conecte-se conosco


Mulher

Após pesar 35 kg, jovem luta contra anorexia e tenta inspirar outras mulheres

Publicados

em

Em 2015, a argentina Delfina Carle, hoje com 17 anos, foi diagnosticada com anorexia. Na época, a adolescente não percebia a gravidade de sua doença e chegou a pesar apenas 35 kg. “Eu não me via gorda. Percebi que era magra, mas disse a mim mesma: ‘vamos ver se você consegue ser ainda mais magra?’”, diz, conforme detalhe o jornal Mirror
.

Leia também: Após pesar 28 kg, jovem conta como comer chocolate a ajudou a vencer a anorexia


Por conta da anorexia, a argentina Delfina Carle, de 17 anos, chegou a pesar apenas 35 kg, mas conseguiu vencer a doença
Reprodução/Twitter/DelfiCarle

Por conta da anorexia, a argentina Delfina Carle, de 17 anos, chegou a pesar apenas 35 kg, mas conseguiu vencer a doença

A anorexia
foi descoberta quando seus pais a levaram para fazer exames em um hospital em Buenos Aires. Após avaliarem a menina, os médicos não a deixaram ir embora, pois ela estava muito abaixo de seu peso ideal. “Nós três nos abraçamos, minha mãe, meu pai e eu, e choramos. Nunca choramos assim, nós três juntos”, conta.

Apesar de ter ficado em choque quando ouviu que estava com o distúrbio alimentar, isso não foi o suficiente para conseguir lidar com a doença
. A jovem ficou mais consciente quando seu tubo de alimentação passou por um problema e a alimentação líquida passou a entrar em seus pulmões em vez de seu estômago, deixando-a incapaz de respirar.

Veja Também:  Enfermeira decideadotar recém-nascida que não recebia visitas no hospital

Por conta disso, Delfina ficou com sangue saindo de sua boca e nariz e, por isso, pediu que os médicos não colocassem o tudo de volta – e prometeu a eles voltar a comer normalmente. Felizmente, logo começo a engordar. Depois de completar o tratamento de reabilitação, ela recebeu permissão para ir para casa e sua família lhe deu uma grande festa.

Luta da jovem contra a anorexia


Internada por conta da anorexia, a argentina enfrentou um problema com o seu tubo de alimentação e ficou sem respirar
Reprodução/Twitter/DelfiCarle

Internada por conta da anorexia, a argentina enfrentou um problema com o seu tubo de alimentação e ficou sem respirar

Mesmo depois de tudo que passou, a recuperação não foi completa. Após ter saído do hospital, a argentina fingia comer e dava sua comida para os cachorros da família ou a escondia em seus bolsos para jogar fora mais tarde. “Comecei a tomar laxantes, pois senti que precisava me livrar de tudo dentro de mim, mesmo que tivesse comido apenas um biscoito”, expõe.

Leia também: Após ter peso de criança de 5 anos, jovem luta contra anorexia e inspira na web 

No começo, sua mãe a observava tomar seus remédios, mas, depois que ela parou de fazer isso, Delfina começou a jogá-los fora. Além disso, quando ia ao nutricionista para acompanhar sua evolução, bebia muita água ou usava diversos acessórios – como anéis, relógios e pulseiras – para ficar mais “pesada” em uma tentativa de não perceberem que havia perdido peso novamente.

Veja Também:  Ela tem 44 anos – mas parece ter 20 – e detalha a rotina de cuidados com a pele

Nesse momento, ela acreditava que nunca iria conseguir superar a condição e que não estava fazendo nada além de causar dor àqueles que a amam. Foi, então, que resolveu mudar. Passou a procurar ajuda online e ensinou a si mesma como estar bem de novo após tudo que viveu. Antes, só pensava em comida o dia todo. Agora, se distrai ouvindo música e lendo um livro.

Jovem quer ajudar outras pessoas que sofrem com a doença


Depois que venceu a anorexia, Delfina quer ajudar outras mulheres que sofrem com o distúrbio alimentar
Reprodução/Instagram/delfi_carle

Depois que venceu a anorexia, Delfina quer ajudar outras mulheres que sofrem com o distúrbio alimentar

Atualmente, ela está perto do seu peso ideal e aproveitando a vida. Quando sente que os dias sombrios do seu distúrbio alimentar
estão de volta para assombrá-la, Delfina analisa as imagens de quando tinha 14 anos. “Eu olho para essas fotos e vejo uma menina triste e deprimida. Uma adolescente que quer morrer”, afirma.

Leia também: Conselho de agência de modelos faz gêmeas desenvolverem anorexia

“Hoje, apesar de não estar completamente feliz com meu corpo, eu luto, luto e vou em frente, e quando me olho no espelho vejo uma garota às vezes feliz, às vezes nem tanto, como todo mundo, né? E, como fui hospitalizada por conta da anorexia
, ajudo outras mulheres a amar a pele em que estão”, ressalta.

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

“Fui perseguida por uma pessoa que fazia vários fakes para tentar contato comigo, sem nem o conhecer”, conta vítima de stalking

Publicados

em


source

Alto Astral

Reprodução: Alto Astral

“Fui perseguida por uma pessoa que fazia vários fakes para tentar contato comigo, sem nem o conhecer”, conta vítima de stalking

“Fui perseguida por uma pessoa que fazia vários fakes para tentar contato comigo, sem nem o conhecer. Ele se tornou amigo de um amigo, que o apresentou a mim. Nós tivemos um relacionamento de 3 meses, eu não sabia que era ele por trás dos perfis [falsos]. Fez um inferno psicológico na minha vida por anos. O término foi dos piores: ele apenas sumiu. Mas passou anos me stalkeando com perfis fakes, no Facebook e Instagram. Fingiu até ser cliente para pedir meu telefone, porque eu mudava de número, e colocou meu celular várias vezes em sites de acompanhante. Foram 5 anos nesse inferno”.

Esse é o relato de Mariana*. Na época, ela optou por não fazer um boletim de ocorrência. Mas ameaçou o homem que a perseguia e, assim, conseguiu com que a prática cessasse. Já no caso de Gabriela*, ela conheceu o homem que viria a ser seu perseguidor no trabalho. De acordo com ela, após recusar algumas investidas presenciais dele, o agressor passou a criar diversos perfis falsos no Instagram a fim de ter contato com Gabriela por meio da rede. Após algum tempo, ele simplesmente parou.

Contudo, infelizmente, depoimentos assim são incomuns entre as mulheres, e nem todos possuem finais menos estressantes. No final de junho deste ano, a influenciadora Rê Meirelles revelou em seu Instagram ter passado por uma situação semelhante às descritas. Durante quase um ano, a produtora de conteúdo não só chegou a receber mensagens inconvenientes em seu Instagram como também foi surpreendida pelo perseguidor na porta de casa. Em vídeo emocionante, ela declarou:

“Não achem que é besteira, não banalizem essa situação por mais que vocês ouçam o contrário. A gente não sabe aonde vai chegar isso, a gente não sabe o limite do outro, a gente não sabe o grau de agressividade. Não normalizem essa situação, procurem ajuda. Outra coisa: a vítima nunca é culpada, não se culpem por isso. O meu veio do nada, então eu acredito que tenha muita gente passando por isso mesmo não conhecendo a pessoa.”

Veja Também:  Seleção feminina de handebol de praia da Noruega é multada por não usar biquíni

Assim, o stalking, termo em inglês que significa, literalmente, perseguição, é a prática de perseguir alguém, seja fisicamente ou online. E apesar de em 31 de março deste ano ter sido sancionada a Lei nº 14.132/ 21 , que inclui no Código Penal brasileiro o crime de perseguição, muitas pessoas, especialmente as mulheres – maiores vítimas do stalking -, ainda não têm conhecimento sobre quando se caracteriza o crime, quais provas reunir e como fazer representação criminal contra o suspeito.

Em conversa com a advogada Ana Maria Colombo, especialista em direito penal e processo penal, o Alto Astral esclareceu algumas dessas questões . Confira abaixo!

Segundo a advogada, o crime de stalking consiste em “um conjunto de ações que causam na vítima um incômodo, além de temor”, podendo, inclusive, levar a mulher a ter que mudar sua rotina por conta do perseguidor. Medo de sair de casa, bloquear demasiadamente perfis e números de telefone e deixar as contas no modo privado nas redes sociais estão entre algumas das medidas tomadas pelas vítimas do stalking.

No entanto, para o stalking ser considerado crime, é preciso haver constância. Ou seja, não basta uma única mensagem incômoda no Instagram, mas sim algumas mensagens, de forma exagerada, em diferentes dias e horários, por exemplo.

Logo, a recomendação da especialista é que, a partir do momento em que se sentir incomodada, a pessoa deve começar a fazer registros de todo o tipo de contato que tiver com o perseguidor. Vale prints de mensagens e e-mails, anotações de horários e locais e, no caso de perseguição física, vídeos ou fotos, se possível. Outra orientação da advogada é que, diante da ciência da perseguição, a vítima pode se dirigir a uma delegacia e registrar boletim de ocorrência ou então procurar por uma assessoria jurídica para que haja melhores instruções sobre como proceder.

E atenção: para que o perseguidor seja, de fato, investigado pela polícia, a advogada explica que a vítima precisa fazer a chamada representação, ou seja, declarar às autoridades que quer que o agressor seja processado. Isso pode ser feito em até 6 meses a partir do momento em que se sabe a identidade do stalker.

Ana ainda esclarece que o crime de stalking traz alguns termos bastante genéricos. Portanto, de acordo com a lei, a transgressão pode resultar desde um acordo entre vítima e agressor até a prisão do agressor (de 6 meses a 2 anos). Dessa forma, ela destaca que, quando se trata do crime de stalking, cada caso é único e deve ser avaliado separadamente.

Por fim, saiba que não é necessário sofrer sozinha. É importante que a pessoa converse sobre o que está acontecendo com alguém em que confia, especialmente para proteção e apoio psicológico.

Violência psicológica também é crime!

Vale mencionar que, na quarta-feira (28), foi sancionada a Lei nº 14.188/21, que reconhece no Código Penal o crime de violência psicológica contra a mulher. Considerado um grande avanço no que diz respeito aos direitos das mulheres, a lei ainda prevê que o agressor seja imediatamente afastado da vítima diante de risco atual ou iminente à vida ou integridade física da mulher.

Além disso, a lei estabelece o programa Sinal Vermelho , caracterizado pelo X vermelho na palma das mãos. O sinal silencioso serve como um alerta de agressão contra a mulher e a ideia é que qualquer pessoa procure a polícia ao notar o sinal na mão de uma mulher.

Fonte : Ana Maria Colombo, advogada, mestranda em direito penal econômico, especialista em direito penal e processo penal e sócia do escritório Silveiro Advogados.

* Os nomes e dados das entrevistadas foram trocados ou omitidos para preservar a identidade das vítimas.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Descubra como são os signos na hora H!

Publicados

em


source

Alto Astral

Descubra como são os signos na hora H!
Reprodução: Alto Astral

Descubra como são os signos na hora H!

Aniversário de Harry Potter? Último dia do mês? Não! Dia 31 de julho é o dia mais gostoso do ano: o Dia Mundial do Orgasmo!

Criado na Inglaterra em 1999 por uma rede de sex shops, o dia de hoje chama a atenção para o momento que é o clímax do prazer sexual e a importância de uma vida sexual saudável. Inclusive, segundo estudo publicado, em 2017, no Journal of Management, após o orgasmo, nosso corpo libera dopamina, hormônio associado à energia e motivação. Pois é! Quando falamos sobre a importância do orgasmo, não estamos brincando!

Desse modo, nada melhor do que aproveitar a data para entender como os 12 signos do Zodíaco se mostram na hora do sexo e encaram o orgasmo. Afinal, são nos momentos íntimos entre quatro paredes que revelamos nossos gostos e vontades, não é mesmo?

Assim, confira abaixo como cada signo se comporta na cama !

Áries

Líderes natos, os arianos adoram dominar o parceiro ou parceira na cama! E isso também quer dizer que pessoas desse signo não gostam de seguir ordens, sempre trazendo inovações e intensidade para os momentos de intimidade.

Touro

Como bons românticos, os taurinos seduzem as pessoas com muita facilidade. Preliminares são com eles mesmos! Assim, pessoas de Touro conseguem criar uma atmosfera perfeita e contagiante na hora do rala e rola.

Veja Também:  Condenado, goleiro Bruno reclama de falta de reconhecimento pelo Flamengo

Gêmeos

Fazendo jus ao título de signo mais comunicativo do Zodíaco, os geminianos não deixam de lado as conversas picantes e insinuações maliciosas na hora da transa. Além disso, pessoas desse signo sabem muito bem como deixar o clima mais quente!

Câncer

Por serem pessoas sensíveis, os cancerianos costumam se sentir mais à vontade em momentos de intimidade quando dividem algum tipo laço emocional com o parceiro ou parceira.

Leão

Como bons leoninos, pessoas desse signo fazem questão de serem o centro das atenções. Assim, são detalhistas e criteriosos quanto ao momento. Uma transa ruim não é opção para Leão.

Virgem

Organizados, os virginianos costumam saber o que querem, quando se trata da hora H, gostam de ter tudo preparado com antecedência para que nada saia errado. Preliminares, muito contato visual e insinuações maliciosas são bem-vindas!

Você viu?

Libra

Em termos de sexo, os librianos são bastante parecidos com os cancerianos, pois valorizam muito o lado emocional ao se relacionarem com alguém. Além disso, ao passo que Libra gosta de se preparar para o sexo, com velas, perfumes e roupas íntimas, espera a mesma dedicação do parceiro ou parceira.

Veja Também:  Enfermeira decideadotar recém-nascida que não recebia visitas no hospital

Escorpião

Sensuais e intensos, escorpianos não gostam de pessoas frias na cama. Dominadores por natureza, amam testar novas formas de prazer, seja com brinquedos ou fantasias eróticas.

O charme de escorpião está em suas provocações maliciosas!

Sagitário

Para os sagitarianos, o que vale é inovar nos locais e posições na hora H! Como bons aventureiros, não gostam de frescuras, são diretos e sabem o que querem. Portanto, a rotina está fora de cogitação para pessoas desse signo; afinal, estão sempre buscando por novos prazeres.

Capricórnio

Pode parecer discreto aos olhos das pessoas, mas, na cama Capricórnio, pega fogo!

O ponto alto é que os capricornianos sabem ser românticos e safados ao mesmo tempo, além de valorizarem inteligência e beleza do par.

Aquário

Criativos natos, obviamente os aquarianos usam esse dom na cama como ninguém! Além disso, gostam muito de inovar e realizar fetiches no sexo, evitando parceiros tradicionais. Contudo, apesar de gostarem do diferente, prezam pela conexão mental com o parceiro ou parceira.

Peixes

Românticos, os piscianos fazem questão de investir no carinho e nas preliminares na hora do sexo! Peixes adora surpresas, mas vá com calma, pois também odeia beijos rápidos e agressivos, por exemplo. O segredo é relaxar e curtir o momento.

Consultoria : João Bidu.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana