conecte-se conosco


Entretenimento

Ator sofre ataques de ódio após substituir João Guilherme em Poliana

Publicados

em

source
Giovanni di Lorenzi assume as dificuldades de substituir João Guilherme em Poliana Moça
SBT/João Raposo

Giovanni di Lorenzi assume as dificuldades de substituir João Guilherme em Poliana Moça

Giovanni De Lorenzi, ator que interpreta Luca Tuber em Poliana Moça, revelou que sofreu ataques de ódio após substituir João Guilherme na novela. O ex-namorado de Larissa Manoela deu vida ao personagem em As Aventuras de Poliana, mas acabou substituído por Giovanni, que resultou em muitas críticas ao ator.

“Eu sou a personificação do hate, eu sou o hate. Eu entendo muito bem, que é algo muito chato você trocar o ator que faz o personagem, um personagem que você gosta. Eu sei bem como o público reage. Então eu procurei entender com muito carinho e muito respeito o trabalho do João e o público que acompanhou a novela durante muitos anos”, confessou.

O ator revelou que não respondeu às críticas e que acredita que se o João Guilherme pudesse fazer o papel novamente, ele faria. “Porque o sonho do ator, que está com muitos projetos, é fazer tudo”, completou.

Giovanni também afirmou, durante o PoliCast, podcast oficial da novela, que ficou mais tranquilo depois que conversou com Thaís Melchior, intérprete de Luísa, tia de Poliana (Sophia Valverde), pois a atriz também passou por uma situação parecida. Ela substituiu Milena Toscano na novela. “Ela me contou toda experiência como foi para ela e isso me preparou e me acalmou bastante”, afirmou.  

Veja Também:  Larissa Manoela reflete sobre a marca de 45 milhões de seguidores

“Quando eu assisti as coisas do João, primeiro eu assisti os episódios de As Aventuras de Poliana, e depois eu assisti o canal do Luca Tuber. O canal do Luca Tuber eu assisti tudo o que tinha lá. E eu estava pronto para emular uma coisa muito parecida que o João Guilherme fazia”, revelou como se preparou para assumir o papel. 

Giovanni ainda afirmou que não queria tomar lugar de ninguém, mas que a adaptação foi bem rápida. “Eu precisava achar um jeito respeitoso (com João) e mais respeitoso comigo de fazer o papel. Não tomar um lugar, não ser desumilde e não me anular em questão de estar fazendo um personagem, que agora é meu, e eu preciso dar um direcionamento para ele”, admitiu. 

O ator explicou que não chegou a conversar ou encontrar com o João, mas que admirou o gesto de carinho que o filho de Leonardo teve nas redes sociais – pediu paciência com Giovanni. 

O personagem foi para Califórnia fazer faculdade de Social Media Marketing, mas voltou ao Brasil para terminar seus estudos com a desculpa de investir no país. Mas na verdade, Luca Tuber foi expulso pelo reitor da universidade nos Estados Unidos por má conduta.

Veja Também:  Tá se achando: Ex-BBB dá show de estrelismo e destrata fã em aeroporto

“Ele é um vilão, mas não é como o Roger (Otávio Martins). Ele é viciado em atenção, ele tem essa necessidade nesse lugar”, revelou Giovanni. 

Mas o ator entregou um spoiler da novela: “Até onde eu recebi os capítulos, ele continua do jeitinho que ele é, mas eu não recebi até o fim, tem muitos capítulos para eu receber. Mas eu posso dar esse spoiler, ele passa por muita experiência muito forte, muito forte, literalmente. Ele vai passar por uma violência forte que vai botar ele no lugar dele ali, ele vai achar alguém que é bem mais maligno que ele”.

O Policast vai ao ar toda terça e quinta, logo após a exibição da novela, no canal de Poliana Moça no YouTube e nas plataformas de áudio.

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Felipe Neto diz que foi ameaçado em estádio: ‘Não me sinto seguro’

Publicados

em

Por

source
Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol
Reprodução/Instagram

Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol

Felipe Neto esteve presente no estádio Nilton Santos na tarde deste domingo para acompanhar o clássico entre Botafogo e Fluminense. Após a partida, o youtuber revelou que foi ameaçado por um segurança do evento. “Estava assistindo ao jogo no meu camarote. Um segurança da empresa Blindados abordou meu motorista na porta e perguntou: ‘de quem é esse camarote?”. Ao ouvir que era meu, respondeu: ‘por favor, tinha que botar uma bomba aí para explodir e não sobrar nada'”, publicou Felipe Neto no Twitter.

Após relatar o episódio, o youtuber revelou que vem sendo alvo de ameaças nos últimos quatro anos e afirmou que não se sente seguro em nenhum lugar.

“Vamos fazer representação contra esse homem, mas esse é o resumo da minha vida nos últimos 4 anos. A qualquer momento, algo pode acontecer comigo. Se isso acontecer, só peço que vocês lembrem quem foram as pessoas responsáveis por alimentar esse ódio contra mim”, escreveu Felipe Neto.

Veja Também:  'Cara e Coragem': saiba mais dos romances de Paolla Oliveira na novela

“Não sei como vou me sentir seguro de novo no estádio depois disso. Eu já não me sinto seguro em lugar nenhum fora da minha casa”, completou o youtuber.

O episódio causou espanto nos seguidores e muitos fãs fizeram questão de prestar apoio ao youtuber. Felipe Neto é conhecido por ter personalidade forte e gosta de se posicionar sobre temas polêmicos nas redes sociais.

Apesar da paixão pelo entretenimento, o youtuber nunca escondeu seu amor por futebol. Torcedor fanático do Botafogo, Felipe Neto sempre foi um frequentador assíduo do estádio Nilton Santos.

O relato da ameaça sofrida por Felipe Neto vem repercutindo nas redes sociais. Revoltados com o episódio, muitos internautas vem cobrando uma atitude das autoridades.

Veja Também:  Jade Picon fez teste para viver par romântico com Chay Suede em novela

Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Hospital abre sindicância e apura crime cometido contra Klara Castanho

Publicados

em

Por

source
Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu
Reprodução/Instagram

Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu


Após o vazamento de dados sigilosos de Klara Castanho , o hospital que atendeu a atriz para a realização do parto abriu uma sindicância interna para apurar os fatos e identificar quais funcionários se envolveram na divulgação de informações que nunca deveriam ter sido retiradas dos prontuários.


Em nota enviada a este colunista que vos fala, a Rede D’Or lamentou o vazamento dos dados e afirmou que iniciará a investigação na unidade de saúde que atendeu a atriz.

“A Rede D’Or tem como princípio preservar a privacidade de seus pacientes bem como o sigilo das informações do prontuário médico. O hospital se solidariza com a paciente e familiares e informa que abriu uma sindicância interna para a apuração desse fato”, disse a rede em nota.

A profissional de saúde que vazou as informações à imprensa, quando identificada, infringiu o artigo 154 do Código Penal, que fala sobre a revelação de informações sigilosas e que possam trazer prejuízos ou danos a outrem. Caso venha a ser julgada e culpabilizada, ela poderá ser presa e pegar até um ano de detenção.

Veja Também:  Impasse com órgãos reguladores pode tirar HBO da TV paga brasileira

Exposição dolorosa

Na noite de sábado (25), Klara Castanho usou suas redes sociais para informar que havia sido vítima de um estupro, que lhe resultou em uma gravidez. A criança foi entregue legalmente à adoção, porém uma enfermeira do hospital em que ela foi atendida procurou alguns veículos para vazar as informações, que estavam sob sigilo desde então.

Em seu desabafo, bastante doloroso, a atriz relata o desprezo que sentiu por parte da equipe médica que a atendeu e também das dores emocionais que a violação ao seu corpo lhe causou. Uma história triste e que merece ser tratada com respeito.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana