conecte-se conosco


Policial

Operação integrada prende 36 autores de delitos criminais em oito municípios

Publicado

Resultado de imagem para Operação integrada prende 36 autores de delitos criminais em oito municípiosTrinta e seis pessoas foram presas durante a “Operação Manaki Avem” no município de Tangará da Serra (a 242 km a Médio Norte de Cuiabá). Do total de prisões, 29 foram em flagrante delito. A ação repressiva e preventiva foi deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e aconteceu também nas cidades de Brasnorte, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Nova Olímpia, Denise, Barra do Bugres e Porto Estrela.

Foram presos suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas, homicídios, roubos e receptação. A operação, que começou no dia 01º de agosto e seguiu até o dia 04 do mesmo mês, empregou mais de 460 profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Politec.

Nos quatro dias de operação, as forças de segurança cumpriram 18 mandados de busca e apreensões, sete mandados de prisões, internação cautelar e prisão temporária. Ao todo, 2.414 pessoas e 1.118 veículos foram abordados, 48 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados pelo Corpo de Bombeiros Militar e quatro armas foram apreendidas.

Veja Também:  Ação liderada por Virginia Mendes arrecada mais de R$ 100 mil para instalação do Plantão 24 horas

“Temos deflagrado operações não só nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, mas também em outras Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), que abrange as 141 cidades do Estado. Nosso foco tem sido trabalhar em frentes ostensivas e repressivas para impedir o avanço da criminalidade”, ressalta o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM, Victor Fortes.

A operação foi batizada de Manaki Avem, que em tupi significa “pássaro tangará”.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Suspeito de envolvimento em roubo a casa de parlamentar é trazido do Acre para MT

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso recambiou para o estado o suspeito de envolvimento no assalto à casa de uma deputada estadual, ocorrido no mês de dezembro, na Capital. O suspeito do crime foi preso na cidade de Epitaciolândia, região sul do Acre, no dia 8 de janeiro, e estava custodiado temporariamente na Capital, Rio Branco.

A prisão foi efetuada com apoio da Polícia Civil do Acre, que colaborou para o cumprimento do mandado relativo à Operação Judas Iscariotes conduzida pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá.

A polícia acreana também deu apoio operacional durante a condução do suspeito até a capital do estado e no transporte para a remoção a Cuiabá.

O roubo à casa da deputada estadual Janaína Riva ocorreu na madrugada de 24 de dezembro quando dois homens invadiram a residência da parlamentar no bairro Santa Rosa, na capital. Conforme relato das vítimas, os homens conseguiram abrir o portão eletrônico e seguiram para o quarto do casal, agindo com agressividade e truculência e apontando as armas. Foram levados da casa joias, celular e dinheiro.

Veja Também:  Acusado de matar o pai é autuado em flagrante na DHPP

Durante as investigações presididas pelo delegado Guilherme Fachinelli, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos da capital, foram identificadas mais cinco pessoas envolvidas no crime, das quais três tiveram os mandados cumpridos durante a Operação Judas Iscariotes. Outras quatro foram presas em flagrante no dia do crime.

O suspeito preso no Acre foi encaminhado a uma unidade prisional de Cuiabá e permanecerá à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Criminoso armado com faca se passa por passageiro e assalta ônibus em Assari

Publicado

Bem Notícias

Um ônibus que fazia linha de Barra do Bugres a Tangará da Serra foi alvo de assalto na noite desta quinta-feira (15) no Distrito de Assari em Barra do Bugres.

 Armado, o criminoso se passou por passageiro e rendeu as vítimas ameaçando com uma faca. O crime aconteceu por volta das 19h30. Após conseguir roubar os celulares, o suspeito fugiu tomando rumo ignorado. A Polícia Militar de Nova Olímpia foi acionada e uma das vítimas comunicou que a localização do aparelho identificava que o suspeito estaria no Distrito de Assari. De posse das informações, a equipe em diligência localizou um homem com as características denunciadas pelas vítimas, em atitude suspeita. Foi realizada a abordagem, e em verificação à mochila, os policiais encontraram os aparelhos roubados, e uma farda da PM, também entre os pertences do criminoso.

O material foi apreendido pelos militares e encaminhado a Delegacia de Nova Olímpia. O homem acabou preso em flagrante e deverá ser autuado por roubo, desobediência e resistência.

 

 

Veja Também:  Projetos Sociais da PJC marcam presença na abertura das atividades do Clube de Desbravadores

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana