conecte-se conosco


Mato Grosso

MT é o estado com maior número de queimadas no 1º semestre e índice é 40% superior que o mesmo período de 2018

Publicado

Queimadas aumentam no estado — Foto: Corpo de Bombeiros-MT/ DivulgaçãoMato Grosso foi o estado com o maior número de queimadas registradas entre janeiro e junho deste ano, segundo o Instituto Nacional de esquisas Espaciais (Inpe). As altas temperaturas e a baixa umidade do ar aumentam os riscos de queimadas no estado.

Conforme os dados do Inpe, foram registrados 6.450 focos de queimadas, em Mato Grosso, resultando em um aumento de 47% se comparar ao ano passado.

A grande massa de ar seco ainda domina as condições de tempo na maioria dos municípios. Nesta semana, em Cuiabá, a umidade relativa do ar oscila entre 21% e 59% até sexta-feira (5).

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o recomendado para a saúde é um nível em torno de 60%.

 Na sexta-feira, há possibilidade de chuva em algumas regiões e a chegada de uma frente fria que pode registrar mínima de 13°C na capital. Com isso, a qualidade do ar deve apresentar melhoras.

Uma forte neblina tomou conta de alguns trechos próximos a Cuiabá e Várzea Grande, na BR-364, e alguns pontos ao sul da BR-163, na manhã desta terça-feira. No entanto, o sol deve predominar no restante do dia.

Foram registrados 6.450 focos de queimadas — Foto: Corpo de Bombeiros-MT/ Divulgação

Foram registrados 6.450 focos de queimadas — Foto: Corpo de Bombeiros-MT/ Divulgação

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Tangará da Serra está cada vez mais perto de ganhar uma escola militar

Publicado

Escola militar possui disciplina diferenciada (Imagem: Internet)

Tangará em Foco –  Alexandre Rolim

Uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) visitará Tangará da Serra nos próximos dias com o objetivo de analisar as escolas estaduais da cidade e emitir um documento indicando qual delas é mais viável para receber uma escola de disciplina cívico-militar.

O anúncio foi feito pelo tenente-coronel Wendel Soares Sodré, comandante do 7º Comando Regional de Tangará da Serra, nesta terça-feira, 18.

Segundo ele é um passo importante para a consolidação do projeto, que é um anseio da comunidade tangaraense.

“Foi autorizado o estudo de viabilidade para a transformação de uma das escolas estaduais já existentes na cidade em uma Escola Tiradentes”, disse.

O coronel está confiante e sua expectativa é de que tudo se efetive ainda no primeiro semestre de 2020 e que as matrículas na escola cívico-militar comecem já em julho.

“Isso foi prometido pelo secretário adjunto, o Allan [Porto], essa equipe vai vir estudar qual a escola mais viável, o recurso que vai ser necessário e aportado na escola para poder iniciar o processo seletivo de profisisonais e tudo se efetivando, começar as matrículas até o mês de julho”, falou.

Veja Também:  Ipem se reaproxima do mercado com ações preventivas

O coordenador da Assessoria Pedagógica da Seduc em Tangará da Serra, Saulo Scariot, confirmou a informação ao Tangará em Foco. Ele disse que está tudo acertado para a equipe técnica do Estado vir a cidade nos próximos dias, mas a data precisa ainda não foi definida. “Eles ficaram de agendar, mas ainda não obtive resposta. Estou no aguardo”, disse.

Ele não soube adiantar quais escolas serão vistoriadas.

O Tangará em Foco apurou que os prédios das escolas estaduais Pedro Alberto Tayano (Vila Esmeralda) e Bento Muniz (Jardim Santiago), e a nova escola do Altos do Tarumã são alguns dos focos do projeto.

O vereador Claudinho Frare comemorou a notícia. “Desde que assumi como vereador tenho defendido isso, a escola militar tem sido uma das minhas bandeiras. A gente torcia para que fosse construída uma nova escola, para também ampliar as vagas para os alunos, mas fazendo a instalação em um prédio já existente também é de grande importância, é um avanço para nosso município”, destacou.

Veja Também:  Força Tática prende suspeito e encontra dinheiro do tráfico de droga em colchão

Fonte: Tangará em Foco –  Alexandre Rolim

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Justiça determina o afastamento de vereador

Publicado

Rodrigo Lemes de Paula (Pros) foi afastado e está proibido de acessar as dependências do Legislativo e do Executivo

Política

G1 MT 

A Justiça determinou na segunda-feira (17) o afastamento do Vereador presidente da Câmara de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá, Rodrigo Lemes de Paula (Pros), do cargo. Ele é acusado de improbidade administrativa por irregularidades na reforma do prédio da Câmara. A reportagem não conseguiu contato com o parlamentar.

O parlamentar também está proibido de acessar as dependências do Legislativo e do Executivo.

O afastamento foi pedido em janeiro deste ano pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), que ingressou com uma ação civil pública contra o vereador.

A medida, de acordo com o MP, é necessário porque há indícios de que Rodrigo estivesse tentando atrapalhar as investigações contra ele. O auditor nomeado para apurar os atos de improbidade administrativa denunciou perseguição, retaliação e outras formas de abuso de autoridade por parte do vereador.

No pedido de afastamento, o MP afirma que “Rodrigo Lemes de Paula promove medidas retaliatórias desta estirpe, constrangendo frontalmente e usurpando ilegalmente as atribuições do servidor público que é a principal testemunha a ser ouvida acerca da conduta irregular dele”.

Veja Também:  Força Tática prende suspeito e encontra dinheiro do tráfico de droga em colchão

Fonte: G1 MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana