conecte-se conosco


Sem categoria

Bancos fazem mutirão para renegociar dívidas em atraso

Publicado

Começa nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país.

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban.

A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br.

Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais.

Banrisul

O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente.

Banco do Brasil

O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB.

Bradesco

O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota.

Veja Também:  Motorista de caminhonete e dois passageiros são presos com R$ 4 milhões em MT

Caixa Econômica Federal

Segundo a Caixa, na renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal.

Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato.

Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.

A renegociação também pode ser feita por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Veja Também:  Acadêmicos de Direito da UNEMAT de Barra do Bugres realizam a V Semana Jurídica

Itaú Unibanco

O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido.

Santander

O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total da dívida.

As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes.

Dívidas com bancos

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.

Comentários Facebook
publicidade

Sem categoria

Desenvolve MT capacita turma de correspondentes

Publicado

A primeira turma de correspondentes participou nesta quinta-feira (10.09) do curso online de capacitação promovido pela Desenvolve MT. A parceria é fruto do termo de cooperação entre a Agência de Fomento, Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat) e prefeituras do interior do estado.

O treinamento faz parte da estratégia de expansão da rede de correspondentes para levar as linhas de crédito aos empresários de Mato Grosso com atendimento presencial em boa parte das regiões do Estado.

Os correspondentes são colaboradores de associações comerciais, federações e prefeituras parceiras da Desenvolve MT que irão atuar nas respectivas entidades na oferta de crédito e apoio aos associados e empresas que atuam nos segmentos representados da indústria, do comércio, setor de serviços e agricultura familiar.

Ao todo, 13 participantes associados a Facmat da região de Alto Araguaia, Tangará da Serra, Itaúba, Alta Floresta, Nova Ubiratã, Nova Mutum, Pedra Preta, Colíder, Barra do Bugres, Cáceres e Cuiabá participam do curso.

Para o presidente da Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT, Jair Marques, a parceria com os municípios é para ampliar a capacidade de atendimento da agência. “Queremos que cada município tenha a orientação de um representante da Desenvolve MT para ajudar o empreendedor a acessar o crédito’’.

Veja Também:  Prefeito prestigia solenidade de apresentação do Projeto Nova Integração em Barra do Bugres

O treinamento conta também com a participação de 10 prefeituras do interior dos municípios de Alta Floresta, Barra do Garças, Juara, Juscimeira, Lucas do Rio Verde, Poconé, Querência, Sapezal, Primavera do Leste e Campo Verde.

Serão cinco módulos online de treinamento entre teoria e prática, ministrado pelo analista de crédito da Desenvolve MT, Alysson José Silva Lopes Elias, com duração de quatro horas por meio de uma plataforma de ensino à distância.

Os participantes vão conhecer as linhas de crédito bem como o todo o processo de preenchimento de cadastro e documentos. Cada corresponde é treinando para dar suporte em todo o processo de solicitação de crédito facilitando assim o encaminhamento das propostas de crédito para a Desenvolve MT.

A Monica Ferreira Porto, do município de Barra do Garças, aproveitou a oportunidade para sanar as dúvidas sobre o financiamento e já pretende auxiliar os empreendedores da região. “Vamos atrás das empresas que não conseguiram crédito no primeiro momento, entender o motivo e voltar e pedir novamente a operação na Desenvolve MT’’.

Veja Também:  Atletas de Tangará da Serra participam do Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso

No final do curso, os correspondentes vão receber uma relação dos empreendedores de cada município que não conseguiram acessar o crédito da Desenvolve MT para auxiliá-los e tentar resolver a demanda, objetivo principal da parceria.

O próximo curso deve ocorrer no final do mês de setembro com novos parceiros.

Fonte: GOV MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Inscrições para cursos técnicos gratuitos são prorrogadas para 1° de setembro

Publicado

Os cursos são de Operador de Computador e Promotor de Vendas. As turmas de 50 alunos cada serão coordenadas pelas Escolas Técnicas do Estado (ETE) e na região Sul ainda há vagas disponíveis
Camila Paulino | Seciteci

Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cada – Foto por: Camila Paulino – Seciteci

Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cadaEncerram na próxima semana dia 1° de setembro (terça-feira), as inscrições para os cursos gratuitos de Operador de Computador e Promotor de Vendas, promovidos na modalidade de ensino à distância (EAD), pela a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), que oferta 1.600 vagas. As inscrições podem ser feitas AQUI.

O secretário da Seciteci, Nilton Borgato, explica que as turmas de 50 alunos cada, serão coordenadas pelas Escolas Técnicas do Estado (ETE) e que na região Sul ainda há vagas disponíveis.

“Algumas unidades já preencheram todas as vagas, mas por ser em formato EAD podemos remanejar os alunos. A ETE de Rondonópolis, por exemplo, ainda tem algumas vagas disponíveis, então os interessados aproveitem a oportunidade e já se inscrevam, para não perderem o prazo, que se encerrava dia 28 de agosto e agora prorrogamos para o dia 1º de setembro”, falou o gestor.

Veja Também:  TJ abre processo seletivo no Mato Grosso, vagas para Barra do Bugres

O objetivo principal é capacitar o maior número de profissionais para o mercado de trabalho, diminuindo as desigualdades sociais e ampliando a geração de emprego e renda no Estado.

“No primeiro semestre oferecemos em parceria com o governo federal 650 vagas, que foram rapidamente preenchidas. Na ocasião, recebemos quase cinco mil inscrições e devido a essa grande demanda, nos reunimos com a equipe técnica e decidimos ampliar esse atendimento, agora com recursos próprios da Secretaria”, afirmou.

Os cursos, que são de Formação Inicial e Continuada (FIC), com carga horária de 160 horas cada, serão ministrados em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA).

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano do Carmo, reforça que neste momento de isolamento social devido à pandemia da Covid-19, os cursos EAD se tornaram ainda mais necessários para a qualificação profissional e a Secitec vai de encontro a esta demanda, ao beneficiar centenas de pessoas, por meio destes cursos profissionalizantes.

“A sociedade está se adequando aos novos formatos de convivência social e também de estudos, que inclusive, é uma excelente maneira de ocupar o tempo de forma produtiva. Neste contexto, o EAD se tornou fundamental para o processo de qualificação profissional” ressaltou.

Veja Também:  Acadêmicos de Direito da UNEMAT de Barra do Bugres realizam a V Semana Jurídica

As ETE’s que vão coordenar os cursos são: Cuiabá (6 turmas, sendo 3 para cada curso), Sinop (4), Rondonópolis (10), Alta Floresta (2), Barra do Garças (2), Lucas do Rio Verde (2), Tangará da Serra (2) e Diamantino (2).

A Seciteci divulgará a lista com as matrículas deferidas no dia 2 de setembro. A previsão para o início das aulas é dia 8 de setembro. Os alunos receberão certificados após a conclusão do curso. O edital pode ser acessado AQUI.

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

O QUE VOCÊ ESTÁ ACHANDO DA GESTÃO DO GOVERNADOR MAURO MENDES ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana