conecte-se conosco


Mato Grosso

MT Prev comemora 10 anos de aposentadoria digital apresentando novos desafios para 2020

Publicado

Julia Oviedo | Secom-MT

Cerimônia de comemoração dos 10 anos da aposentadoria digital em MT, com a presença do Secretário Mauro Carvalho e Presidente do MT Prev. Elliton O de Souza – Foto por: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Cerimônia de comemoração dos 10 anos da aposentadoria digital em MT, com a presença do Secretário Mauro Carvalho e Presidente do MT Prev. Elliton O de Souza

O Mato Grosso Previdência (MT Prev) comemorou nesta segunda-feira (02.12) 10 anos de criação do sistema de aposentadoria digital do Estado em uma solenidade que reuniu autoridades e servidores, no Palácio Paiaguás. Mato Grosso foi pioneiro na implantação do sistema, em 2009, ganhando notoriedade e chegando a ser premiado pelo Ministério do Planejamento um ano depois, na Espanha.

Esta trajetória foi relembrada pelo diretor-presidente do MT Prev, Elliton de Oliveira Souza, durante a cerimônia. O gestor lembrou também que antes do sistema digital, um servidor esperava em média até um ano para se aposentar, tempo este que reduziu, podendo levar de 15 a 90 dias.

“Antigamente o servidor entrava com um pedido de aposentadoria com um processo físico que tramitava nas secretarias. Se tinha algo de errado, ele era devolvido para fazer os ajustes e uma vez que era feito o ato de aposentadoria, demorava ainda mais um tempo para ele saber que o ato havia sido publicado. Hoje este ato leva 15 minutos. Então a aposentadoria digital passou a ser uma revolução no meio previdenciário”, relembrou Elliton.

Veja Também:  Unemat divulga gabarito preliminar do Vestibular

A digitalização economizou tempo e recursos, demonstrando resultado: a taxa de retorno dos processos, antes de 70%, caiu para 3,1%, de acordo com levantamento da Controladoria Geral do Estado (CGE).

Como forma de reconhecimento, o diretor-presidente do MT Prev concedeu uma homenagem à equipe de Concessão de Aposentadoria, representada pelos  servidores da autarquia: Érico Almeida, Danielle Castro e Kaliane Saturnino.

Governo Digital

O MT Prev também apresentou os novos projetos que devem ser implantados até o segundo semestre de 2020, que preveem a digitalização de serviços como a aposentadoria por invalidez, a pensão por morte, a certidão por tempo de contribuição e a informatização de laudos médicos.

Este modelo foi defendido pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que na oportunidade apresentou um modelo que já está sendo adotado pela Pasta para a informatização dos processos.

“Este é o exemplo que queremos seguir não só no MT Prev, mas em todo o Estado. Nós iniciamos com a Casa Civil um sistema de software federal, que vai eliminar os papeis para a gente digitalizar todo o nosso presente e a partir daí começar a ver todo o nosso passado”, pontuou Carvalho.

O secretário ainda parabenizou os servidores envolvidos na previdência estadual lembrando do “legado” do qual estes são responsáveis. “Se a gente for avaliar o MT Prev em todos estes anos foi uma das poucas repartições que pouco ruído deu junto à sociedade. Isso prova o quanto vocês estão envolvidos com a carreira e o quanto isso tem feito diferença na vida das pessoas”, finalizou Mauro Carvalho.

Veja Também:  Secretaria de Saúde realiza pagamento de verbas destinadas a municípios e ao Samu

Nova marca

Na ocasião, o diretor-presidente do MT Prev também apresentou a marca que representa o novo desafio da autarquia como unidade gestora única da previdência de todos os servidores estaduais, entre eles o Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública. A marca foi desenvolvida pela Secretaria Adjunta de Comunicação (Secom), da qual Elliton agradeceu o empenho.

“Nós entendemos que é um novo tempo para o MT Prev, consolidando-se como unidade gestora única, não somente para administrar a aposentadoria dos servidores do Executivo, mas estamos avançando para administrar a aposentadoria de todos os servidores públicos de Mato Grosso. E nada melhor do que a gente construir uma nova marca do qual contemple essa identidade contemplando todos os poderes”, disse o gestor.

Aposentadoria digital

Os servidores que possuem os requisitos para aposentadoria (cumprimento de tempo de contribuição e idade) podem solicitar o serviço por meio do disque-servidor 0800 647-3633.

No ato da solicitação, o servidor deve estar munido de documentos pessoais como CPF, matrícula, endereço atualizado, e-mail e telefones para contato. Além disso, é necessário que o servidor que queira obter informações sobre a sua vida funcional, como seu tempo de serviço, procure a gestão de pessoas do seu órgão de origem.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Mais de 1,2 mil pessoas privadas de liberdade fazem Enem nesta terça e quarta

Publicado

Modalidade é chamada de Enem PPL e oferece a oportunidade tanto para adultos quanto jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade

Nara Assis | Sesp-MT

Recuperandos da PCE têm aulas nos períodos matutino, vespertino e noturno – Foto por: Christiano Antonucci / Secom-MT

Recuperandos da PCE têm aulas nos períodos matutino, vespertino e noturno

A | A

Nesta terça-feira e quarta-feira (10.12 e 11.12), 1.218 pessoas privadas de liberdade em Mato Grosso fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sendo 1.166 do Sistema Penitenciário e 52 adolescentes do Sistema Socioeducativo. Esta modalidade é chamada de Enem PPL e oferece a oportunidade tanto para adultos quanto jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Do Penitenciário, estão inscritos 1.166 reeducandos de 39 unidades penais. Este número é 13% maior que o do ano passado, que registrou 1.028 inscrições. O objetivo é viabilizar a avaliação do desempenho escolar ao final da Educação Básica e o acesso à Educação Superior, além de contribuir para elevar a escolaridade da população prisional.

De acordo com dados do Núcleo de Educação nas Prisões (NEP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), o Sistema Penitenciário possui atualmente 3.904 reeducandos matriculados no Ensino Básico de Mato Grosso, e 16 cursando o Ensino Superior.

Veja Também:  Mutirão Fiscal negocia débitos de R$ 118,5 milhões de contribuintes em atraso

Atualmente, 673 pessoas privadas de liberdade estão aptas a concorrerem às vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), Programa Universidade para Todos (Prouni), entre outras instituições que ofertam graduação. O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC), por meio do qual as instituições públicas oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

A coordenadora do NEP, pedagoga Fabiana Flávia de Magalhães Nascimento, explica como é feito o encaminhamento dos aprovados. “O quantitativo de matriculados é acompanhado a cada chamamento das universidades públicas e fazemos a sensibilização dos diretores e responsáveis pedagógicos das unidades, para a efetivação da matrícula no curso em que a pessoa foi aprovada”.

No Socioeducativo, os 114 adolescentes em conflito com a lei estudam, sendo que 52 estão aptos a fazerem o Enem. A coordenadora de Atendimento Socioeducativo, Anna Marcia Cunha, frisa que o acompanhamento continua quando algum dos inscritos ganha liberdade na véspera. “Na semana da data da prova a Gerência do Egresso entra em contato, reforçando sobre a importância de fazer as provas”.

Veja Também:  Unemat divulga gabarito preliminar do Vestibular

Ao longo do ano, os jovens fazem quatro simulados com questões objetivas no formado das provas do Exame Nacional, abrangendo todas as disciplinas. Além disso, dentro da disciplina de Língua Portuguesa há o reforço em noções de redação.

Sobre o Enem PPL

Desde 2011, o Enem PPL é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

As provas têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação dentro de unidades prisionais, incluindo penitenciárias, cadeias públicas, centros de detenção provisória e instituições de medidas socioeducativas. A aplicação ocorre sempre em data posterior ao Exame regular e em dias úteis.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Papai Noel da Arena Encantada visita pacientes do Hospital Estadual Santa Casa

Publicado

A vista ajuda na autoestima dos pacientes. – Foto por: Equipe do HESC

A vista ajuda na autoestima dos pacientes.

Carlos Celestino | Secom-MT

Os pacientes internados no Hospital Estadual Santa Casa foram surpreendidos, na manhã desta terça-feira (10.12), com a chegada do Papai Noel da Arena Encantada. O velhinho preferido das crianças participou de um café da manhã, percorreu os corredores da unidade, visitou os pacientes internados, entregou presentes e levou magia e amor às crianças e aos adultos internados.

A programação foi organizada em parceria com o grupo de apoiadores “Companhia do Sorriso”, que realiza visitas mensais à unidade. No hospital, a figura mágica do velhinho, conhecido por levar amor às pessoas e proporcionar sorrisos, contribui significativamente no quadro de melhora dos pacientes em fase de recuperação – fato comprovado por especialistas.

“A chegada do Papai Noel proporciona aos pacientes um momento lúdico, com árvore de natal, música e entrega de presentes. Toda essa ação fortalece e contribui para o tratamento, uma vez que o paciente está debilitado, então isso traz uma motivação e alegria, promovendo a melhora de todos os pacientes, principalmente das crianças”, explicou a diretora da unidade, Danielle Carmona.

Veja Também:  Secretaria de Saúde realiza pagamento de verbas destinadas a municípios e ao Samu

Além da atividade realizada, a direção do Hospital Estadual se prepara para oferecer aos pacientes, no próximo do dia 23 de dezembro, uma segunda visita do Papai Noel. “Já temos essa nova data e esperamos levar ainda mais alegria aos pacientes nesta véspera de Natal”, confirmou a diretora.

O novo hospital presta atendimentos aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), via Central de Regulação, nas áreas de Oncologia (tratamento de câncer), Hemodinâmica, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, Pediátrica e Neonatal, Pronto Atendimento Infantil, cirurgias pediátricas e cirurgia geral.

Serviço

O Hospital Estadual Santa Casa fica localizado na Rua Clóvis Hugueney, número 141, no bairro Dom Aquino, próximo à Praça do Seminário.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana