conecte-se conosco


Mato Grosso

Adolescentes do socioeducativo de Barra do Garças recebem orientações de prevenção ao suicídio

Publicados

em


Conhecimento, dinâmicas e apresentações culturais foram algumas das programações realizadas pelos adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Barra do Garças (516 km de Cuiabá). Ao longo da manhã desta quinta-feira (30.09), os 11 adolescentes da unidade participaram ativamente de uma programação alusiva ao Setembro Amarelo, mês de prevenção do suicídio, realizada na própria unidade.
 
Além da apresentação feita pelos jovens, eles também tiveram uma palestra proferida pela enfermeira e mestre em Imunologia e doutoranda pela USP em Saúde Mental, Maria Aparecida Sousa Oliveira Almeida. De forma didática e com a participação massiva dos adolescentes, a pesquisadora abordou até mesmo as questões físicas de uma pessoa que sofre de depressão e tem ideações suicidas.
 
“Religião, família, estudar, trabalhar, exercício físico, conversar, ouvir e se identificar com o colega e até mesmo a mudança de comportamento de vocês são alguns dos fatores de proteção do suicídio. No entanto, o excesso desses fatores também pode ter um papel inverso, prejudicando nossa saúde mental. Então é importante mantermos o equilíbrio”, explicou a palestrante aos adolescentes.
 
“Enquanto há vida, há esperança”, disse um dos adolescentes que realizou uma dinâmica com os demais. Foram distribuídos balões amarelos a cada um dos jovens e um problema escrito em um papel. Quem não conseguisse resolver o problema, deveria estourar o balão. Problemas como: “quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?” ou “quantas gotas de água tem o oceano?”.
 
Ao estourar o balão, o jovem perguntava: “estourar o balão resolveu o problema?”. Uma reflexão semelhante ao suicídio, já que o ato não resolve a dor ou os problemas.
 
O gerente da unidade, Jean Mesquita, aproveitou a oportunidade para agradecer aos servidores envolvidos na realização da programação, mas também pontuou a participação e bom comportamento dos adolescentes.
 
“Isso que está acontecendo hoje tem a participação de vocês. Sem a cooperação, o bom comportamento e a vontade que vocês têm de mudar, nada disso teria acontecido. Para que possamos fazer as coisas em benefício de vocês, precisamos de colaboração e dessa confiança que estão nos dando”, disse o gerente do Case de Barra do Garças.
 
As assistentes sociais, psicólogas e professoras também participaram da manhã de programação.
 
Unidade socioeducativa
 
O Case de Barra do Garças conta atualmente com 11 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa. A unidade oferece educação regular nos ensinos fundamental e médio, além de programações alternativas, como aulas de violão, programações alternativas como oficinas, visitas ao cinema, passeios e até mesmo cursos profissionalizantes, que proporcionam o bem-estar e a formação dos internos.
Fonte: GOV MT

Veja Também:  Fávaro recebe demandas de Nova Bandeirantes

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Domingo (24): Mato Grosso registra 545.098 casos e 13.910 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (24.10), 545.098 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.910 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 29 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 545.098 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.638 estão em isolamento domiciliar e 528.974 estão recuperados. 

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26.10).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 71 internações em UTIs públicas e 37 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 25,82% para UTIs adulto e em 6% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.090), Várzea Grande (40.175), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.280), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.798), Lucas do Rio Verde (15.700), Primavera do Leste (14.784), Cáceres (11.932) e Alta Floresta (10.817).

Veja Também:  Conciliar é Legal: inscrições para o prêmio podem ser feitas até final de setembro

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (23.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.723.559 casos da Covid-19 no Brasil e 605.457 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.711.843 casos da Covid-19 no Brasil e 605.139 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (24.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também:  Greve na Educação “Lider” Governo não tem caixa e não pode olhar só uma categoria

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Curso para uso de cães em operações Bope começa nesta segunda-feira (25)

Publicados

em


A Polícia Militar, por meio do canil do Batalhão de Operações Policiais Especiais realizará a aula inaugural do 4º Curso de Cinotecnia Policial para emprego de cães em operações policiais, na segunda-feira (25), às 9h. O evento será no auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE), em Cuiabá.  

A aula inaugural do curso contará com a participação do especialista em cinotecnia,  major Rafael Ribeiro Marcondes, do Corpo de Bombeiro Militar, que já atuou em 88 ocorrências reais de busca de pessoas e restos mortais e também comandou a equipe de regaste com cães na Operação Brumadinho no 2019. 

A curso do Bope tem o objetivo de ampliar a operacionalidade do canil, através da preparação de policiais para a condução e adestramento de cães em ações policiais. Treze alunos participarão da instrução, dentre os participantes estão, policiais militares e civis, policiais do Sistema Prisional, do Exército Brasileiro, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.  

A instrução que ensina o comportamento e as técnicas de emprego de cães em operações policiais segue até o dia 03 de dezembro. Atualmente, o canil da PMMT possui sete animais e quatro operadores para atuar em todo o Estado. 

Veja Também:  Cerca de 200 lideranças comunitárias participam de reunião com comando da PM

Serviço 

Aula inaugural do 4º Curso de Cinotecnia Policial do Bope 

Data: Segunda-feira (25.10) 

Horário: 9h 

Local: auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE), Centro Político Administrativo, na Capital

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana