conecte-se conosco


Mato Grosso

Super Copa Brasil de Tênis de Mesa é declarada oficialmente aberta em Cuiabá

Publicado

Governo do Estado tem intenção de sediar outro evento nacional de tênis de mesa no próximo ano, diz secretário de esporte de MT

“Declaro oficialmente aberta a Super Copa Brasil de Tênis de Mesa Cuiabá 300 anos”, ratifica o secretário de estado de cultura, esporte e lazer de Mato Grosso, Allan Kardec, em cerimônia oficial de abertura da Super Copa Brasil Centro-Norte-Nordeste, nessa sexta-feira (27.09), no Ginásio Prof. Aecim Tocantins, em Cuiabá-MT. E a competição nacional prossegue neste sábado e domingo.

De acordo com o vice-presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), Vilmar Schindler, atualmente, a modalidade é a segunda mais praticada no mundo e tem mais de doze milhões de praticantes no Brasil, seja como forma de lazer pelo ‘Ping Pong’ ou na forma competitiva pelo ‘Tênis de Mesa’. E, ainda segundo ele, a CBTM tem mais 25 mil filiados em todos os estados brasileiros.

“A Super Copa Brasil é uma novidade e essa é sua primeira edição. Um evento que nasceu para valorizar as disputas de duplas e unificá-las com a simples. E Cuiabá foi escolhida sede por possuir boa rede hoteleira, gastronômica, turística, esportiva, um bom aeroporto e por já termos tido uma boa experiência aqui no ano passado, quando fizemos uma Copa Brasil”, avalia Vilmar Schindler.

Conforme o secretário de estado de cultura, esporte e lazer de MT, Allan Kardec, o Governo do Estado agradece pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) ter escolhido Mato Grosso como sede da Super Copa Brasil de Tênis de Mesa. E, segundo ele, o governo espera que tudo transcorra muito bem e que no próximo ano seja possível realizar uma outra e ainda maior etapa nacional.

Veja Também:  Bolsa bate recorde em dia de vitória de Moro no Senado

“Sou apaixonado pelo tênis de mesa. Em minha opinião é um esporte que agrega à família. Você vê o pai, a mãe, o filho e o sobrinho praticando tênis de mesa e isso para nós é muito importante. Quando chegou a proposta para sediarmos essa competição, eu não tive dúvidas de que poderíamos fazer. E poderíamos fazer com baixo custo para o contribuinte, pois os clubes se organizam com logística e hospedagem”, comentou o secretário de estado, Allan Kardec.

Para o secretário adjunto de esporte de Cuiabá, Edilson Odilon, a prefeitura tem uma parceria de muitos anos com a modalidade por meio da Federação Mato-grossense de Tênis de Mesa (FMTTM). E, segundo ele, por isso, a prefeitura jamais deixaria de apoiar a Super Copa Brasil, um evento que injeta investimento na cidade e ajuda a divulgar seus pontos turísticos e gastronomia para o país.

“Cuiabá ganha de inúmeras formas quando sedia eventos esportivos de nível nacional. Hoje todos os atletas tem um celular na mão. E, quando eles vão num ponto turístico da cidade, eles fotografam e colocam as fotos nas redes sociais e essas imagens vão para o mundo inteiro. Então Cuiabá ganhará muito com a divulgação da cidade”, explica o secretário adjunto do município, Edilson Odilon.

Veja Também:  Seduc promove formação inicial para gestores das escolas plenas

A cerimônia de abertura da Super Copa Brasil contou com a participação de representantes das delegações de 15 unidades federativas e do secretário geral da CBTM, Pablo Ribeiro, do presidente da Federação de Tênis de Mesa do Amazonas, Israel Barreto, da presidente da Federação de Tênis de Mesa do Rio de Janeiro, Rozeane Viana e do presidente da Federação Mato-grossense de Tênis de Mesa, Sandro José Abrão.

“Receber um evento do porte da Super Copa Brasil é muito importante para que os clubes e centros de treinamento do nosso estado possam mostrar o trabalho que desempenham. E ainda podem aferir o nível técnico dos respectivos mesa-tenistas. Temos atletas de destaque nacional, como Julia Hatakeyama e Samara Pinho da AABB Cuiabá e Enzo Matsubara do CT Morimoto. MT é reconhecido atualmente como grande potência nacional”, finaliza o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis de Mesa (FMTTM), Sandro José Abrão.

A Super Copa Brasil de Tênis de Mesa continua com programação neste sábado (28), das 08 às 21h, e neste domingo (29.09), das 08 às 15h, no Ginásio Professor Aecim Tocantins, em Cuiabá-MT. Com a participação de 15 unidades federativas e 331 inscrições de mesa-tenistas nas categorias de duplas e de simples.

Texto: Junior Martins/Especial CBTM

Fotógrafo: Junior Martins/Especial CBTM

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Em três dias, Polícia Militar captura cinco foragidos em cidades de MT

Publicado

Foragido acusado de homicídio foi capturado em Barra do Garça – Foto por: PMMT

Foragido acusado de homicídio foi capturado em Barra do Garça

Laura Gonçalves | PMMT

Policiais militares de Várzea Grande, Poconé e Barra do Garças capturaram, de segunda a quarta-feira (02 a 04.12), cinco homens com mandados de prisão em aberto. Somente Várzea Grande foram três ocorrências.

Em Barra do Garças, no bairro Setor Industrial, um homem, identificado como E.P.S. (60 anos), estava com mandado em aberto por homicídio. Sua captura foi durante abordagem ocorrida no bairro.

Em Várzea Grande, no bairro Jardim Potiguar, uma equipe da Rotam em patrulhamento abordou um grupo de pessoas que estava na frente de um bar. No nome de E. P. A. (29 anos), que antes havia passado nome falso, constou mandado em aberto por tráfico de drogas.

Um dos foragidos de Várzea Grande foi capturado no bairro Jardim Potiguar    Foto: PMMT

Na região central, os policiais em rondas viram um homem, identificado como W.F.C.(28), em atitude suspeita, quando revolveram aborda-lo. Em seu nome constou mandado expedido em Pontes e Lacerda.

Veja Também:  Batalhão de trânsito promove serie de eventos para celebrar aniversário

No bairro São Mateus, a equipe do Grupo de Apoio (Gap) abordou V.V.S. (32) durante uma ronda. O seu mandado aberto era por não pagamento de pensão.

Na zona rural de Poconé, os militares prenderam O.S.J. (39) em uma  operação policial. O homem estava dirigindo uma carreta Volvo branca. Em seu nome constou mandado de prisão expedido pela 2ª Vara de Primavera do Leste.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939 (ligação gratuita). Nesse número, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Moro autoriza uso da Força Nacional na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia

Publicado

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, autorizou emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio à secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, nas ações de Polícia Judiciária, no combate à criminalidade organizada na região de fronteira de Mato Grosso. Em Mato Grosso, são mais de 720 quilômetros de divisa seca e mais de 200 quilômetros de divisa por água. Os dados foram publicados Diário Oficial da União.

Ainda de acordo com a portaria também será implementado o Programa VIGIA,  em caráter episódico e planejado, pelo prazo de 180 dias. O programa é uma parceria entre o Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério da Defesa visa a capacitação para policiais federais, civis e militares que atuam nas fronteiras do país.

Entre as linhas de atuação do programa estão operações integradas; aquisição de equipamentos; capacitações e bases operacionais com integração de sistemas. A medida atende um pedido formulado em junho pelo senador Wellington Fagundes (PL), durante reunião do Bloco Parlamentar Vanguarda. “O objetivo é aumentar a fiscalização e a repressão contra os crimes transfronteiriços, como contrabando, tráfico de drogas, armas e munições, que é o que mais estamos precisando neste momento”, disse o senador.

Veja Também:  Batalhão de trânsito promove serie de eventos para celebrar aniversário

Na conversa com o ministro Sérgio Moro, em junho passado, acompanhado pelo senador Jayme Campos, Fagundes mostrou ao ministro a situação de abandono da faixa de fronteira em Mato Grosso. Destacou que a fronteira do Estado têm sido um caminho aberto para entrada de armas ilegais, e do contrabando, além, do tráfico de drogas – crime que, segundo ele, “tem destruído nossa juventude e as famílias brasileiras”.

Redação Só Notícias (foto: Marcelo Camargo/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana