conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Manifestantes percorrem ruas do Centro de Cuiabá em protesto contra bloqueio de recursos para educação

Publicado

Manifestação na Praça da República em Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Manifestação na Praça da República em Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Em Cuiabá, os manifestantes se reuniram na Praça da República e depois percorrem as ruas do Centro da capital, durante o protesto contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), na tarde desta quinta-feira (30).

De acordo com os representantes da manifestação, a redução de 30% nos repasses vai afetar diretamente os projetos de pesquisas e manutenção de laboratórios, além dos serviços para manutenção dos Campus.

Manifestantes se reuniram no Centro de Rondonópolis na manhã nesta quinta-feira (30) — Foto: Lorena Segala/TV Centro América

Manifestantes se reuniram no Centro de Rondonópolis na manhã nesta quinta-feira (30) — Foto: Lorena Segala/TV Centro América

Rondonópolis

Em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, a manifestação também se concentrou na região central. Estudantes e servidores públicos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Instituto Federal (IFMT).

Além de protestarem contra o bloqueio e contra a corrupção no Brasil, os participantes se dizem a favor da educação, de incentivos e bolsas aos estudantes.

Tangará da Serra

Houve protestos também em Tangará da Serra, a 242 km da capital. Os manifestantes se concentraram na Praça da antiga prefeitura.

Participam do ato os professores da rede pública, alunos e servidores, que se dizem contra os cortes na educação federal e rede estadual.

Eles também protestam contra o governo do estado e cobram o chamamento de concursados.

Por Eunice Ramos, TV Centro América

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Veículo roubado em Tangará da Serra é recuperado pelo Gefron na fronteira com a Bolívia

Publicado

Carro havia sido roubado no dia 16 em Tangará da Serra (Imagem: Gefron/MT)

Cristiano Pires de Andrade de 35 anos foi preso pelo Grupo Especial de Fronteiras (Gefron-MT), durante patrulhamento nas imediações da cidade de Porto Esperidião. O suspeito dirigia um veículo roubado no dia 13 deste mês, em Tangará da Serra (MT).

De acordo com informações do Gefron, uma viatura realizava rondas pela região, quando avistou um veículo Renault Duster de cor prata e placa. Ao tentar realizar a abordagem, o condutor tentou empreender fuga da guarnição.

Após um acompanhamento, os policiais abordaram o condutor. Após checagem via base do GEFRON foi constatado que o carro havia sido roubado na cidade de Tangara da Serra (MT).

Em entrevista com o suspeito, informou que receberia o valor de R$ 1.500,00 para levar o veículo até o país vizinho, Bolívia. (Fonte: Agora MT)

Comentários Facebook
Veja Também:  Operação das forças de segurança prende traficante em Campo Novo
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Estado discutirá construção de cadeia feminina nessa semana em Tangará da Serra

Publicado

Cadeia feminina está desativada 

Está agendada para a próxima sexta-feira, dia 22 de novembro, uma reunião em Tangará da Serra que contará com a participação do secretário adjunto de Administração Penitenciária do Estado, Emanoel Alves Flores, onde será discutido o futuro da cadeia feminina do município. A reunião, que foi pleiteada pelo vereador Professor Sabastian Ramos, acontecerá no período da manhã, na Câmara Municipal.

“Agradeço ao Governo do Estado por atender nossa solicitação”, relatou o parlamentar ao Diário da Serra, ao lembrar da desativação da cadeia feminina, que aconteceu na última semana. “Essa desativação sugere a possibilidade de construção de um prédio novo para abrigar as detentas, ficando os servidores com um local melhor para trabalhar (…) O principal elemento (da antiga estrutura) era insalubridade, que era evidente não só para as detentas, mas também para os servidores que ali trabalhavam. Um fator importante nesse assunto foi a questão da cobrança da população para tirar a cadeia do centro. Era uma cobrança antiga da sociedade para a unidade sair do centro.  O problema está parcialmente resolvido, uma vez que a remoção foi feita”, disse Ramos.

Veja Também:  Novo transporte de aplicativo é criado em Tangará da Serra

Conforme o Diário da Serra já veiculou em edições anteriores, a expectativa é que um novo prédio da cadeia feminina seja construído nas proximidades do Centro de Detenção Provisória (CDP), formando assim um Complexo Penitenciário naquela região.

Rodrigo Soares / Redação DS

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana