conecte-se conosco


Economia

Ações da Vale nos Estados Unidos caem após troca de presidentes

Publicados

em


Presidente-executivo foi afastado após rompimento da barragem da Vale em Brumadinho; após troca, ações caíram
iStock

Presidente-executivo foi afastado após rompimento da barragem da Vale em Brumadinho; após troca, ações caíram


As ações da Vale nos Estados Unidos começaram a semana em queda após a  troca da diretoria da mineradora
ter sido anunciada no último sábado (2). Na manhã desta segunda-feira (4), as ações da empresa chegaram a recuar 3,7% no país norte-americano.

Por volta das 13 horas, os papéis da Vale estavam operando a 1,45% negativos nos EUA. No Brasil, o mercado não está funcionando devido ao feriado de Carnaval e a Bolsa de Valor só volta a operar normalmente na próxima quarta-feira (6), às 13 horas.

A queda nas ações da mineradora
acontece após a troca de comando da empresa, anunciada no último fim de semana. Na data, o então presidente executivo  Fabio Schvartsman
foi afastado, junto com outros três grandes nomes, a pedido do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal.

A saída dos executivos foi recomendada pelas autoridades que trabalham na força-tarefa que investiga o rompimento da barragem da Vale
 na cidade de Brumadinho
, em Minas Gerais, no dia 25 de janeiro. Segundo as últimas informações, 186 pessoas morreram e 122 continuam desaparecidas após a tragédia.

Veja Também:  Acionistas da Embraer aprovam acordo com Boeing

Leia também: Câmara faz minuto de silêncio por Brumadinho e presidente da Vale não se levanta

O  rompimento da barragem
no também afetou gravemente o ecossistema da região: de acordo com um estudo da Fundação SOS Mata Atlântica divulgado na última quarta-feira (27), o rio Paraopeba está morto. A análise feita pela entidade não encontrou nenhum sinal de vida ao longo de mais de 30 km do rio.

Em nota à imprensa, a Vale disse que coopera com os responsáveis pela investigação da tragédia, fornecendo tudo que lhe é solicitado e colocando seus funcionários à disposição para prestar depoimentos. O objetivo, segundo a mineradora, é “auxiliar no esclarecimento das causas do lamentável rompimento da barragem [da Mina Córrego] do Feijão.”

Conheça o novo presidente-executivo da Vale


Eduardo Bartolomeo foi anunciado como  presidente interino da Vale nesta segunda-feira (4)
Divulgação/Vale

Eduardo Bartolomeo foi anunciado como presidente interino da Vale nesta segunda-feira (4)


Nesta segunda-feira (4), o novo presidente-executivo da Vale foi anunciado: Eduardo Bartolomeo

, que já tem dez anos de experiência em outros cargos na mineradora. De acordo com a empresa, Bartolomeo, “reconhecido por acumular experiências distintas e ao mesmo tempo conhecer o negócio da Vale , manterá um diálogo aberto e transparente com os diversos stakeholders (gestores) da companhia”.

Veja Também:  Caixa paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS final 8

Ele já foi diretor-executivo de Logística, Operações Integradas de Bulk Commodities (minério de ferro, carvão e manganês) e como diretor-executivo de Metais Básicos, seu último cargo. Foi também membro do Conselho de Administração, do Comitê Financeiro e do Comitê de Governança, Conformidade e Risco da empresa entre 2016 e 2017.

Leia também: Vale não deve ser “demonizada” por Brumadinho, defende secretário

Como novo presidente interino da mineradora, Bartolomeo precisada, agora, precisará focar garantir estabilidade às operações, dar continuidade ao processo de indenização às famílias de vítimas, reparação e mitigação dos efeitos do rompimento da Barragem I da Mina do Córrego do Feijão, como comunicado na nota oficial da Vale
.

Comentários Facebook
Propaganda

Economia

Aneel realizá leilão que prevê até R$ 15,3 bilhões em investimentos

Publicados

em

Por

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai leiloar na próxima quinta-feira (30) 13 lotes de linhas de transmissão de energia. As empresas que obtiverem a concessão ficarão responsáveis por construir, operar e manter as linhas, que somam um total de 5.425 quilômetros e uma capacidade de 6.180 mega-volt-ampères (MVA).

O leilão vai ocorrer às 10h, na sede da B3, em São Paulo. Os contratos de concessão estão previstos para ser assinados em 30 de setembro, e as empresas vencedoras terão prazos de 42 a 60 meses para iniciar a operação comercial das linhas de transmissão. A Aneel prevê que os contratos de concessão gerem R$ 15,3 bilhões em investimentos, gerando de 31.697 empregos diretos.

Os lotes dos empreendimentos estão localizados em 13 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O lote de maior extensão e que deve gerar mais empregos é o de número 2, que corta os estados de Minas Gerais e São Paulo em um percurso de 1,7 mil quilômetros. O lote tem finalidade de expandir a capacidade de transmissão da região Norte de Minas Gerais e, se concretizado, deve empregar 9,8 mil pessoas.

Veja Também:  Petrobras eleva preço da gasolina nas refinarias após semana estável

A disputa dos lances se dará pelo valor de Receita Anual Permitida (RAP). Quando houver mais de uma proposta pelo mesmo lote, vencerá a que propuser o menor valor anual de receita.

Os proponentes deverão depositar para a Aneel uma garantia de proposta no valor de 1% do investimento estimado, com prazo de validade igual ou superior a 120 dias após o leilão e renovável por mais 60 dias.

Para a assinatura do contrato de concessão, o proponente vencedor deverá substituir a garantia anterior por uma correspondente a 5%, 7,5% ou 10% do valor do investimento previsto, a depender do deságio oferecido no leilão.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Correntistas do BB podem mudar limite de cartão adicional por WhatsApp

Publicados

em

Por

Os clientes do Banco do Brasil (BB) podem consultar e alterar o limite dos cartões de crédito adicionais por meio do WhatsApp. A ferramenta foi lançada nesta semana e já está disponível aos correntistas.

A personalização dos limites dos cartões adicionais só podia ser feita, até agora, pelo site da instituição financeira. Os ajustes no cartão principal estão disponíveis há alguns meses no aplicativo de mensagens.

Para verificar o limite, o correntista deve enviar uma mensagem para o número (61) 4004-0001 e enviar mensagem pedindo a consulta. A partir daí, o sistema de inteligência artificial apresenta opções, bastando selecionar consulta para o adicional e indicar o cartão que deseja consultar. O bot (robô) informa o valor total do limite e o disponível para uso.

Para alterar o limite, é necessário enviar a mensagem pedindo para ajustar o limite do cartão, escolher “Adicional” e indicar o cartão que deseja modificar. Depois, é só informar o novo valor.

Com as novidades, subiu para 21 o número de transações disponíveis para cartões de crédito e de débito do BB via WhatsApp. Entre os serviços que podem ser feitos pelo aplicativo, estão o pedido de segunda via do cartão, a contestação de compras, o envio da fatura por meio de arquivo PDF e a habilitação ou desabilitação do NFC (pagamento por aproximação).

Veja Também:  Acionistas da Embraer aprovam acordo com Boeing

 

Edição: Claudia Felczak

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana