conecte-se conosco


Esportes

Ginasta quebra as duas pernas em competição e se aposenta aos 22 anos; assista

Publicado


ginasta quebra as pernas
Reprodução / Instagram

A ginasta se aposentou após quebrar as duas pernas durante competição

A atleta Samantha Cerio sofreu uma séria lesão durante a disputa do Campeonato Universitário de Ginástica Artística dos Estados Unidos (NCAA), em Baton Rouge. A ginasta quebrou as duas pernas após fazer uma acrobacia durante a execução da sua performance no solo, na última sexta-feira. Ela foi imediatamente amparada pelas companheiras e e juízes.

Sam, que é estudante de engenharia da Universidade de Auburn, foi levada ao hospital após ter as duas pernas imobilizadas. No domingo, dois dias após o triste incidente, a ginasta
anunciou que se aposentou dos tablados aos 22 anos, sendo que 18 deles dedicados ao esporte.

“Sexta à noite foi a minha última noite como ginasta. Depois de 18 anos, eu estou pendurando meus maiôs e deixando a ginástica para trás. Eu não poderia estar mais orgulhosa da pessoa que a ginástica
me fez. O esporte me ensinou o trabalho árduo, humildade, integridade e dedicação, só para citar alguns exemplos. Ele me deu desafios e bloqueios de estradas que eu nunca imaginei que testariam quem eu sou como pessoa. Pode não ter terminado como planejei, mas nada acontece como planejado”, iniciou na carta escrita para anunciar sua aposentadoria
em se perfil no Instagram.

Veja Também:  Doping de campeões mancha esporte, mas enaltece esforço do UFC

Leia também: Laís Souza comemora evolução em vídeo e agradece ajuda de Neymar

“Obrigado família Auburn por me dar uma casa e uma chance de continuar fazendo o esporte que sempre será meu primeiro amor. Estou honrada por ter tido o privilégio de representar a Marinha e a AU nos últimos quatro anos com minha equipe ao meu lado. Obrigado por me deixar compartilhar minha paixão com vocês. Obrigado por me deixar fazer parte de algo maior que eu. Serei uma Águia para sempre”, disse a ginasta
.

Confira abaixo o vídeo do momento da lesão ( AS IMAGENS SÃO FORTES
)


Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Brasil vence China na final do vôlei feminino e conquista tri nos JMM

Publicado

País conta com jogadoras da seleção principal para derrotar anfitriãs

DA AGÊNCIA BRASIL

O Brasil faturou mais uma medalha de ouro na manhã de hoje (22) – já são ao todo sete – com a vitória da seleção feminina de vôlei sobre as donas da casa por 3 sets a 1, nos Jogos Mundiais Militares (JMM), na cidade de Wuhan, na China.

Esta é a terceira vez que o Brasil conquista o título dos JMM: a primeira foi em 2011, no Rio de Janeiro, e depois em 2015, na Coréia do Sul, nesta edição com vitória também sobre as chinesas. Derrotada hoje (22), a China ficou com a prata, e a Coreia do Norte com o bronze.

A equipe brasileira abriu o placar ao vencer o primeiro set por 25 a 23. Em quadra, destaque para quatro jogadoras com passagens pela seleção principal, como as ponteiras Amanda Juliana Francisco,  Elen Braga, Sonaly Cidrão e a líbero Sassá.

No segundo set, as chinesas reagiram e devolveram o placar de 25/23, igualando o placar. A partida seguiu acirrada, e o Brasil voltou a vencer no terceiro set, novamente por 25/23 e depois manteve do domínio do jogo no quarto set: ganhou 25/19, selando a vitória em 3 sets a 1, resultado que garantiu o tricampeonato verde e amarelo.

Veja Também:  Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez recebe alta do hospital após dez dias

As maiores pontuadoras foram Elen Braga (20 pontos), Amanda Juliana Francisco (19) e Sonaly Cidão (17).Também fentraram em quadra hoje Mayahara Silva (nove pontos), Valquíria Dullius (sete), Mariana Casemiro, Priscila Heldes, Angélica Malvinegro,  e Welissa Gonzaga.

Apenas nesta terça-feira (22) o Brasil conquistou 15 medalhas (sete ouros, três pratas e cinco bronzes). Ocupa  a terceira posição no quadro geral de medalhas com um 41 (dez ouros, 13 pratas e 18 bronzes), atrás da líder China com 94 (54 ouros, 25 pratas e 15 bronzes) e da Rússia, segunda colocada, com 76 medalhas (27 ouros, 24 pratas e 25 bronzes).

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Internacional acerta com Zé Ricardo até o fim do ano

Publicado

Acerto foi concretizado na tarde desta segunda-feira e o novo treinador comanda equipe na reta final do Brasileirão

Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!

DO TERRA NOTICIAS

Após admitir que o Internacional poderia contratar um técnico ‘tampão’ até a reta final da temporada, a diretoria acertou a chegada de Zé Ricardo, que recentemente deixou o comando do Fortaleza.

Sem sucesso na vinda de Eduardo Coudet, a diretoria do Colorado agiu nos bastidores e preferiu a chegada de um profissional que possa treinar o time nas rodadas finais do Brasileirão e colocar o clube na Libertadores.

Inicialmente, a ideia era deixar Colbacini até o término da temporada, mas a fraca atuação diante do Vasco ligou o sinal de alerta da diretoria e a busca por um substituto de Odair Hellmann foi intensificada.

Novo técnico

O último trabalho de Zé Ricardo foi no Fortaleza. O treinador chegou com a dura missão de substituir Rogério Ceni e fracassou. Após uma série de resultados ruins, ele acabou demitido.

Agora, ele tem a missão de colocar o Internacional na Liberta 2020 e acalmar o ambiente no Colorado, que anda agitado desde o vice-campeonato da Copa do Brasil.

Veja Também:  Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez recebe alta do hospital após dez dias

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana