conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Tese de acadêmico da Unemat Tangará é premiada no maior evento de Literatura Comparada

Publicado

O estudo denominado “Teatro angolano: o épico nas peças de José Mena Abrantes e Pepetela”, de Sidnei Boz, doutor em Estudos Literários pela Universidade do Estado de Mato Grosso, recebeu o 1º lugar na categoria Tese, no 16º Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic). O evento ocorrerá 15 a 19 de julho, na Universidade de Brasília (UNB), mas o resultado do Prêmio “Dirce Côrtes Riedel” já foi divulgado esta semana.

A tese de Sidnei Boz, sob orientação do professor da Unemat e imortal da Academia Mato-grossense de Letras, Agnaldo Rodrigues da Silva, foi defendida em março deste ano. A pesquisa investiga a construção do épico no teatro de dois autores angolanos, a partir da análise de quatro peças: A Corda (1976) e A revolta da casa dos ídolos (1979), de Pepetela; O grande circo autêntico (1978) e Ana, Zé e os Escravos (1980), de José Mena Abrantes.

De acordo com o pesquisador, o teatro épico, cuja natureza é política, permite uma adequação às condições do momento histórico em que é produzido. Essa tendência teatral utiliza como referência acontecimentos históricos, em que a narração requer a observação do espectador. As situações, até as mais cotidianas, são utilizadas para a construção de tramas que confrontam dramas da ficção e da vida real.

Veja Também:  Chapada dos Guimarães: Policiais Militares evitam que mulher pule de penhasco

O cenário conta somente com adornos essenciais. Essa técnica seria utilizada para expressar a mensagem ideológica, em favor de um grupo social. “Com o palco menos elaborado, sobressai a atuação das personagens, que encarnadas em atores, experimentam o deslocamento das emoções ao plano da reflexão, da análise e da crítica”, escreve.

A proposta é a substituição da emoção pelo distanciamento, já que o indivíduo consegue analisar melhor o que lhe é comum no dia-a-dia pelo afastamento, por meio de algo que cause estranheza e lhe quebre a fantasia. Ou seja, a capacidade reflexiva não fica anestesiada pela emoção.

Contexto

Para o estudo, foi necessário olhar além das cenas. O pesquisador investigou também os momentos históricos em que os textos foram escritos.

Entre 1976 e 1980, Angola viveu uma transição entre os efeitos da Independência (1975) e o contraste com problemas sociais, econômicos e políticos que assolaram o país. Conflitos violentos acabaram levando à Guerra Civil Angolana, que só terminou em 2002. Nesse contexto histórico, as peças teatrais analisadas foram produzidas.

Veja Também:  Mais 600 veículos estão em oferta no terceiro leilão do Detran deste ano

“Este cenário político contribuiu para que Pepetela e Mena Abrantes atribuíssem um conteúdo amplamente ideológico aos seus textos, com 11 métodos cênicos que pudessem aguçar a tomada de consciência do público, fomentando o ‘despertar’ que levaria à convicção de que processo histórico e o homem não são imutáveis, aspectos esses fundamentais do teatro épico”.

As técnicas dessa tendência de teatro são utilizadas para representar situações complexas do presente, examinando três questões: o tribalismo, o racismo e as relações de poder. “Para construir a narrativa das peças, os dramaturgos não hesitaram em buscar episódios e personagens da história oficial, até mesmo aqueles que haviam sido silenciados, criando um movimento entre o passado e o presente, artifício eficaz para que o espectador fosse tirado da passividade e adentrasse no juízo crítico dos temas desenvolvidos”.

Saiba mais- A premiada tese “Teatro angolano: o épico nas peças de José Mena Abrantes e Pepetela”, de Sidnei Boz, está disponível online. Acesse o texto na íntegra aqui.

Por: Gazeta FM Tangará com Assessoria

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres e Região

Polícia recupera carros, objetos roubados e prende quadrilha que aterrorizou Família em Arenápolis

Publicado

O crime ocorreu por volta das 21:00 no bairro São Mateus, próximo ao estádio moca Bonita, em Arenápolis.

Segundo informações três bandidos armados de arma, faca e facão renderam a família e conseguiram roubar:
2 carros
1 tv 32″
2 notebooks
Vários celulares
Joias, perfumes e bebidas

Durante o roubo os bandidos agiram com extrema violência e um dos assaltantes chegou a agredir as vitimas batendo nelas com o facão.

A polícia militar com apoio da polícia civil realizou rondas na cidade conseguiu localizar e recuperar os veículos poucos minutos depois próximo ao cemitério do bairro bela vista.

Em continuidade as diligências a policia conseguiu localizar os objetos roubados, escondidos em um terreno baldio.

Próximo ao local onde foram encontrados os objetos a policia abordou alguns suspeitos e no bolso de uma das mulheres foi encontrado várias joias pertencentes a vítima.

Também foram encontrados em posse dos suspeitos um simulacro de arma de fogo, um facão e duas facas, que possivelmente era usado para praticar os assaltos.

Foram presos 2 mulheres, 3 homens e 5 menores suspeitos de envolvimento no roubo.

Veja Também:  Homem com mandado de prisão aberto é preso em Denise

Todos os suspeitos, carros e objetos recuperados foram encaminhados a delegacia de Arenápolis para as devidas providências.

Por Notícias de Arenápolis e Região

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre
Nenhuma descrição de foto disponível.
A imagem pode conter: telefone

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Homem é assassinado as pedradas no bairro da ponte em Nortelândia

Publicado

Segundo informações preliminares, o crime ocorreu no inicio da tarde dessa segunda-feira, 22 de julho.

De acordo com testemunhas o corpo de um homem conhecido como “chicão” foi encontrado frente igreja Santa Luzia, no bairro da ponte em Nortelândia e a vitima foi morta a golpe de pedradas, sendo que o autor usou um paralelepípedo para cometer o crime

Polícia Civil já esta no local e politec esta a caminha para realização de perícia.

Mais notícias a qualquer momento.

Por Notícias de Arenápolis e Região

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé, bebida e área interna
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Comentários Facebook
Veja Também:  Ônibus da secretaria de Saúde com pacientes sai da pista e capota em Diamantino
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana