conecte-se conosco


Mulher

Quer um jardim vertical em casa? Veja 6 opções que estão bombando no Pinterest

Publicado

Adicionar plantas e flores à decoração ajuda não só a deixar os locais mais bonitos, mas também mais saudáveis e agradáveis. Afinal, estudos comprovam que elas podem influenciar no bem-estar e na qualidade do ar. Para quem deseja trazer todos esses benefícios para dentro de casa, uma das sugestões é optar por um jardim vertical
.


Quer montar um jardim vertical em casa? Algumas opções estão bombando no Pinterest;  confira seis ideias e inspire-se
Reprodução/Pinterest

Quer montar um jardim vertical em casa? Algumas opções estão bombando no Pinterest; confira seis ideias e inspire-se

Para ajudar nas inspirações na hora de montar um jardim vertical
, o Pinterest apresenta seis tendências que estão bombando no momento. De grades metálicas e prateleiras de madeira a uma parede totalmente verde,  a promessa é de que essas ideias funcionam muito bem em qualquer tipo de ambiente. Confira e veja qual lhe agrada mais:

1. Grade metálica


A grande metálica é um exemplo de jardim vertical que pode ser usado dentro de casa, como vemos nas opções acima
Reprodução/Pinterest

A grande metálica é um exemplo de jardim vertical que pode ser usado dentro de casa, como vemos nas opções acima

A estrutura de metal e a de madeira permitem pendurar os vasos com diversas espécies sem que o ambiente fique muito carregado e o visual seja prejudicado. Além disso, esse tipo de jardim pode ser bastante funcional.

Na sala, por exemplo, pode ser usado como objeto de decoração ou para deixar o sofá separado de outro móvel. Já na cozinha, em um modelo mais simples, dá para elaborar uma mini-horta para ter os temperos sempre à mão na hora de preparar as refeições.

2. Suporte de madeira


Para ter um jardim vertical em casa, uma das alternativas é utilizar um suporte de madeira para colocar as plantas
Reprodução/Pinterest

Para ter um jardim vertical em casa, uma das alternativas é utilizar um suporte de madeira para colocar as plantas

A madeira é um dos materiais utilizados na hora de construir um jardim vertical. De diferentes tamanhos, as plantas ajudam a deixar o ambiente mais agradável. Alguns modelos podem ocupar mais espaço e, por isso, vale pensar antes o local em que a estrutura será colocada. 

Veja Também:  Sonho de ser mãe: em oito anos, mulher gasta R$ 277 mil em fertilização in vitro

3. Parede verde


Ao escolher montar uma parede verde para ter um jardim vertical, é preciso ter alguns cuidados. Especialista dá dicas
Reprodução/Pinterest

Ao escolher montar uma parede verde para ter um jardim vertical, é preciso ter alguns cuidados. Especialista dá dicas

A “green wall” – que, em português, significa parede verde – é um dos tipos mais clássicos de jardim vertical que está entre as tendências apresentadas pelo Pinterest. Ao escolher essa opção, a boa notícia é que dá para fazer com que a superfície escolhida fique parecendo uma verdadeira floresta.

Em entrevista prévia ao Delas
, o paisagista João Jadão, da Planos e Plantas, explica que é preciso ter cuidado com a escolha das espécies
. De acordo com o profissional, elas precisam ter bastante volume para esconder os vasos, e o jardim ficar exuberante. 

Além desses ponto, é importante ponderar bem o local em que as plantas
vão ficar instaladas. Dessa forma, é possível usar blocos pré-moldados feitos exatamentes para isso, recuos na parede, em que os vasos ficam alojados, ou, ainda, posicionados bem perto um do outro e próximos a um ponto de água. 

O paisagista ainda recomenda optar pela irrigação automática. Isso porque essa opção garante que todas as plantas recebam uma quantidade uniforme de água, além de poupar trabalho, tempo e evitar o desperdício. 

4. Prateleira de madeira


A prateleira de madeira é outra opção na hora de montar e estruturar um jardim vertical
Reprodução/Pinterest

A prateleira de madeira é outra opção na hora de montar e estruturar um jardim vertical

Apesar da parede verde dar um toque especial e marcante à decoração da casa, o morador, nem sempre, precisa optar por algo que seja tão grandioso. Opções mais simples e delicadas também são bem-vindas. É o caso das espécies menores – como cactos, hortaliças e até mesmo as suculentas – para enfeitar alguma parte da casa e deixá-la ainda mais especial. Os vasos decorados também dão um charme a mais.

Veja Também:  Pelo filho, mulher de 61 anos vira barriga de aluguel e dá à luz sua neta

5. Arara


Em mais uma ideia, o modelo de arara também é bem-vindo para ter um jardim vertical . Deixe-as bem presas
Reprodução/Pinterest

Em mais uma ideia, o modelo de arara também é bem-vindo para ter um jardim vertical . Deixe-as bem presas

Para dar um toque diferente e fora do tradicional, dá para usar também as plantas penduradas em uma arara. É importante tomar cuidado com o peso de cada uma delas para que acidentes não aconteçam. Opte pelas mais leves e deixe-as bem presas para que não caiam. A estrutura pode ser do metal e, ainda, com sua cor natual ou colorida. Caberá ao morador decidir o estilo que mais lhe agradar.

6. Carrinho


Os carrinhos com os vasos podem ser levados para diversos locais da casa. Além disso, o jardim vertical fica diversificado
Reprodução/Pinterest

Os carrinhos com os vasos podem ser levados para diversos locais da casa. Além disso, o jardim vertical fica diversificado

Os carrinhos com as plantas são bem úteis e bem-vindos na hora de decorar os ambientes. Para quem quiser, dá para alternar os tamanhos e as formas dos vasos, para que o visual fique diversificado e elegante. Outro ponto positivo é que, por conta das rodinhas, é possível mover a estrutura para todos os cantos e, assim, fazer com a peça passe por vários locais da casa. Gostou da ideia? Inspire-se nessas imagens do Pinterest.

Sugestões de plantas e dicas para a construção de um jardim vertical


Laura Lopes, arquiteta e sócia da Arqsol, indica espécies e traz mais dicas para construir um jardim vertical corretamente
shutterstock

Laura Lopes, arquiteta e sócia da Arqsol, indica espécies e traz mais dicas para construir um jardim vertical corretamente

É preciso atenção na hora de escolher as espécies. As orquídeas, em geral, são fáceis de cuidar, se adaptam a diferentes ambientes e não precisam ser regadas com frequência. Segundo Laura Lopes, arquiteta e sócia da Arqsol,  vale apostar também nas suculentas, bromélias, samambaia, árvore da felicidade ou beijinho – também conhecida como maria-sem-vergonha.

Outras opções são chifre-de-veado, ripsális, peperomia columeias e barba-de-serpente. “Para que o jardim
fique bonito, compre as plantas já no tamanho adequado. Não espere elas crescerem. E prepare-se para a manutenção”, alerta a especialista.

Quando a planta ficar feia – ou seja, com a folhagem seca, faça as substituições. Coloque uma da mesma espécie e que esteja bonita no lugar. Só assim o local ficará sempre em ordem e não prejudicará a decoração.

Já para quem não tem tempo de cuidar, a solução é apostar nas artificiais. “Existem técnicas de preservação de flores naturais que ficam exatamente iguais. Funcionam bem para que os jardins fiquem sempre bonitos e para quem não quer ter trabalho com a constante manutenção”, diz.

Por fim, além do jardim vertical
, que bomba no Pinterest
, a especialista ainda ensina um truque para dar um ar de natureza a ambientes sem sol ou ventilação: colocar quadros com imagens de folhas na parede ou prateleiras. “Para criar harmonia, escolha mais de um quadro com folhas diferentes e coloque-os juntos”, sugere a arquiteta.

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Deputados de MT apresentam moção de repúdio e protesto contra ‘Lei Neymar da Penha’

Publicado

Por encaminhamento da Câmara Setorial Temática de Combate à Violência Contra a Mulher da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, os deputados Janaina Riva (MDB) e Wilson Santos (PSBD) apresentaram moção de repudio e protesto contra o teor do Projeto de Lei 3369/2019, proposto pelo deputado Federal Carlos Jordy (Vice-líder do Governo) batizado de “Lei Neymar da Penha”.

“É importante frisar que essa moção atinge tão somente o teor do projeto, não alcançando suas características constitucionais, uma vez que o deputado federal, que foi legitimamente eleito, possui a prerrogativa de propor ações legislativas, as quais eu a Câmara Temática defendemos. O repúdio se dá na ação midiática que, sem contextualizar e fazer o devido resgate histórico, modifica sem critérios técnicos, um dispositivo criminalizador e, no caso específico, afeta muito o tema”, explica a deputada.

Segundo Janaina, o PL ‘Neymar da Penha’ visa aumentar a penalidade para quem faz falsas acusações de crimes contra a dignidade sexual, porém, vale ressaltar que, em regra, os delitos contra a dignidade sexual e agressões não costumam possuir testemunhas já que geralmente praticados pelo agressor contra a vítima a sós. Para ela o projeto dificulta e desencoraja ainda mais as mulheres vítimas a denunciarem os agressores.

Veja Também:  Horóscopo do dia: previsões para 4 de abril de 2019

“A mulher que é vítima de qualquer agressão, seja ela moral, física ou sexual geralmente tem muita dificuldade em denunciar o agressor justamente pelo julgamento e pela dificuldade de provar. E é por isso que palavra da vítima possui grande valor, quando analisada com o conjunto probatório. A mulher vítima de violência percorre um difícil caminho, até chegar à penalização do autor. Algumas acabam sendo revitimizadas, com os julgamentos sociais, com a mídia e, também, com o sistema de justiça. Não é possível permitir a inversão dos papéis, pois a legislação deve ser o principal canal a evidenciar a real vítima e o verdadeiro agressor. A cultura do estupro é percebida sempre na culpabilização e objetificação da vítima e neste sentido esse projeto de lei contraria ao que o país vive na atualidade, no que diz respeito ao enfrentamento e combate à violência contra as mulheres, máxime, a sexual”, afirma.

A deputada lembra ainda que a Lei Maria da Penha é o instrumento mais importante do País no enfrentamento à violência no âmbito doméstico e familiar, merecendo ser reconhecida nacionalmente, como é fora do Brasil. Segundo ela, a moção de repúdio e protesto se dá também ao desrespeito à Maria da Penha, mulher que dá nome à Lei e precisou recorrer às cortes internacionais para que o autor das sucessivas agressões que sofreu fosse punido, justamente por não encontrar amparo da legislação brasileira.

Veja Também:  Mulher flagra cuidadora amamentando seu bebê; veja riscos da amamentação cruzada

“É de grande preocupação da Câmara Temática de Combate à Violência Contra a Mulher a forma desrespeitosa com que Maria da Penha Fernandes, que deu nome à Lei Maria da Penha, está sendo tratada no momento, passando, também, pela revitimação. O Brasil recebeu como recomendação internacional que a Lei 11.340\2006 fosse conhecida como Lei Maria da Penha, justamente para homenagear essa mulher vítima de violência doméstica que o País não havia dado o merecido tratamento quando sofreu as agressões. Apelidar o PL 3369\2019, de “Lei Neymar da Penha” é ofender à todas as mulheres brasileiras indistintamente. Esse projeto oferece ameaça às mulheres vítimas de estupro, que por anos a fio sofreram invisibilidade e julgamento com as discriminações e preconceitos vivenciados”, finaliza.

Assessoria de Imprensa

Jornalista Laura Petraglia – Audiovisual Jardel Silva

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Convidados querem levar 8 pessoas à casamento e web reage: “Não é um churrasco”

Publicado

Imagina só você convidar um casal para seu casamento e depois eles “informarem” que vão levar mais oito pessoas com eles? Esses noivos passaram por isso, e a situação viralizou nas redes sociais.

Leia também: Noiva sugere que madrinha grávida faça aborto para não “estragar casamento”


casamento
Reprodução/The Sun

Casal convidado para um casamento decide levar mais 8 pessoas com eles e internautas reagem: “Não é um churrasco”


O caso foi compartilhado no Facebook e chamou a atenção dos internautas. “Um casal foi convidado para o casamento
e eles decidiram chamar outras 8 pessoas!”, diz a postagem.

Os noivos
entregaram o convite e pediram para o casal em questão responder “gentilmente até 15 de abril de 2019” quantas pessoas da família iriam à cerimônia, e eles apontaram que “10 pessoas vão comparecer”.

Leia também: Mulher planeja cerimônia e envia convites antes mesmo do pedido de casamento

Na parte em branco, a dupla ainda especifica: “Seis adultos, quatro crianças”. Além disso, eles levantaram a hipótese de uma 11ª pessoa também ir ao evento.

Veja Também:  Mulher morre após cinco horas seguidas de sexo intenso

Na web, a publicação gerou diversos comentários. “É um casamento, não é churrasco”, escreve um internauta. “Eu ligaria para eles e diria ‘não’. Se as outras pessoas fossem convidadas, elas teriam recebido um convite
”, opina outro.

Leia também: Noiva “surfa” na multidão depois de casamento e cena viraliza nas redes sociais

Uma usuária da rede social compartilhou história semelhante que ela viveu ao ter convidados surpresas na festa de casamento
. “Tiveram a coragem de reclamar do bolo (nós tínhamos feito um muito pequeno, só para nós)”, conta.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana