conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Integrantes de facção criminosa que cobrava ‘mensalidade’ de membros são alvos de operação

Publicado

Por G1 MT

 operação 'Lama Vermelha' — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

operação ‘Lama Vermelha’ — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Vinte e sete integrantes de uma facção criminosa suspeita de crimes de homicídios, tráfico de drogas, roubos e furtos, e organização criminosa são alvos da operação ‘Lama Vermelha’, deflagrada nas primeiras horas desta quinta-feira (21) em Campo Verde, a 139 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, o grupo criminoso detinha o monopólio da venda de drogas no município, as chamadas biqueiras ou bocas de fumo, e cobrava mensalidade dos membros.

Para a operação foram expedidos 54 mandados judiciais, sendo 27 prisões temporárias e 27 buscas e apreensão domiciliar.

Do total de mandados de prisão, 18 foram expedidos para cumprimento em Campo Verde (área urbana e rural) e 9 em outras cidades sendo elas: Cuiabá (1 na Penitenciária Central do Estado), Chapada dos Guimarães (2), Rondonópolis (3 presos e 1 solto) e Barra do Garças (1).

A investigação iniciou em outubro de 2018, após descoberta de uma grande célula da facção criminosa, que estava agindo a mando de lideranças presas em unidades prisionais do Estado de Mato Grosso.

De acordo com a Polícia Civil, a ‘célula criminosa’ de Campo Verde está dividida em posições hierárquica seguindo um ‘estatuto’ da facção criminosa, cada um executando atividades específicas em benefício do funcionamento da organização.

Os chamados ‘conselheiros’ são as lideranças locais, seguido dos ‘disciplinas’ (membros responsáveis por aplicar sanções àqueles que descumprissem o estatuto), os ‘espelhos’ (substitutos legais) e na base estão os ‘soldados’ e ‘colaboradores’, aqueles que executam os crimes diretamente.

A organização criminosa, para assegurar seu território, teria cometido, ao menos, 4 homicídios.

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Criança de 5 anos se afoga em piscina e é reanimada pela avó em Tangará da Serra

Publicado

A imagem pode conter: piscinaUm caso de afogamento foi registrado na tarde desta sexta-feira, 12, em Tangará da Serra, e quase terminou em tragédia, não fosse a ação rápida e insistente da avó da vítima, uma criança de apenas 5 anos de idade.

O fato foi registrado na Rua 19 (Neftes de Carvalho), região do Jardim do Sul.
De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, a criança estava com a avó em casa. Num momento de descuido, a mulher foi cuidar de afazeres domésticos e a criança caiu em uma piscina.

A avó agiu rápido, pegou a criança e começou a fazer massagem cardíaca e respiração boca a boca na vítima, que já estava desacordada, reanimando-a.

Nisso, o Corpo de Bombeiros foi acionado e, chegando ao local, encontrou a avó reanimando a criança, que foi encaminhada à UPA 24 Horas.

Segundo relatos do Corpo de Bombeiros, se a avó não tivesse agido rápido, fazendo a massagem cardíaca e a respiração boca a boca, a criança poderia ter morrido, já que ela estava, inclusive, boiando na piscina.
A criança, segundo informações, passa bem.

Veja Também:  Comerciante e funcionário fogem de sequestro-relâmpago após ladrões pararem em posto de pedágio em Diamantino

Por Notícias De Arenapolis E Região

Fonte: Tangará em Foco e AtualMt

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Traficante atira contra policiais e morre durante troca de tiros

Publicado

Nenhuma descrição de foto disponível.Policiais Civis e Militares, realizaram na noite do último sábado 13/07 a operação PROGRESSÃO II, com objetivo de combater o tráfico ilícito de drogas e demais crimes ocorrido na cidade de Lucas do Rio Verde.

No intuito de obter resultados positivos na operação, os policiais optaram por realizar a operação em locais já conhecidos pela polícia como ponto de venda de drogas.

Bairros como Tessele Júnior, Veneza e Rio Verde e Jardim das Palmeiras foram atendidos pela operação, onde várias pessoas em situações suspeitas foram abordadas.

No bairro Jardim das Palmeiras, mais precisamente na rua Medianeira, os policiais deram voz de parada ao suspeito Vinicius Pereira dos Santos, de 20 anos, sendo que o suspeito não obedecdu e comecou a fugir efetuando disparos em direção dos policiais, na sequência, pulou para dentro do cemitério efetuando novos disparos.

Durante o confronto com os policiais, o suspeito foi alvejado e encaminhada ao hospital de Lucas do Rio Verde, mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Veja Também:  Justiça decreta prisão preventiva de homem suspeito de matar e enterrar namorada e a ex-mulher

Com o suspeito foi encontrado um revólver cal. 38 cano longo com seis munições, quantidade significativa de maconha e R$ 36,00 (trinta e seis reais)

Segundo a policia, o suspeita ja possui registro pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e homicidio doloso.

*APREENSÕES:
01 Revólver Cal.38,
06 munições;
R$ 36,00 ( trinta e seis reais )
Quantidade de maconha.

Por notícias de Arenápolis e Região

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana