conecte-se conosco


Estadual

Governo de MT promove doação de nove mil cestas básicas e cobertores

Publicado

Doações são parte da campanha Vem Ser Mais Solidário e do programa Aconchego, ambos liderados voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes

Vívian Lessa | Setasc/MT

Campanha do governo de MT vai distribuir 200 mil cobertores – Foto por: Jana Pessôa/Setasc

Campanha do governo de MT vai distribuir 200 mil cobertores

As ações sociais do Governo do Estado, realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) em conjunto com a primeira-dama Virginia Mendes, irão beneficiar o movimentos comunitários.

Uma parceria com as Uniões de Clube de Mães, Uniões de Associações de Moradores e Federações de Bairros permitirá que nove mil famílias mais vulneráveis do Estado sejam beneficiadas com cestas básicas, kits de limpeza e cobertores por meio da Campanha Vem Ser Mais Solidário e do Programa Aconchego.

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, realizou, na segunda-feira (06.07), uma entrega simbólica para o secretário adjunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins, que será o responsável por repassar as doações às lideranças comunitárias.

“Por meio dessas instituições pretendemos beneficiar as pessoas mais vulneráveis e que realmente estão precisando de ajuda nesse momento”, disse o governador.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, explicou que a iniciativa é realizada por meio de duas importantes ações executadas pela Pasta e que são lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes.

“Pela campanha Vem Ser Mais Solidário iremos doar as cestas básicas e os kits de limpeza e de higiene. Já os cobertores são pelo Programa Aconchego, que visa oferecer um pouco de conforto as famílias mais vulneráveis nos dias de frio”.

Veja Também:  Projeto de Reestruturação de Hospitais Públicos integra agenda da Secretaria de Saúde

De acordo com o secretário ajunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins, será feito um cronograma de entrega dos produtos e as instituições deverão encaminhar um cadastro dos beneficiados.

“Os líderes comunitários conhecem bem a realidade das famílias que estão precisando de ajuda e tenho certeza que as doações irão chegar até quem realmente mais precisa neste momento”.

Aconchego

O Programa Aconchego, que já está em sua segunda edição, vai distribuir 200 mil cobertores paras as pessoas mais vulneráveis. No ano passado, foram beneficiadas 100 mil pessoas em todo Estado. E este ano a meta foi dobrada, em razão do aumento de pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade social.

Além dos municípios, os cobertores também serão entregues para moradores de rua, comunidades indígenas, entidades filantrópicas e famílias que se enquadram em situação de extrema vulnerabilidade.

Para o cadastro de atendimento, as instituições, entidades e/ou grupos representativos devem enviar um ofício para o e-mail gabinete@setasc.mt.gov.br, com a lista das pessoas que serão beneficiadas, contendo nome completo, CPF, nome da mãe e número de identificação social (NIS).

A primeira-dama Virginia Mendes ressaltou que a pandemia do Covid-19 ainda não tem uma previsão para encerrar e as demandas têm crescido dia após dia. “Os reflexos são sentidos primeiramente pelas famílias mais carentes, que são as mais impactadas. Muitas pessoas já estão desempregadas, sem sustento e precisando de ajuda. Vamos intensificar as entregas e também contamos com a ajuda de todos, para ampliar ainda mais essa corrente de solidariedade”, disse.

Veja Também:  Polícia Civil divulga convocação de candidatos aprovados em processo seletivo

Vem Ser Mais Solidário

A Campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus, em pouco mais de dois meses, já distribuiu aproximadamente 60 mil cestas básicas às famílias carentes, sendo que 50 mil cestas foram adquiridas diretamente pelo Governo e 5 mil oriundas de doações de empresários e sociedade em geral.

A campanha possibilitou ainda a arrecadação de R$ 5 milhões em recursos depositados diretamente na conta bancária aberta exclusivamente para a ação.

Esses recursos, somados aos investimentos realizados diretamente pelo Governo de Mato Grosso, vão possibilitar a distribuição de aproximadamente 230 mil cestas básicas em todo Estado, beneficiando famílias carentes nos 141 municípios, algo em torno de 1,150 milhão de mato-grossenses.

Nesta segunda etapa da campanha, se você quer doar alimentos e ou materiais de limpeza pode procurar a Arena Pantanal, em Cuiabá. Quem preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Fonte: Assecom

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
publicidade

Estadual

Quarta-feira (29): Mato Grosso registra 48.854 casos e 1.752 óbitos por Covid-19

Publicado

Há 277 internações em UTIs públicas e 325 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 79,9% para UTIs adulto e em 36,7% para enfermarias

Ana Lazarini | SES

Um total de 44.772 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) – Foto por: Tchélo Figueiredo | Secom

Um total de 44.772 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT)

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (29.07), 48.854 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.752 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 52 mortes nas últimas 24 horas.

Foram registradas cerca de 1.809 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 48.854 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.161 estão em monitoramento e 28.941 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 277 internações em UTIs públicas e 325 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,94% para UTIs adulto e em 36,76% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (10.841), Várzea Grande (3.926), Rondonópolis (3.144), Lucas do Rio Verde (2.708), Tangará da Serra (2.015), Sorriso (1.858), Sinop (1.833), Primavera do Leste (1.716), Nova Mutum (1.395) e Pontes e Lacerda (914).

Veja Também:  Nove quilos de acido bórico são apreendidos em Primavera do Leste

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

O documento ainda aponta que um total de 44.772 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam cerca 2.783 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Na última terça-feira (28), o Governo Federal confirmou 2.483.191 casos da Covid-19 no Brasil e 88.539 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 87.618 óbitos e 2.442.375 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não informou os dados desta quarta-feira.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também:  Várzea Grande inicia testes em sistema de licenciamento ambiental municipal

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

DOWNLOAD 

  • Boletim Informativo nº 143

Comentários Facebook
Continue lendo

Estadual

Aulas teóricas para habilitação serão monitoradas de forma eletrônica

Publicado

As aulas serão monitoradas por meio de um sistema de controle que está sendo implantado pelo Detran-MT

Lidiana Cuiabano | Detran-MT  – Foto por: Detran-MT

Até o final deste ano, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) vai começar a monitorar, de forma eletrônica, as aulas teóricas ministradas pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs) no processo de habilitação para todas as categorias, primeira habilitação, reciclagem de condutor, renovação, cursos especializados para condutores, para instrutores, diretores e examinadores.

A regra também vai valer para as instituições de ensino credenciadas junto a autarquia. As aulas serão monitoradas por meio de um sistema de controle que está sendo implantado pelo Detran-MT.

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, explica que o monitoramento vai abranger as aulas de formação para a primeira habilitação, as aulas de cursos especializados, como de transporte de passageiros, transporte escolar, cargas perigosas, além dos cursos de reciclagem ao condutor infrator.

A medida consta na portaria nº 310/2020 do Detran, que estabelece o prazo de 120 dias para a implantação do sistema eletrônico de anotação, transmissão e recepção dos relatórios de avaliação elaborados pelos instrutores de trânsito relativos às aulas técnico-teóricas de formação para os candidatos a primeira habilitação, cursos de reciclagem e reabilitação de condutor, renovação, cursos especializados de trânsito, curso para instrutores e diretores de CFCs.

Veja Também:  Polícia Civil divulga convocação de candidatos aprovados em processo seletivo

“Dessa forma o Detran-MT pretende evitar possíveis fraudes, pois o monitoramento eletrônico vai realizar a validação facial e filmagem das aulas teóricas e dos cursos especializados”, completou Alessandro.

O presidente da Autarquia, Gustavo Vasconcelos, ressalta que a modernização dos processos e procedimentos do Detran-MT é uma das prioridades da atual gestão para levar cada vez mais serviços de qualidade, agilidade e segurança ao cidadão.

Fonte: Assessoria

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana