conecte-se conosco


Esportes

Irônico, Felipão responde sobre marcas negativas: “Vejo com bons olhos”

Publicado

Terra

O Palmeiras não vence há cinco jogos e não conseguiu uma virada sequer nesta terceira passagem de Luiz Felipe Scolari pelo clube, o que o treinador “vê com bons olhos”. Questionado sobre as estatísticas negativas que marcam a atual fase alviverde, o técnico foi irônico.

“Vejo com bons olhos. Com tudo negativo, fomos campeões ano passado. Imagine se tivesse algo positivo. Se for tudo negativo e formos campeões de novo, ótimo”, afirmou.

O Alviverde não ficava cinco jogos sem conseguir uma vitória desde fevereiro de 2016, quando Marcelo Oliveira amargou uma série de resultados negativos e acabou demitido no mês seguinte.

Para ser campeão novamente, como disse Felipão, será necessário recuperar a liderança no Campeonato Brasileiro ou avançar na Copa Libertadores. Na pausa para a Copa América, o Verdão ostentava três pontos de vantagem e liderava o torneio nacional. Agora, é o segundo colocado, dois atrás do Santos e com o Flamengo na cola.

Recordes positivos, como os 33 jogos sem perder no Brasileirão, e os 11 jogos seguidos sem sofrer gols no Allianz Parque também caíram. Nesta terça-feira, o Palmeiras pode até chegar ao sexto jogo consecutivo sem vitória e ainda assim avançar às quartas de final da Copa Libertadores (em caso de empate sem gols ou por 1 a 1). A bola rola contra o Godoy Cruz a partir das 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque.

Veja Também:  Internado em Paris por conta de uma infecção, Pelé recebe a visita de Neymar

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Brasil vence China na final do vôlei feminino e conquista tri nos JMM

Publicado

País conta com jogadoras da seleção principal para derrotar anfitriãs

DA AGÊNCIA BRASIL

O Brasil faturou mais uma medalha de ouro na manhã de hoje (22) – já são ao todo sete – com a vitória da seleção feminina de vôlei sobre as donas da casa por 3 sets a 1, nos Jogos Mundiais Militares (JMM), na cidade de Wuhan, na China.

Esta é a terceira vez que o Brasil conquista o título dos JMM: a primeira foi em 2011, no Rio de Janeiro, e depois em 2015, na Coréia do Sul, nesta edição com vitória também sobre as chinesas. Derrotada hoje (22), a China ficou com a prata, e a Coreia do Norte com o bronze.

A equipe brasileira abriu o placar ao vencer o primeiro set por 25 a 23. Em quadra, destaque para quatro jogadoras com passagens pela seleção principal, como as ponteiras Amanda Juliana Francisco,  Elen Braga, Sonaly Cidrão e a líbero Sassá.

No segundo set, as chinesas reagiram e devolveram o placar de 25/23, igualando o placar. A partida seguiu acirrada, e o Brasil voltou a vencer no terceiro set, novamente por 25/23 e depois manteve do domínio do jogo no quarto set: ganhou 25/19, selando a vitória em 3 sets a 1, resultado que garantiu o tricampeonato verde e amarelo.

Veja Também:  Goleiro Jean, do São Paulo, desabafa em rede social e reclama de Mancini

As maiores pontuadoras foram Elen Braga (20 pontos), Amanda Juliana Francisco (19) e Sonaly Cidão (17).Também fentraram em quadra hoje Mayahara Silva (nove pontos), Valquíria Dullius (sete), Mariana Casemiro, Priscila Heldes, Angélica Malvinegro,  e Welissa Gonzaga.

Apenas nesta terça-feira (22) o Brasil conquistou 15 medalhas (sete ouros, três pratas e cinco bronzes). Ocupa  a terceira posição no quadro geral de medalhas com um 41 (dez ouros, 13 pratas e 18 bronzes), atrás da líder China com 94 (54 ouros, 25 pratas e 15 bronzes) e da Rússia, segunda colocada, com 76 medalhas (27 ouros, 24 pratas e 25 bronzes).

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Internacional acerta com Zé Ricardo até o fim do ano

Publicado

Acerto foi concretizado na tarde desta segunda-feira e o novo treinador comanda equipe na reta final do Brasileirão

Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!

DO TERRA NOTICIAS

Após admitir que o Internacional poderia contratar um técnico ‘tampão’ até a reta final da temporada, a diretoria acertou a chegada de Zé Ricardo, que recentemente deixou o comando do Fortaleza.

Sem sucesso na vinda de Eduardo Coudet, a diretoria do Colorado agiu nos bastidores e preferiu a chegada de um profissional que possa treinar o time nas rodadas finais do Brasileirão e colocar o clube na Libertadores.

Inicialmente, a ideia era deixar Colbacini até o término da temporada, mas a fraca atuação diante do Vasco ligou o sinal de alerta da diretoria e a busca por um substituto de Odair Hellmann foi intensificada.

Novo técnico

O último trabalho de Zé Ricardo foi no Fortaleza. O treinador chegou com a dura missão de substituir Rogério Ceni e fracassou. Após uma série de resultados ruins, ele acabou demitido.

Agora, ele tem a missão de colocar o Internacional na Liberta 2020 e acalmar o ambiente no Colorado, que anda agitado desde o vice-campeonato da Copa do Brasil.

Veja Também:  Pendurado, trio do Timão não leva cartão e poderá enfrentar o Palmeiras

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana