brasileira. O meia-atacante do Corinthians venceu o Torneio de Toulon, na França, com a seleção olímpica, neste sábado. Foi a primeira convocação do jogador.

– Só agradecer a Deus por tudo o que tem feito em minha vida, primeira convocação. Estar coroando ela com um título é algo especial para mim e minha família. Agradecer a todos que torceram e com certeza será o primeiro de muitos. Deus é maravilhoso em nossas vidas – escreveu o jogador em seu Instagram.

Pedrinho foi titular do Brasil durante o torneio na França. Ao lado de Mateus Vital, desfalcou o Corinthians por quatro jogos.

Antes de viajar para a França com o grupo, Pedrinho chegou a dizer que estava realizando não só o sonho pessoal, mas também de seu pai e do restante da família. O meia agora curte folga até a data de reapresentação do elenco do Corinthians, em 24 de junho.

Veja Também:  Pivô da NBA é acusado de estupro e agressão por vizinha em Nova Iorque

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

STJD nega pedido do Botafogo e devolve vitória ao Palmeiras

Publicado

Terra

A vantagem do Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro aumentou. Nesta terça-feira, em Salvador, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou que a partida entre Botafogo x Palmeiras não será anulada. Sendo assim, o time alviverde tem 25 pontos, cinco a mais que o vice-líder Santos.

Foto: Divulgação Palmeiras / LANCE!

A votação do STJD terminou com o placar de 9 a 0 contra a anulação do jogo. Segundo Paulo César Salomão Filho, presidente do Tribunal, houve apenas erro de procedimento do VAR. Apesar da derrota, o Botafogo ainda pode entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), com sede na Suíça.

O jogo era válido pela 6ª rodada do Brasileirão, e terminou com vitória palestrina por 1 a 0, gol anotado por Gustavo Gómez, em cobrança de pênalti. O time de General Severiano entrou com uma ação no STJD pedindo a anulação do confronto, alegando o uso irregular do VAR.

No entender do Botafogo, o lance que decretou a vitória palmeirense foi ilegal porque o árbitro Paulo Roberto Alves Junior já havia determinado o reinício da partida quando decidiu analisar as imagens pelo árbitro de vídeo e acabou marcando o pênalti que decretou a vitória do Palmeiras. Para pedir a anulação da partida, os advogados do Glorioso alegaram que um erro de direito foi cometido que acabou prejudicando os cariocas.

Veja Também:  Cristiano Ronaldo fala sobre adaptação na Itália e explica ausência na seleção

A equipe carioca, por sua vez, está em 7º com 15 pontos ganhos. O Brasileiro está parado em função da disputa da Copa América, no Brasil. A competição terá reinício no dia 13 de julho. O próximo compromisso do Botafogo será contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Já o líder, terá o clássico diante do São Paulo, no Morumbi.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana