conecte-se conosco


Política MT

Mensagem do governo sobre empréstimo será detalhada na próxima terça

Publicado

Foto: MAURÍCIO BARBANT

Lida em Plenário na sessão desta quinta-feira (21.03), a Mensagem 53/2019 – Projeto de lei 310/2019, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito externo junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD, com a garantia da União e dá outras providências, será detalhada aos deputados, na próxima reunião do Colégio de Líderes, nesta terça-feira (26.03), pelo secretário Estadual de Fazenda, Rogério Gallo e equipe técnica.

A contratação de empréstimo pelo Governo do Estado, na ordem de U$ 250 milhões, depende de aprovação da Assembleia Legislativa. Objetivo é quitar dívidas com o Bank Of American.

O presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM) disse que irá debater a proposta com os deputados antes de colocá-la em votação. Ele participou da reunião, ontem, no Palácio Paiaguás, que contou com as presenças de representantes da Secretaria do Tesouro Nacional e diretores do banco para tratar sobre o assunto.

“Vamos mostrar a eles [deputados] a importância desse empréstimo. Acredito que de cinco a dez sessões dê para aprovar esse projeto tranquilamente. Foi importante a reunião no governo porque a representante da Secretaria do Tesouro Nacional e os diretores do banco deixaram bem claro que estão abrindo as portas porque Mato Grosso aprovou os projetos importantes para o equilíbrio fiscal logo no início da gestão. Então, agora, estão estendendo a mão para o estado, e dentro de um a dois anos, quando o estado estiver com nota melhor, poderão abrir novos financiamentos para Mato Grosso”, explicou Botelho.

Veja Também:  Rezende quer programa de videomonitoramento compatível ao utilizado pelo governo de MT

O líder do governo, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) explicou que a proposta vai gerar R$ 783 milhões de economia. “Até 2022 a dívida total corrigida é de R$ 1,037 bilhão. O estado consegue com o Banco Mundial financiamento com custo menor, saindo do juros de 5% para 3,5%, prolonga sua dívida e paga menos do que teria que pagar até 2022. É um grande negócio para Mato Grosso e teve a presença do Tesouro Nacional para avalizar o governo do estado”, destacou Dal Bosco.

Durante a reunião, o governador Mauro Mendes garantiu que a iniciativa dará fôlego aos cofres públicos. “Representa um alívio no fluxo de caixa permitindo que em quatro anos tenhamos uma economia de quase R$ 800 milhões e essa economia será importante para o equilíbrio fiscal e, principalmente, para ajudar a quitar uma enorme cadeia de fornecedores que estão em atraso por inadimplência de Mato Grosso”, concluiu.

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Governo conclui restauração da MT-235 e avança na execução de melhorias inclusive Barra do Bugres

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), concluiu os serviços de restauração de 75 quilômetros da MT-235, em Campo Novo do Parecis (distante 404 km de Cuiabá).  A restauração faz parte do pacote de melhorias realizadas nos municípios da região Oeste de Mato Grosso para assegurar a qualidade da malha rodoviária.

Na MT-235 foram realizados serviços de restauração no trecho que vai do entroncamento da MT-249 até Campo Novo do Parecis. Outros municípios importantes da região, que também são contemplados com melhorias, são Tangará da Serra, Denise e Barra do Bugres.

Tangará da Serra

No município, os serviços seguem a topo vapor nas rodovias MT-358 e MT-480, principalmente.  Na MT-358 está em andamento a restauração do asfalto no trecho que liga Tangará da Serra a Itanorte, totalizando 96 quilômetros.

Obra de restauração entre Tangará da Serra e Itanorte

Além disso, está sendo realizado o serviço de manutenção na MT-358, no trecho que vai de Tangará da Serra até a Ponte Rio Paraguai, em Barra do Bugres. Em toda a extensão desse trecho são realizados serviços de tapa-buraco, roçada e limpeza.

Veja Também:  Deputado Valmir Moretto se manifesta contra fechamento de delegacias em MT: "não podemos retroceder"

Também está sendo executada a restauração e recuperação ambiental de 53,34 quilômetros da MT-480, no trecho que liga Tangará da Serra ao entroncamento da BR-364, no Distrito de Deciolândia. Nesse trecho as melhorias são realizadas em parceria com a Associação dos Produtores da Rodovia MT-480.

Denise

Já no munícipio de Denise, é realizada a restauração da rodovia MT-343, no trecho que vai do Distrito de Assari até Arenápolis, em uma extensão de 58,1 quilômetros.

Restauração do Distrito de Assari até Arenápolis

Barra do Bugres 

Já no município vizinho, Barra do Bugres, a restauração é feita na MT-246, partindo da ponte sobre o Rio Currupira até chegar no trevo de Jangada.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, os serviços são fundamentais para dar segurança a quem transita por essas estradas estaduais, além de fomentar o desenvolvimento das regiões Oeste e Médio-Norte do Estado, conhecida por sua grande produção agrícola.

“Além da restauração, uma obra importante que está sendo feita é a interligação da MT-246 com a MT-070, em Cáceres, que é a ligação de Barra do Bugres através da MT-343.  Com a restauração e o asfalto novo vamos poder interligar toda essa importante região saindo desde lá da BR-364. Um importante ganho para o Estado”, explicou o secretário.

Veja Também:  Silvio Fávero quer isenção de Guia de Trânsito Animal às APAE’s
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Deputados poderão remanejar recursos de emendas impositivas para combate ao coronavírus em Mato Grosso

Publicado

Proposta de Max Russi foi acrescida a Lei no 10.986, que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária.

FOTO: Christiano Antonucci / SECOM-MT

Emendas parlamentares impositivas poderão ser remanejadas para as ações de saúde, durante o combate ao coronavírus em Mato Grosso.  A mudança do cronograma de utilização dos recursos faz parte de uma proposta, apresentada pelo deputado Max Russi (PSB) e que foi acatada pelo Governo do Estado. A nova medida agora passa a ser lei, conforme publicação do Diário Oficial desta segunda-feira (18).

Na prática, a intenção do novo texto acrescido à Lei no 10.986 de 05 de novembro de 2019, que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2020, será garantir o investimento prioritário nos trabalhos de enfrentamento a pandemia.

O deputado Max Russi reforçou o argumento de que esse é momento em que a união de todos os parlamentares e a classe política, como um todo, se torna mais do que essencial. “Todos podemos nos esforçar para que mais recursos cheguem a quem mais precisa e precisamos desta sensibilidade.”, complementou.

Veja Também:  Obra no aeroporto de Tangará da Serra impulsionará economia do médio-norte

Max Russi esclarece que as emendas atualmente são impositivas, no entanto tem vinculação em percentuais com diversas áreas, como educação, cultura e esporte. O deputado defende a abertura de novas unidades de terapia intensiva (UTIs) nos hospitais, devido ao aumento exponencial dos casos da covid-19 no estado, e uma atenção efetiva para o social, principalmente quanto ao atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade.

“Tenho acompanhado os relatórios da Secretaria de Estado de Saúde e vejo um crescimento muito grande no número de contaminados. Os impactos negativos já estão acontecendo, de todas as formas, principalmente no campo social. Reforço a tese de que neste momento ainda podemos prevenir, para que a nossa saúde não entre em colapso, abrindo novos leitos de UTI, enfim, fazendo o que for necessário e possível para que possamos trazer segurança e tranquilidade às famílias mato-grossenses”, finalizou.7

Fonte: Assessoria

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana