conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo vai decretar estado de calamidade pública em Mato grosso

Publicado

Decisão foi tomada para auxiliar os 141 prefeitos do estado

Lucas Rodrigues | Secom-MT

Jardim Interno Palácio Paiaguas – Foto por: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Jardim Interno Palácio Paiaguas

O governador Mauro Mendes decidiu decretar estado de calamidade pública em Mato Grosso, como medida necessária para combater o coronavírus no estado.

Os detalhes da medida serão editados e divulgados nesta quarta-feira (25), durante a reunião com o Gabinete de Situação, montado para monitorar a epidemia.

A decisão em decretar a calamidade foi tomada como forma de auxiliar os 141 municípios do Estado, que precisam adotar uma série de ações contra a pandemia.

Com esta decisão, os prefeitos conseguem mais flexibilidade e menos burocracia para dar cabo das medidas urgentes que a luta contra o coronavírus exige.

“Essa é uma medida que vários estados brasileiros estão fazendo. A partir daí, os municípios poderão adotar as providências cabíveis em cada região”, explicou o governador.

Fonte: Secom

 

www.barranews.com.br – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Veja Também:  Operação conjunta apreende cinco quilos de droga e veículos utilizados no tráfico
publicidade

Estadual

Detran-MT mantém suspenso o atendimento presencial em todo o Estado

Publicado

Além da manutenção dos serviços presenciais suspensos, a portaria também dispõe sobre a adoção de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo coronavírus (COVID-19)

Lidiana Cuiabano | Detran-MT

Atendimento ao público no Detran-MT – Foto por: Haillyn Heiviny/ Secom-MT

Atendimento ao público no Detran-MT

Em portaria de nº 212/2020, publicada na edição do Diário Oficial que circula nesta sexta-feira (03.04), o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informa que irá manter a suspensão do atendimento presencial em todas as unidades da autarquia no Estado, a partir do dia 06 de abril, podendo este prazo ser revisto a qualquer momento.

Além da manutenção dos serviços presenciais suspensos, a portaria também dispõe sobre a adoção de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo coronavírus (COVID-19), com a adoção da modalidade de revezamento e teletrabalho pelos servidores no âmbito administrativo da autarquia que não se enquadram no grupo de pessoas considerado de risco.

A portaria publicada nesta sexta-feira (03.04) irá perdurar enquanto estiverem em vigor os decretos nº 416/2020 e nº 425/2020 do Governo do Estado ou outro ato normativo que vier a substituí-los.

Serviços online

Perante ao atual cenário de pandemia do novo coronavírus, o Detran-MT reforça que conta com diversos serviços disponíveis no site da autarquia (www.detran.mt.gov.br) e no aplicativo MT Cidadão, que pode ser baixado em aparelhos celulares com sistema Android e IOS.

Veja Também:  Deputados têm 27 proposições na pauta da CCJR de hoje

Os serviços disponíveis são: Licenciamento Anual de veículo, emissão de taxas como o IPVA, Seguro DPVAT e multas; segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Permissão Internacional para Dirigir e troca para a CNH definitiva.

Além disso, pelo aplicativo e pelo site do Detran-MT também é possível realizar a consulta a informações de veículo, informações de condutor, resultado de Recurso de Infração, Certidão Negativa de Multa, emissão da Certidão de Condutor, validar documentos, Certidão de Propriedade, consulta a valores e taxas de serviços e extrato de multa do Detran.

Todos os serviços relacionados acima podem ser feitos 24 horas por dia, sem a necessidade de deslocamento do usuário a qualquer unidade da Autarquia.

Serviço suspenso

Considerando a proibição da utilização do sistema biométrico, estabelecida no artigo 4° do Decreto Estadual n° 416 de 20/03/2020, o Detran-MT informa que mantém a suspensão dos serviços de primeira habilitação e renovação da CNH.

Deliberação Contran

Para efeitos de fiscalização de trânsito, o Detran-MT está atendendo à deliberação n° 185 de 19 de março de 2020 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) sobre a ampliação e a interrupção de prazos de processos e de procedimentos dos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito e às entidades públicas e privadas prestadoras de serviços relacionados ao trânsito.

Veja Também:  Comandante geral da PM se reunirá com lideranças comunitárias da Capital

O documento leva em consideração as ações do Governo Federal no sentido de adotar medidas de proteção para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus, bem como a urgente necessidade de se evitar a aglomeração de pessoas nos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito e nas entidades públicas e privadas prestadoras de serviços afetos ao trânsito.

Medidas já aplicadas

Fica ampliado para 18 meses, inclusive para os processos administrativos em trâmite, o prazo para que o processo de habilitação do candidato permaneça ativo no órgão ou entidade executiva de trânsito dos Estados e do Distrito Federal.

Ficam interrompidos, por tempo indeterminado, os prazos para apresentação de:

– Vencimento das infrações (defesa da autuação);

– Recursos de multa;

– Defesa processual e recursos de suspensão do direito de dirigir e de cassação do documento de habilitação;

– Identificação do condutor infrator (transferência de pontuação);

– Transferência de propriedade de veículo adquirido desde 19/02/2020;

– Emplacamento dos veículos;

-Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 19/02/2020, valendo também para a Permissão para Dirigir (PPD).

Fonte: Assessoria

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

MT tem cerca de 500 respiradores para atender pacientes graves de coronavírus, diz secretário

Publicado

Por Denise Soares, G1 MT

MT tem cerca de mil leitos com 500 respiradores — Foto: Reprodução/TV TEM

MT tem cerca de mil leitos com 500 respiradores — Foto: Reprodução/TV TEM

Mato Grosso tem cerca de mil leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com aproximadamente 500 respiradores para atender os pacientes graves com infectados com coronavírus (Covid-19).

O número foi divulgado nesta sexta-feira (3) pelo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, durante entrevista coletiva.

Segundo Gilberto, o Ministério da Saúde prevê que, no mínimo, 50 % das unidades públicas de saúde tenham os equipamentos para atender pacientes.

“O numero de leitos é suficiente para atender os pacientes agravados pelo coronavirus”, declarou o secretário.

Primeira morte em Mato Grosso

O primeiro paciente diagnosticado com o novo coronavírus em Mato Grosso morreu na manhã desta sexta-feira, em Lucas do Rio Verde, na região norte do estado.

Números no estado

Destes, 25 são em Cuiabá, cinco em Rondonópolis, quatro em Várzea Grande, três em Sinop, dois em Tangará da Serra, um em Nova Monte Verde e esse outro em Lucas do Rio Verde, desse paciente que morreu.

Dos pacientes com diagnóstico da doença em MT, 14 estão internados, sendo que nove na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Fonte: G1 MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana