conecte-se conosco


Policia Federal

Operação Malaco investiga assalto a agência dos Correios na Paraíba

Publicado

Cabedelo/PB – A Polícia Federal deflagrou hoje (24/2) a Operação Malaco, que visa dar suporte à investigação que apurou roubo à agência dos Correios. O assalto aconteceu em março de 2017, na cidade de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba. Durante o assalto, duas mulheres foram baleadas dentro da agência.

A operação da Polícia Federal contou com a participação da Polícia Militar do Estado da Paraíba, tendo sido cumprido um mandado de prisão em desfavor do suspeito de ter cometido o crime. Além desse crime, o suspeito já possui condenações à prisão por atuação em outros delitos.

                                Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba                                     Contato:  (83) 3269.9305

*** Malaco: Indivíduo que geralmente não trabalha e vive dando golpes.

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Também:  Acesse a nova página da Agência de Notícias
publicidade

Policia Federal

PF combate furto de veículos e carga em Minas Gerais

Publicado

Belo Horizonte/MG – Na manhã de hoje, 21/3, a Polícia Federal, com o apoio da Polícia Militar de Minas Gerais, deflagrou a Operação “Carga Suja II”, com o objetivo de desmantelar associação criminosa que atuava no furto/roubo de cargas e veículos na região de Congonhas e Conselheiro Lafaiete/MG.

Foram cumpridos três mandados judiciais de prisão preventiva e sete de busca e apreensão, além do bloqueio das contas bancárias dos investigados.

Os investigados responderão pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa, cujas penas podem superar 10 anos de reclusão.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Também:  Acesse a nova página da Agência de Notícias
Continue lendo

Policia Federal

Operação Big Jhow investiga esquema de moeda falsa pelas redes sociais

Publicado

Cachoeiro de Itapemirim/ES – A Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje (13/3) um mandado de prisão preventiva e dois mandados de busca (um deles em Ponta Porã/MS), relacionados à venda de moeda falsa via Facebook, Whatsapp e outras mídias sociais.

O principal investigado utilizava as redes sociais para anunciar a venda de moeda falsa. Ele já havia sido preso anteriormente pela Polícia Federal devido à prática do mesmo tipo de delito e responde a ação penal perante a Seção Judiciária de Cachoeiro de Itapemirim. Foram colhidos diversos elementos de prova indicando que, mesmo após ser solto sob liberdade provisória e respondendo a ação penal, o investigado continuava praticando o comércio de moeda falsa.

Foram apreendidos documentos e equipamentos de informática, que serão analisados a fim de apurar a identidade de todos os que adquiriram cédulas falsas do investigado.

Ao crime em questão é cominada pena de reclusão de 03 a 12 anos (art. 289 do Código Penal).

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Também:  Operação Onipresente investiga contratação irregular em Salto do Céu/MT
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana