conecte-se conosco


Carros e Motos

Avaliamos a eficiência da cera em spray Mundial Prime MP10

Publicados

em

source


Cera Spray MP10 da Mundial Prime é fácil de aplicar, tem uma aroma agradável e custa R$ 20 o tubo de 300 ml
Reprodução

Cera Spray MP10 da Mundial Prime é fácil de aplicar, tem uma aroma agradável e custa R$ 20 o tubo de 300 ml

Se você é daqueles que gosta de ver seu carro sempre reluzente, mas só de pensar em dedicar algumas horas extras para encerá-lo, já dá preguiça é hora de conhecer as ceras em spray que são mais fáceis de aplicar.

Com inúmeras marcas, resolvemos dar a vez para a  Mundial Prime  por deixar claro que não mancha partes de borracha e demais acabamentos e ainda poder ser aplicada com a superfície molhada.

Nesse caso, com a Cera Spray MP10 , vendida na lata aerossol de 300 ml, você pode lavar o carro e já fazer a aplicação da cera, economizando tempo. A única exigência é encerar com a superfície fria e abrigada pela sombra, com o objetivo de evitar manchas sobre a pintura.

Veja Também:  Polestar confirma lançamento de SUV elétrico em outubro

Com a nossa cobaia de testes, um BMW preto, ainda molhado, aplicamos a cera líquida sobre pequenas áreas, começando pelo teto do veículo. Após a aplicação, com o auxílio de uma flanela de microfibra seca, espalhamos o produto efetuando movimento circulares. Com outra microfibra, demos o lustro, tudo isso em menos de cinco minutos.

Com o capô do carro, portas e tampas de porta-malas, o procedimento é o mesmo e pode aplicar sem medo que o produto não vai manchar, caso escorra em algum retrovisor ou frisos sem pintura.

No final de todo o enceramento, gastamos uma média de uma hora para encerar o sedã preto e com um brilho efeito molhado e com um rendimento suficiente para mais de dois carros médio como este.

Vendida ao preço médio de R$ 20 a lata de aerossol contendo 300 ml (245g) , o investimento vale cada centavo não só pelo resultado, mas pela praticidade aos que não querem gastar horas e músculos para aplicar as ceras em pasta que geralmente dão mais trabalho.

Veja Também:  As celebridades e suas motocicletas

CERA SPRAY MP10 MUNDIAL PRIME

PREÇO MÉDIO: R$ 20

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Ford inicia exportação de tecnologias desenvolvidas no Brasil

Publicados

em

Por

Centro de desenvolvimento da Ford é incorporado para desenvolver tecnologias mundiais
Divulgação

Centro de desenvolvimento da Ford é incorporado para desenvolver tecnologias mundiais

O Centro de Desenvolvimento da Ford do Brasil anuncia a sua consolidação como exportadora de projetos para filiais da marca, no mundo. Com 1500 funcionários na sede, que fica em Camaçari (Bahia), os principais focos são a mobilidade, eletrificação, conectividade automotiva e automação de veículos. A previsão é a geração de uma receita de R$ 500 milhões em 2022.

O Centro de Desenvolvimento e Tecnologia da Ford Brasil é um dos nove da empresa no mundo e está entre os maiores e mais completos do Hemisfério Sul. Nos últimos meses, as demandas por serviço cresceram em volume e complexidade e, atualmente, 85% do trabalho é focado em projetos globais.

Entre os projetos, a fabricante destaca a criação de elementos visuais para a divisão de carros de luxo americana, Lincoln. Além disso, o time brasileiro foca na implementação de tecnologias eletrificadas em modelos para o mercado global, bem como o desenvolvimento das futuras gerações do sistema de multimídia da Ford.

O time brasileiro também é responsável pela criação e pelo aprimoramento de um terço das funcionalidades embarcadas nos veículos Ford ao redor do mundo, a exemplo do “One Pedal Drive” do Mustang Mach-E – que permite dirigir usando apenas o acelerador, sem acionar o pedal do freio – e da “Zone Lighting”, que controla as luzes externas da F-150 , inclusive da Lightning, sua versão elétrica.

No desenvolvimento dos veículos autônomos , os brasileiros trabalham para adequar a carroceria para posicionamento de sensores, radares e câmeras e seus sistemas de limpeza, com a devida padronização. Quanto à conectividade, desenvolvem softwares, com destaque para a conclusão do sistema de conectividade e monitoramento para a Ford Transit .

A Ford Brasil também investe em pesquisa, com mais de 70 patentes globais conquistadas. Em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), da Bahia, são, ao todo, mais de 200 profissionais distribuídos em 17 estados brasileiros. Atuam em 120 projetos, a maioria voltada à conectividade, inteligência artificial e big data .

Mas a Ford ainda não confirmou a chegada de nenhum modelo eletrificado no Brasil. A reportagem de iG Carros questionou sobre o Mustang Mach-E  e a picape F-150 Lighting , mas a fabricante nos disse apenas que a chegada de ambos está em estudo e que ainda não há nada definido sobre o início das vendas no país.

Veja Também:  Polestar confirma lançamento de SUV elétrico em outubro

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Empresa argentina vai fabricar veículos elétricos em Minas Gerais

Publicados

em

Por

SUV A!PA é um dos  modelos conceituais que aparecem no site da Bravo Motor
Divulgação

SUV A!PA é um dos modelos conceituais que aparecem no site da Bravo Motor

A Bravo Motor Company, empresa Argentina que fábrica veículos elétricos, fecha parceria com a Rockwell Automation para a instalação de uma fábrica de carros elétricos e baterias em Nova Lima, em Minas Gerais.

O investimento total será de US$ 4 bilhões (R$ 25 bilhões) e já era anunciado desde o ano passado. Agora, a novidade é a participação da Rockwell Automation, que é especializada em automação e na produção de veículos elétricos .

A BMC operava na Argentina entre 2008 e 2012, quando se mudou para os Estados Unidos, por encontrar dificuldades de operação no país natal, e desde o ano passado possui um acordo com o governo de Minas Gerais para a criação de um parque industrial.

A Rockwell irá trazer ao projeto sua experiência em processos industriais e na implantação de linha de produções ao redor do mundo.

Veja Também:  Volkswagen planeja superar Tesla em vendas de elétricos em 2025

“Em 20 anos na indústria já vemos como a atividade industrial transforma a realidade dos países e cidades. Essa é uma oportunidade única para transformar o mundo em uma sociedade mais sustentável.” Declarou Leandro Kruger Diretor Regional da Rockwell Automation.

“Estamos contentes de agregar a nosso projeto uma multinacional como a Rockwell, que tem vasta experiência na produção de baterias em grande escala.” Completou Eduardo Muñoz, CEO da Bravo Motor Company.

A fábrica terá o nome de Colossus Cluster e a Bravo Motors está buscando mais parceiros antes do começo das obras, que tem previsão para início ainda neste ano.

A estrutura em Nova Lima, Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá capacidade para fabricar 22.790 veículos 100% elétricos e 43.750 baterias por ano a partir de 2024, e espera criar cerca de 14 mil empregos diretos e indiretos.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana