conecte-se conosco


Mato Grosso

Plantão Fiscal presencial e telefônico tem horário de atendimento alterado nesta sexta-feira (10)

Publicado

Lorrana Carvalho | Sefaz-MT

– Foto por: Secom/MT

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) informa aos contribuintes que nesta sexta-feira (10.01) o atendimento presencial na Agência Fazendária de Cuiabá será feito das 13h às 16h. A alteração ocorre devido a uma capacitação que será ministrada aos atendentes do Plantão Fiscal, no período matutino.

Os atendentes do Plantão Fiscal Telefônico (3617-2900) também serão capacitados. Para esses servidores, o treinamento será em horário integral, portanto, o call center da Sefaz não irá funcionar nesta sexta-feira. O atendimento volta ao normal na próxima segunda-feira (13.01), a partir das 7h.

A Sefaz ressalta que a capacitação dos atendentes é essencial e visa a melhoria do atendimento ao público, para que este seja realizado de forma mais célere e eficaz. A alteração nos horários não vai afetar o atendimento ao contribuinte, que pode se dirigir a outra unidade fazendária ou acessar o Sefaz para Você, disponível no site da Sefaz.

O Sefaz para Você é um sistema de atendimento disponibilizado aos contribuintes onde é possível registrar uma solicitação, por meio de um ticket que é gerado. Este ticket é direcionado a um atendente que avalia e responde pontualmente as dúvidas do cidadão.

Veja Também:  Decreto de calamidade e incentivos fiscais: veja cinco medidas adotadas por Mauro Mendes em 2019

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Condutor mata pedestre atropelada e foge sem prestar socorro em Nova Olímpia

Publicado

A vítima, uma mulher de 33 anos, não resistiu aos ferimentos

Polícia

Um atropelamento com vítima fatal foi registrado por volta das 23 horas do último sábado, 25, na saída do município de Nova Olímpia. Rosilene de Souza Ribeiro, de 33 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A princípio, o boletim de ocorrência consta o crime como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Entretanto, o delegado da Polícia Judiciária Civil, Adil Pinheiro de Paula, informou que a polícia investiga o acidente, uma vez que o causador omitiu socorro.

“Uma senhora que, infelizmente, já tinha histórico de uso de drogas, uso de bebida alcoólica, ao que parece estava cambaleando pela estrada na saída de Nova Olímpia e foi atropelada. O motorista não parou, não prestou socorro. A polícia ainda vai apurar se há culpa ou não desse motorista, foi requisitada a perícia”, explicou.

A Politec esteve no local e realizou perícia. Segundo o delegado, as marcas deixadas pelos pneus dão conta de que se tratava de um veículo um pouco maior, possivelmente um caminhão-baú.

Veja Também:  Governo anuncia ordem de serviço para retomada e início de 114 obras nas estradas de MT

“Não é um caminhão grande, mas também não é um carro. Esse veículo estava vindo sentido Nova Olímpia para Tangará. Ele pode ter seguido para várias cidades, Arenápolis, Tangará da Serra, enfim”, disse, ao pedir que caso alguém tenha informações sobre veículos com a característica e que apresentem algum amassamento no assoalho, que informe a Polícia Civil via 197.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mutirão do janeiro roxo é sucesso em Tangará da Serra

Publicado

Em apenas duas horas, cinco casos haviam sido detectados

Paulo Desidério / Redação DS

Ação ocorreu no Posto Central

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra promoveu no último sábado, 25, o mutirão do Janeiro Roxo, campanha em menção ao Dia Mundial de Combate a Hanseníase, celebrado no último domingo de janeiro.

Como forma de possibilitar otimização no atendimento, o mutirão realizado no Posto Central atraiu bom número de pessoas. Gicelly Zanatta, coordenadora de atenção básica do município, lembrou que o estado de Mato Grosso é um dos campeões em índices da doença e que Tangará da Serra conta com um número considerado alto de casos.

“O nosso município é um dos municípios do estado que é endêmico, que tem grande quantidade de casos. A gente tem mensalmente em torno de 100 pacientes tratando, então é uma quantidade significativa, mas a gente tem muitos que não procuram e às vezes o próprio familiar descobriu que está com a doença e não fala, principalmente pelo preconceito. O que a gente quer deixar claro através da campanha é que hanseníase tem cura e que o preconceito também”, disse.

Veja Também:  Solteiras e desempregadas são as maiores vítimas de violência doméstica em Cuiabá

O mutirão aconteceu das 08h00 ao meio-dia. Para se ter ideia, em apenas duas horas de mutirão, cinco casos foram diagnosticados.

“As pessoas ouviram o chamado, o apelo, perceberam que tinha alguma coisa diferente e vieram procurar tratamento”, explica.

Aqueles que não puderam comparecer neste mutirão, devem procurar as unidades de saúde para realização de exames.

“Podem procurar qualquer unidade básica de saúde, para fazer o agendamento, passar por consulta com médico, com enfermeira da unidade. Na dúvida, podem até procurar o Posto Central, mas aí tem que fazer agendamento”, pontuou a coordenadora.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana