conecte-se conosco


Policial

Operação em presídio de MT retira freezer, ventiladores e até microondas; celas não terão mais energia

Publicado

A operação de reforma e limpeza que está sendo feita na Penitenciária Central do Estado (PCE) já retirou ventiladores, microondas e até freezers de dentro das celas em que estavam os reeducandos. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante, na última quinta-feira (15). O episódio gerou o temor de que um novo ‘salve geral’ [série de atentados contra o Estado] pudesse ocorrer em Cuiabá, a exemplo de 2016.

“É uma operação necessária. Precisamos dar a limpeza, faxina adequada. Tem muita coisa lá dentro. Não vou dizer quem colocou ou quando, mas vamos retirar. Tinha muito freezer, equipamentos que a lei não permite. Até microondas foi retirado”, disse o secretário.

Segundo Bustamante, como a unidade é antiga, as tomadas são internas nas celas, o que deverá mudar com a reforma. “Retiramos os ventiladores e agora vamos fixá-los nas paredes. Todas as tomadas serão externas. Vamos retirar toda a energia de dentro das celas em que estão os reeducandos”.

Além disto, o secretário ainda pontuou que um acumulado de panos, que prejudicam a saúde dos detentos também está sendo retirado. Um balanço deverá ser divulgado pela pasta apenas no fim da operação.

Veja Também:  Feridos em acidentes com caminhões reduz 57% durante Operação Safra

A operação de reforma na Penitenciária Central do Estado foi iniciada na segunda-feira (12) e estão sendo realizadas mudanças nas celas, pinturas e retirada de produtos que estão em desconformidade com o Manual de Procedimento Operacional Padrão do Sistema Penitenciário.

Além da reforma, a operação de revista geral tem o objetivo de fortalecer as ações de enfrentamento a crimes que possam ser cometidos dentro da unidade penal, além de se antecipar a possíveis atos delituosos.

Durante esta semana estão suspensas as visitas aos reeducandos, assim como o atendimento a advogados e defensores públicos. Apenas as escoltas emergenciais, em caso de saúde, serão realizadas.

A operação é realizada apenas na Penitenciária Central do Estado, não sendo estendida a nenhuma outra unidade no interior ou mesmo na Capital.

Entre os materiais em excesso que estão sendo retirados, segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindspen), estão televisores, ventiladores, prestobarba, sanduicheiras e outros eletrodomésticos. “É uma limpa. O excesso atrapalha o trabalho de revista dentro da unidade. É até uma questão de saúde, temos um número alarmante de doenças infectos contagiosas”, disse a presidente do Sindspen, Jacira Maria da Costa.

Veja Também:  200 quilos de maconha são apreendidos em trabalho integrado entre PF e PM de MT e GO

Ameaça

Áudios que circulam pelas redes sociais apontam para a possibilidade de um novo ‘salve geral’ em Cuiabá. As mensagens começaram a circular na última terça-feira (13), após um limpa ser feito dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), com o objetivo de fortalecer as ações de enfrentamento a crimes que possam ser cometidos dentro da unidade penal, além de se antecipar a possíveis atos delituosos. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou que os envolvidos serão responsabilizados criminalmente.

Com informações do Olhar Direto

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

PC prende acusados de furtos de baterias na Usina de Nova Olímpia

Publicado

A Polícia Civil de Nova Olímpia elucidaram um caso de furto de baterias de 150 amperes ocorrido nas Usinas Itamarati (Uisa), recuperando o produto do furto e conduzindo os suspeitos à Delegacia de Polícia.

Segundo informou, os investigadores da Delegacia de Nova Olímpia tomaram ciência do furto de várias baterias de 150 amperes na Usina de Álcool e Açúcar localizada no município. Após trabalho de investigação, foi possível localizar 13 baterias furtadas sendo que os autores do fato já estavam revendendo os produtos do furto.

Sete suspeitos foram presos em flagrante e a autoridade autuou os mesmos pelos crimes de furto e receptação.

Os objetos recuperados estão avaliados no valor de R$ 13 mil aproximadamente.

 A Delegacia de Nova Olímpia alerta as pessoas para que não comprem produtos com origem duvidosa ou preços abaixo do valor de mercado para que você não esteja fomentando essas ações criminosas, além de também  poder responder criminalmente por receptação.

 

Veja Também:  Caminhonete E Caminhão Se Envolvem Em Grave Acidente Em Campo Novo Do Parecis

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

Polícia Civil de Barra do Bugres elucida crime de Fiminicídio e suspeito é preso

Publicado

O crime de Feminicídio, foi registrado  no dia 16.05.2020, no Município de Barra do Bugres/MT.

No dia dos fatos, a vítima VANESSA estava em frente à sua casa, conversando com familiares, quando o autor, que era seu ex-companheiro, chegou, pilotando uma motocicleta. Nesse momento, o homem pegou VANESSA pelo braço e a levou para os fundos da casa. Logo em seguida, a vítima gritou, dizendo que havia sido esfaqueada, próximo ao pescoço, costas e braços, sendo que o autor saiu correndo.

Entretanto, enquanto os familiares acionavam o Socorro Médico, o autor retornou ao quintal e desferiu novos golpes de faca em VANESSA, vindo a matá-la no local.

Após, o autor se evadiu do local dos fatos, para se furtar à aplicação da Lei Penal.

No entanto, Equipe de Políciais Civis da Delegacia de Barra do Bugres/MT, assim que tomaram conhecimento do crime, iniciaram diligências, notadamente, em Municípios vizinhos a fim de localizar o criminoso, mas não foi possível encontrá-lo no dia.

Diante das informações, o Delegado de Barra do Bugres/MT, Renato Resende, que estava de plantão, representou pela prisão preventiva do autor, sendo que, prontamente, o poder Judiciário deferiu o pedido.

Veja Também:  Motoristas embriagados são presos na primeira noite de carnaval em Juína

Na tarde desta Terça-feira (19.05.2020), o autor foi se apresentar na Delegacia de Tangará da Serra/MT, distante 70 Km de Barra do Bugres/MT. Na ocasião, o Delegado Renato Resende, antes de interrogá-lo, deu-lhe voz de prisão, pela prática do crime de Feminicídio, previsto no Art. 121,§ 2ª, VI do CP.

Segundo investigações, o casal estava separado de fato, desde o mês de novembro de 2019 e tinham três filhos.

De acordo com o Delegado Renato Resende, mais uma vez, agradeço à nossa Equipe de Investigadores, que não mediram esforços para a resposta rápida e elucidação por completo do crime de Feminicídio ocorrido no último final de semana, disse o Delegado.

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana