conecte-se conosco


Esportes

Tim Hardaway diz que não está no Hall da Fama da NBA por comentários homofóbicos

Publicado


undefined
Reprodução / NBA

Tim Hardaway acredita que frases homofóbicas o afastaram do Hall da Fama da NBA

O ex-jogador de basquete, Tim Hardaway, que foi uma das grandes estrelas do Golden State Warriors, relembrou uma das grandes polêmicas de sua carreira, quando disse uma frase homofóbica durante entrevista. Para ele, foi isso que o afastou do Hall da Fama da NBA.

Leia também: Duas vezes medalhista olímpica, Janeth é indicada para o Hall da Fama da FIBA

“Bem, você sabe, a razão pela qual eu não estou é por causa do que eu disse em 2007 sobre os gays. É por isso que eu não estou no momento, e eu entendo isso. Eu machuquei os sentimentos de muitas pessoas e isso (a declaração) saiu do jeito errado e foi muito ruim da minha parte dizer isso”, disse o ex-jogador da NBA
.

Em 2007, durante uma entrevista para uma rádio de Miama, com Dan Le Batard, Tim Hardaway
fez o seguinte comentário.

“Você sabe, eu odeio pessoas gays, então eu deixo isso bem claro. Eu não gosto de pessoas gays. Eu não gosto de estar perto de pessoas gays. Eu sou homofóbico”.

Veja Também:  Nasceu de novo! Pilota que sofreu acidente assustador sonha ser campeã da F1

Leia também: Paris receberá partida da NBA pela primeira vez em janeiro de 2020

Na mesma entrevista, ele continuou com a polêmica após ser questionado como seria ter que dividir o vestiário com um homossexual.

“Primeiro que eu não gostaria de ter um em mina equipe, mas se tivesse que jogar com ele, trataria de manter distância, porque não me parece correto. Acredito que não deveria estar no vestiário enquanto estão os demais. Não gostaria de fazer parte disso”, afirmou.

Hardaway jogou durante 13 temporadas na liga, seis delas no Golden State Warriors, onde formou um trio com Mitch Richmond e Chris Mullin que ficou conhecido como o “Run TMC”. Ambos estão no Hall da Fama da NBA, apenas Tim não.


undefined
Reprodução / NBA

O “Run TMC”

Depois de 12 anos, Hardaway diz ter mudado radicalmente, colaborando com grupos LGBTQ e participando de campanhas com homossexuais.

“Eu tentei fazer a coisa certa apoiando gays e pessoas trans, eu quero que as pessoas as entendam, não as trate como pessoas diferentes, não as insulte ou olhe mal para elas, porque elas são pessoas como qualquer um. Eu sempre digo isso quando falo com a comunidade LGBTQ: você deve ter os mesmos direitos que o resto e fazer o que fazemos sem nenhum tipo de impedimento”, revelou.

Veja Também:  O Palmeiras de Felipão parece cantor sertanejo: ama sofrer

Leia também: NBA abrirá espaço em São Paulo com eventos e telão para fãs assistirem finais

“Entrar no Hall da Fama
 significaria muito para mim, mas não há nada que eu possa fazer sobre isso, eu entendo as consequências do que eu disse em seu dia”, concluiu Tim Hardaway sobre sua ausência entre os eternos da NBA
.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Palmeiras apresenta proposta para contratar técnico Jorge Sampaoli

Publicado

O Palmeiras se reuniu na tarde desta quinta-feira com Jorge Sampaoli, no Rio de Janeiro, e fez uma proposta oficial pelo treinador. A diretoria alviverde espera resposta do argentino, que se desligou do Santos na última terça-feira.

No primeiro contato, feito ainda por intermediários de Sampaoli, os salários pedidos pelo técnico para ele e sua comissão não agradaram o Verdão. Em encontro nesta quinta, a diretoria alviverde conversou mais a fundo com o argentino e aguarda sinal positivo para definir sua comissão técnica.

Jorge Sampaoli conduziu o Santos ao vice-campeonato brasileiro e tinha contrato até o final de 2020, mas resolveu deixar o clube alvinegro em meio a desentendimentos com a diretoria em um episódio que pode terminar na Justiça. No time praiano, foram 35 vitórias, 15 empates e 15 derrotas.

No Palmeiras, se aceitar a proposta, Sampaoli terá poder financeiro para montar um elenco em condições de ser protagonista e brigar por títulos, algo que sentia falta no Santos. Por outro lado, enfrentará um ambiente de maior cobrança e sem a mesma estabilidade que desfrutava no litoral.

Veja Também:  Nasceu de novo! Pilota que sofreu acidente assustador sonha ser campeã da F1

No técnico argentino, o Palmeiras vê a solução para proporcionar a mudança de estilo idealizada por Galiotte após as recentes passagens dos pragmáticos Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes. A chegada de Sampaoli, conhecido por atuar de forma ofensiva, deve acalmar torcedores e conselheiros.

Além da negociação com o treinador argentino, o Palmeiras já anunciou a contratação do diretor de futebol Anderson Barros, ex-Botafogo.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Definidos adversários do Luverdense, União e Operário na Copa do Brasil de 2020

Publicado

Luverdense, União de Rondonópolis e Operário Várzea-grandense, conheceram, há pouco, seus adversários da primeira fase da Copa do Brasil de 2020. O sorteio foi realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro. Dois representantes de Mato Grosso terão a obrigação de ganhar para avançar a próxima fase, enquanto o outro já se classificará com um empate.

O Luverdense foi o primeiro time mato-grossense a ser sorteado e jogará a primeira fase fora de casa contra o Bahia de Feira (BA), pela chave dois. O LEC conta com a vantagem do empate. Caso avance para a segunda fase, encara o vencedor do confronto entre Palmas (TO) x Paraná (PR), também fora de casa.

Os duelos que ainda compõe a chave dois, são Caxias (RS) x Botafogo (RJ) e Toledo (PR) x Náutico (PE). Essas quatro equipes são possíveis adversárias do Luverdense em um avanço para a terceira fase da competição.

Já o União de Rondonópolis e o Operário Várzea-grandense ficaram no grupo seis, ambos com a obrigação de ganhar já que jogam em casa. O Colorado receberá o Atlético (GO), enquanto o Operário recebe o Santa Cruz (PE). Caso os clubes mato-grossenses vençam os confrontos, eles se enfrentaram na segunda fase.

Veja Também:  O Palmeiras de Felipão parece cantor sertanejo: ama sofrer

Os outros jogos que completam a chave e definem os possíveis adversários dos times de Mato Grosso na terceira fase são, Boa Vista (RJ) x Chapecoense (SC) e Caucaia (CE) x São José (RS).

Apenas a primeira fase da competição nacional contará com a vantagem do empate para o time que joga fora de casa. Nas demais fases, caso o confronto não tenha um vencedor durante o tempo regulamentar, o jogo será decidido nos pênaltis.

Conforme Só Notícias já informou, o início da competição está marcado para fevereiro, e as finais foram antecipadas para setembro, com objetivo de não atrapalhar a fase decisiva do Campeonato Brasileiro. O Cuiabá, que também representará Mato Grosso, não participará do sorteio por ter conseguido vaga direta as oitavas de finais da competição, após garantir o título da Copa Verde 2019.

Redação Só Notícias (fotos: reprodução)

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana