conecte-se conosco


Policial

Batalhão Ambiental e Sema resgatam tartarugas encontradas em sacolas no Rio das Mortes

Publicados

em


Um trabalho integrado entre agentes do Batalhão de Proteção Ambiental e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) resultou no resgate de dezenas de tartarugas encontradas em sacos no leito do Rio das Mortes, no Parque Estadual do Araguaia, em Novo Santo Antônio (1.063 km de Cuiabá).

A equipe realizava patrulhamento fluvial depois que denúncias apontavam que caçadores estariam no entorno escondidos entre galhos e folhagens. Um dos criminosos foi visto, mas conseguiu fugir, antes da chegada dos agentes. Ele deixou uma embarcação com motor e vários sacos com os animais vivos.

No mesmo local, foram apreendidos mais duas embarcações, sendo uma de alumínio, duas canoas, dois motores, redes de pesca, um moto de 40 HP, galões de combustível. Mais sacos com tartarugas foram encontrados no leito do rio e algumas com o casco para baixo evitando que fugisse, além de mais um motor de rabeta, 32 boias com linhas de anzol e duas redes de pesca. Um bicicleta infantil também estava no local. Todas as tartarugas foram soltas em seu habitat natural logo depois de tiradas dos sacos. Nenhum suspeito foi identificado ou preso.

Veja Também:  Sesp apreende quase 2.000kg de drogas em nove meses

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em flagrante o autor do atropelamento de um ciclista, ocorrido no sábado (31.07), na Rodovia MT 251, em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá). O suspeito, de 42 anos, confessou os fatos e foi autuado em flagrante por homicídio culposo no trânsito, fuga do local de crime e fraude processual, uma vez que estava retirando as peças do veículo para ocultar vestígios do acidente.

O corpo da vítima Plínio Riuji Suzuki de 37 anos foi localizado na noite de sábado (31) às margens da Rodovia MT 251 ao lado da sua bicicleta, a qual apresentava danos causados pelo choque causado por outro no veículo, que não estava no local dos fatos, indicando omissão de socorro e fuga de local de crime após o acidente.

Imediatamente após a localização do corpo, os policiais da Delegacia de Chapada dos Guimarães iniciaram as diligências e durante os trabalhos receberam a denúncia de uma testemunha que presenciou o acidente. Segundo as informações, o veículo Fiat Uno, modelo antigo, de cor prata e com teto preto foi o causador do acidente.

Veja Também:  Em Denise, PM desmonta grupo suspeito de praticar estelionato com venda de filtros de água

Com a identificação do possível suspeito, os policiais iniciaram as buscas para localizá-lo em diversos endereços e chácaras de Chapada dos Guimarães. Neste domingo (01.08), os investigadores receberam nova informação de que o suspeito estava em um bar na entrada da cidade. Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito tentou fugir para uma região de mata, porém acabou detido.

Questionado, ele confessou ser o autor do atropelamento e disse que após os fatos escondeu o veículo em uma chácara na região do Acora, onde estava desmontando as peças do carro para tentar apagar as evidências do acidente. Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Chapada dos Guimarães, onde após ser interrogado pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth, foi lavrado o flagrante.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil deflagra operação para prender líderes de associação criminosa atuante em Ribeirão Cascalheira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ribeirão Cascalheira, deflagrou na sexta-feira (30.07) operação para cumprimento de quatro  mandados de prisão contra líderes de associação criminosa atuantes no município.

A Operação Êxodo tinha o objetivo de desarticular o grupo criminoso que atua em Ribeirão Cascalheira e em outros municípios do médio Araguaia, na prática de diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas, furtos  e entre outras ações violentas.

Os mandados tinham como alvo líderes da associação criminosa. Até o momento, três dos suspeitos foram presos e o quarto continua foragido.

Durante os cumprimentos foram localizados e recuperados parte de objetos e valores em espécie,  frutos de um furto ocorrido no município, além de armas, munições, drogas, materiais e apetrechos utilizados para o tráfico de entorpecentes.

Após localização da arma uma das suspeitas informou acerca da existência de munições, então a equipe se deslocou até a residência onde constatou a existência de outras munições, apetrechos utilizados para tráfico de drogas, porção de drogas , anotações dentre outros.

Veja Também:  Polícia Civil prende suspeito de tráfico de drogas em Lucas do Rio Verde

Os presos durante a operação foram conduzidos ao presídio Major Zuzi e à cadeia pública feminina em Nova Xavantina.

Participaram da operação a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira com apoio dos policiais civis de Água Boa, coordenados pelo delegado Sergio Luís Henrique de Almeida.

A operação foi coordenada pelo delegado de Ribeirão Cascalheira,  Sergio Luís Henrique de Almeida, com apoio de policiais civis de Água Boa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana