conecte-se conosco


Mulher

Sonha em ter cabelo volumoso? Veja 5 truques básicos que são infalíveis

Publicado

Ter um cabelo volumoso e hidratado todos os dias é um sonho de consumo para a maior parte das pessoas, certo? Apesar disso, todo mundo já viveu aquele “bad hair day”, em que o seu cabelo fica oleoso, sem brilho e volume — o que também o deixa totalmente sem vida. 

Leia também: Receitas caseiras práticas para deixar os cabelos hidratados em 15 minutos


Existem alguns truques simples que são recomendados por profissionais e podem te ajudar a ter um cabelo volumoso
shutterstock

Existem alguns truques simples que são recomendados por profissionais e podem te ajudar a ter um cabelo volumoso


Se você estiver passando por isso e quer muito encontrar uma forma de deixar o seu cabelo volumoso
, brilhante e bonito, tenha calma! Antes de mais nada é preciso explicar que os fios podem ficar sem volume por uma série de razões: serem muito finos, falta de manutenção no corte, queda e até o jeito que você lava. Geralmente, este tipo de cabelo acaba sendo mais oleoso, porque o couro cabeludo fica mais exposto à sujeira e ao sol.

Porém, existem alguns truques
que são infalíveis para melhorar essa situação e, além de tudo, são tão simples que vão afetar pouco a sua rotina de beleza e de cuidados com os fios . O  Delas
conversou com alguns especialistas no assunto para dar dicas práticas para fazer em casa e te ajudar a driblar esse problema; confira abaixo: 

Dica para ter um cabelo volumoso #1: Lave corretamente


Lavar o cabelo corretamente pode ser essencial para ter cabelo volumoso, pois o condicionador pode deixar os fios oleosos
shutterstock

Lavar o cabelo corretamente pode ser essencial para ter cabelo volumoso, pois o condicionador pode deixar os fios oleosos


“Parece bobeira, mas muita gente não lava os fios
de maneira adequada. Além disso, estamos acostumadas a associar a lavagem dos fios à diversos fatores, mas não ao volume”, comenta Daniela Albuquerque, hairstylist do Jacques Janine Fashion Mall.

A dica da profissional é usar o shampoo para ensaboar apenas as raízes e deixar a espuma espalhar pela extensão dos fios naturalmente. Depois, enxágue o produto e aplique o condicionador, mas apenas no comprimento do cabelo. Segundo a especialista, os produtos hidratantes aplicados nas raízes deixam os fios oleosos.

Veja Também:  Mulher usa camisinha com vinagre para limpar torneira e mostra resultado na web

“Evite também lavar os fios todos os dias, pois esse hábito faz com que não apenas a sujeira vá embora, mas também a camada protetora dos fios”, afirma. Além disso, é importante usar os produtos certos para trazer muitos benefícios para seu cabelo. Procure usar  shampoos sem sulfato, silicones e parabenos
 e que sejam específicos para seu tipo de cabelo. 

Dica para ter um cabelo volumoso #2: Seque os fios de cabeça para baixo


Dá para usar o secador para ter um cabelo volumoso, mas a dica é secar os fios enquanto você está de cabeça para baixo
shutterstock

Dá para usar o secador para ter um cabelo volumoso, mas a dica é secar os fios enquanto você está de cabeça para baixo


“Esta dica é super simples de seguir e exige apenas um produto: o bom e velho secador. Basta inclinar a cabeça para baixo e direcionar o ar da raiz até as pontas”, comenta o hairstylist Rudi Werner, do Werner Coiffeur. Segundo ele, esse é um dos truques vai garantir que você fique com um cabelo volumoso e com movimento. 

Nesse caso, a dica para usar um bom protetor térmico no comprimento dos fios antes de secá-los com o secador. Além de ajudar a proteger dos efeitos do ar quente, esse produto ajuda a manter a hidratação natural. Porém, é preciso tomar cuidado para não deixar o cabelo pesado e com aspecto oleoso — o que, automaticamente, tira o volume. 

Dica para ter um cabelo volumoso #3:  Renove o corte


Procurar um novo corte pode te ajudar a ter um cabelo volumoso, principalmente se a alternativa é fugir do corte reto
shutterstock

Procurar um novo corte pode te ajudar a ter um cabelo volumoso, principalmente se a alternativa é fugir do corte reto

Segundo especialistas, quem sofre com fios sem volume não pode cortar o cabelo reto. Assim, o corte mais indicado para estes casos é em camadas, com o efeito de mechas “partidas”. “O corte em camadas é democrático, combina com qualquer tipo de rosto e comprimento de cabelo”, comenta Rudi.

Veja Também:  Noiva tem linda surpresa ao ver recado da mãe morta em seus sapatos de casamento

Vale lembrar que o efeito do corte dura em torno de dois a três meses, portanto é importante manter essa rotina para garantir o cabelo volumoso e saudável. Dependendo da necessidade do seu fio, a ida para o salão também pode servir para manter um  cronograma de hidratação
e reconstrução. Porém, converse com um profissional para não sobrecarregar os fios. 

Dica para ter um cabelo volumoso #4: Faça um coque úmido


Fazer um coque enquanto os fios ainda estão úmidos pode ser a solução para um cabelo volumoso e com ondas naturais
shutterstock

Fazer um coque enquanto os fios ainda estão úmidos pode ser a solução para um cabelo volumoso e com ondas naturais


Prender o cabelo logo depois da lavagem está entre os truques que fazem toda a diferença para um cabelo volumoso. A dica, nesse caso, é retirar todo o excesso de umidade com uma toalha e fazer um coque no alto da cabeça. Deixe secar naturalmente e, então, solte. O resultado serão pontas onduladas, além de um volume natural. 

“Você também pode contar com a ajuda de um secador. Faça o coque normalmente, mas ao invés de deixá-lo secar naturalmente acelere o processo com um bico difusor”, comenta a especialista do Jacques Janine Fashion Mall. Se essa for a sua escolha, não esqueça de aplicar aquele mesmo protetor térmico que foi mencionado anteriormente. 

Dica para ter um cabelo volumoso #5: Vá de aplique


Os apliques podem te ajudar a dar um cabelo volumoso sem muito esforço, principalmente para alguns eventos especiais
shutterstock

Os apliques podem te ajudar a dar um cabelo volumoso sem muito esforço, principalmente para alguns eventos especiais


Para os casos em que a falta de volume é muito grande ou em situações esporádicas, como um dia de evento onde você quer investir em um penteado mais elaborado, vale a pena aderir ao aplique de cabelo. Inclusive, existem  diversas opções
, desde as mais práticas e que podem ser feitas em casa, até aquelas que só devem ser aplicadas por profissionais. 

“As versões de tic-tac são boas opções, pois podem ser colocadas em casa mesmo e retiradas na hora que desejar. A aplicação dura menos de cinco minutos. Vale muito a pena quando quiser fazer um super coque no topo da cabeça ou para fazer um babyliss e ficar com cabelos como os das modelos”, explica Daniela Fiszpan, estilista de acessórios de cabelo.

Apesar dos apliques serem uma solução para manter o  cabelo volumoso
 com pouco esforço, é preciso utilizá-los com cuidado e, também, manter uma rotina de manutenção para não deixar as pontas secas e o comprimento com frizz. Qualquer dúvida, consulte um especialista! 

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Deputados de MT apresentam moção de repúdio e protesto contra ‘Lei Neymar da Penha’

Publicado

Por encaminhamento da Câmara Setorial Temática de Combate à Violência Contra a Mulher da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, os deputados Janaina Riva (MDB) e Wilson Santos (PSBD) apresentaram moção de repudio e protesto contra o teor do Projeto de Lei 3369/2019, proposto pelo deputado Federal Carlos Jordy (Vice-líder do Governo) batizado de “Lei Neymar da Penha”.

“É importante frisar que essa moção atinge tão somente o teor do projeto, não alcançando suas características constitucionais, uma vez que o deputado federal, que foi legitimamente eleito, possui a prerrogativa de propor ações legislativas, as quais eu a Câmara Temática defendemos. O repúdio se dá na ação midiática que, sem contextualizar e fazer o devido resgate histórico, modifica sem critérios técnicos, um dispositivo criminalizador e, no caso específico, afeta muito o tema”, explica a deputada.

Segundo Janaina, o PL ‘Neymar da Penha’ visa aumentar a penalidade para quem faz falsas acusações de crimes contra a dignidade sexual, porém, vale ressaltar que, em regra, os delitos contra a dignidade sexual e agressões não costumam possuir testemunhas já que geralmente praticados pelo agressor contra a vítima a sós. Para ela o projeto dificulta e desencoraja ainda mais as mulheres vítimas a denunciarem os agressores.

Veja Também:  Mulheres inspiradoras: coreógrafa ensina sobre autocuidado através da dança

“A mulher que é vítima de qualquer agressão, seja ela moral, física ou sexual geralmente tem muita dificuldade em denunciar o agressor justamente pelo julgamento e pela dificuldade de provar. E é por isso que palavra da vítima possui grande valor, quando analisada com o conjunto probatório. A mulher vítima de violência percorre um difícil caminho, até chegar à penalização do autor. Algumas acabam sendo revitimizadas, com os julgamentos sociais, com a mídia e, também, com o sistema de justiça. Não é possível permitir a inversão dos papéis, pois a legislação deve ser o principal canal a evidenciar a real vítima e o verdadeiro agressor. A cultura do estupro é percebida sempre na culpabilização e objetificação da vítima e neste sentido esse projeto de lei contraria ao que o país vive na atualidade, no que diz respeito ao enfrentamento e combate à violência contra as mulheres, máxime, a sexual”, afirma.

A deputada lembra ainda que a Lei Maria da Penha é o instrumento mais importante do País no enfrentamento à violência no âmbito doméstico e familiar, merecendo ser reconhecida nacionalmente, como é fora do Brasil. Segundo ela, a moção de repúdio e protesto se dá também ao desrespeito à Maria da Penha, mulher que dá nome à Lei e precisou recorrer às cortes internacionais para que o autor das sucessivas agressões que sofreu fosse punido, justamente por não encontrar amparo da legislação brasileira.

Veja Também:  Mulher usa camisinha com vinagre para limpar torneira e mostra resultado na web

“É de grande preocupação da Câmara Temática de Combate à Violência Contra a Mulher a forma desrespeitosa com que Maria da Penha Fernandes, que deu nome à Lei Maria da Penha, está sendo tratada no momento, passando, também, pela revitimação. O Brasil recebeu como recomendação internacional que a Lei 11.340\2006 fosse conhecida como Lei Maria da Penha, justamente para homenagear essa mulher vítima de violência doméstica que o País não havia dado o merecido tratamento quando sofreu as agressões. Apelidar o PL 3369\2019, de “Lei Neymar da Penha” é ofender à todas as mulheres brasileiras indistintamente. Esse projeto oferece ameaça às mulheres vítimas de estupro, que por anos a fio sofreram invisibilidade e julgamento com as discriminações e preconceitos vivenciados”, finaliza.

Assessoria de Imprensa

Jornalista Laura Petraglia – Audiovisual Jardel Silva

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Convidados querem levar 8 pessoas à casamento e web reage: “Não é um churrasco”

Publicado

Imagina só você convidar um casal para seu casamento e depois eles “informarem” que vão levar mais oito pessoas com eles? Esses noivos passaram por isso, e a situação viralizou nas redes sociais.

Leia também: Noiva sugere que madrinha grávida faça aborto para não “estragar casamento”


casamento
Reprodução/The Sun

Casal convidado para um casamento decide levar mais 8 pessoas com eles e internautas reagem: “Não é um churrasco”


O caso foi compartilhado no Facebook e chamou a atenção dos internautas. “Um casal foi convidado para o casamento
e eles decidiram chamar outras 8 pessoas!”, diz a postagem.

Os noivos
entregaram o convite e pediram para o casal em questão responder “gentilmente até 15 de abril de 2019” quantas pessoas da família iriam à cerimônia, e eles apontaram que “10 pessoas vão comparecer”.

Leia também: Mulher planeja cerimônia e envia convites antes mesmo do pedido de casamento

Na parte em branco, a dupla ainda especifica: “Seis adultos, quatro crianças”. Além disso, eles levantaram a hipótese de uma 11ª pessoa também ir ao evento.

Veja Também:  3 dicas de maquiagem para arrasar no carnaval

Na web, a publicação gerou diversos comentários. “É um casamento, não é churrasco”, escreve um internauta. “Eu ligaria para eles e diria ‘não’. Se as outras pessoas fossem convidadas, elas teriam recebido um convite
”, opina outro.

Leia também: Noiva “surfa” na multidão depois de casamento e cena viraliza nas redes sociais

Uma usuária da rede social compartilhou história semelhante que ela viveu ao ter convidados surpresas na festa de casamento
. “Tiveram a coragem de reclamar do bolo (nós tínhamos feito um muito pequeno, só para nós)”, conta.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana