conecte-se conosco


Carros e Motos

BMW revela novo veículo de competição, que poderá ir para Le Mans

Publicados

em

source
BMW M Hybrid V8 contará com motor elétrico auxiliar de 67 cv como parte do conjunto mecânico
Divulgação

BMW M Hybrid V8 contará com motor elétrico auxiliar de 67 cv como parte do conjunto mecânico

A junção do regulamento entre a IMSA e o ACO, os representantes dos campeonatos de Endurance dos Estados Unidos e das 24 horas de Le Mans, respectivamente, atraíram diversas montadoras para as categorias máximas das provas de longa duração.

O BMW M Hybrid V8 será o representante da marca para competir no campeonato norte-americano de Endurance, e será concorrente de Acura , Audi , Porsche e Cadillac , que passarão a competir no próximo ano. 

“A tarefa mais desafiadora para a equipe de design do programa LMDh é criar um protótipo que seja claramente reconhecido como um carro da divisão M Motorsport da BMW, e acredito que fizemos um bom trabalho neste sentido.” Declarou Franciscus van Meel, CEO da divisão M da BMW.

Veja Também:  GM mostra teaser dos novos Tracker e Trailblazer, que estarão em Xangai

Esse reconhecimento fica visível na dianteira do veículo, onde os desenhistas conseguiram moldar duas grandes entradas de ar remetendo o tradicional duplo-rim dos modelos BMW . Os retrovisores também receberam um detalhe de “gancho” tradicional nos modelo M.

A pintura de lançamento é uma celebração aos 50 anos da divisão M da BMW , e segundo a marca, é possível enxergar referências à modelos clássicos de competição da BMW na América do Norte como a 3.0 CSL , M1/C , 320i Turbo , E36 GTS-2 , e as mais recentes Z4 GTLM e M8 GTE .

Esse visual deve ser utilizado apenas em testes, para que os eventuais concorrentes não descubram recursos aerodinâmicos do M Hybrid V8 . Apesar de ter sido fabricado para o IMSA WeatherTech SportsCar Championship, é possível que o carro dispute as 24 horas de Le Mans no futuro, graças à união dos regulamentos.

O chassis do M Hybrid V8 será construído pela italiana Dallara, e será equipado como sugere o nome, com um motor V8, derivado do campeonato de turismo alemão, o DTM.

Veja Também:  BYD confirma participação no São Paulo Motor Experience 2022

O motor batizado de P66 era aspirado e foi usado entre 2012 e 2018, sendo capaz de produzir até 500 cv de potência. Agora, ele recebe injeção direta de combustível e dois turbocompressores e não teve a potência divulgada.

Segundo o regulamento, o veículo deve produzir até 697 cv, já contando com a potência do sistema híbrido , que não pode passar dos 67 cv.

Apesar de ser elegível para competir nas 24 horas de Le Mans, os planos da BMW estão restritos à América do Norte no momento, mas a possibilidade está aberta.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Nova geração do Honda Civic Type R terá cinco cores nos EUA

Publicados

em

Por


Honda Civic Type R vai competir com VV Golf GTI, Renault Megane RS, Hyundai Elantra N  e Toyota Corolla GR
Divulgação

Honda Civic Type R vai competir com VV Golf GTI, Renault Megane RS, Hyundai Elantra N e Toyota Corolla GR

A próxima geração do Honda Civic Type R está chegando e, embora ainda não há informações técnicas confirmadas, por meio de um membro do Forum Civic 11 que tem acesso a informações de concessionárias nos EUA descobriu que o esportivo terá cinco opções de pintura.

Entre elas, o mercado norte-americano receberá  as cores Crystal Black Pearl (preto), Boost Blue Pearl (azul), Sonic Grey Pearl (cinza), Rallye Red (vermelho) e Championship White (branco), sem dúvida as mais famosa de todas as cores do Honda Civic Type R.

Segundo informações da concessionária local da Honda , as cinco opções de cores serão contrastadas com detalhes pretos e vermelhos, assim como o antigo modelo da geração FK8. De fato, todas as cores do novo Civic Type R também estavam disponíveis com o FK8.

Veja Também:  VW revela o ID.Aero, o sedã elétrico que entra no lugar do Passat

Também foi confirmado que o código do chassi do novo carro será FL5 e se destacará com uma série de modificações de estilo e aerodinâmica , sendo a mais óbvia a instalação de uma grande asa traseira.

Ainda não há detalhes oficiais sobre o conjunto mecânico do esportivo, mas sabe-se que o carro terá motor Honda 2.0 VTEC , de quatro cilindros.

Na especificação européia, este motor produzia 306 cv de potência e torque de 40,8 kgfm, enquanto em mercados como Japão e Austrália, ele foi aumentado para 316 cv . Assim, espera-se que a nova geração entregue mais de 320 cv.

Parece provável que a Honda comemore o lançamento do novo carro, confirmando-o como tendo estabelecido um novo recorde de carro de produção de tração dianteira em Nurburgring. Para isso, será necessário superar o tempo de volta de 7:40.10 estabelecido pelo Renault Megane R.S. Troféu-R em 2019.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Citroën lança novo SUV elétrico ë-C4 X e C4 X a combustão na Europa

Publicados

em

Por

Citroën ë-C4 X carrega de 0 a 80% das  baterias em 30 minutos, de acordo com dados da fabricante
Divulgação

Citroën ë-C4 X carrega de 0 a 80% das baterias em 30 minutos, de acordo com dados da fabricante

A Citroën lança o C4X e sua variante elétrica, ë-C4 X no mercado europeu. O carro é uma evolução do C4 atualmente vendido na Europa, trazendo uma carroceria SUV coupé mais alongada que o C4 tradicional.

“Estamos entusiasmados com a oportunidade apresentada pelos novos modelos ë-C4 X e C4 X , pois eles contribuem significativamente para a nossa presença de marca e objetivos de expansão de vendas, especialmente para mercados internacionais, bem como a Europa”, disse Vincent Cobée, CEO da Citroën.

O C4 X e sua variante elétrica possuem o mesmo visual dianteiro do modelo “tradicional” com os faróis em dois elementos, sendo um deles um fino LED que funciona como DRL e se conecta com o Duplo Chevron da Citroën.

O novo Citroën é envolvido por plásticos acinzentados nas caixas de rodas, base dos para-choques e nas portas possui os airbumps , que dão proteção adicional contra pequenas colisões  por conta de sua abertura em estacionamentos, por exemplo, e reforçam o visual SUV do C4 X .

Veja Também:  Renault Kwid elétrico chega no 2º semestre com 321 km de autonomia

A diferença para o C4 aparece a partir da coluna central, com o X tendo um entre eixos 9 cm maior, totalizando 2,76 metros  e nas dimensões totais, seus 4,6  metros de comprimento, o dão tamanho similar ao C4 Lounge sedã vendido no Brasil até 2020, com a maior diferença estando na altura.

A maior diferença para o C4 europeu é a traseira, que agora além de ter sido alongada, conta com novas lanternas, que ajudam a aumentar ainda mais a percepção de se tratar de um carro sedã.

Citroen ë-C4 X conta com central multimídia conectada à internet e boa habitabilidade entre os destaques
Divulgação

Citroen ë-C4 X conta com central multimídia conectada à internet e boa habitabilidade entre os destaques

O carro comporta cinco adultos com conforto, é equipado com teto panorâmico nas versões topo de linha e possui um amplo porta-malas, de até 510 litros de capacidade e  que pode ser expandido ao rebater os bancos. No interior há materiais de alta qualidade, com um desenho moderno , a central multimídia “My Citroën Drive Plus” possui tela de  10 polegadas e conectividade sem fio com Android Auto e Apple CarPlay.

O painel também é digital e pode ser customizável e pode ser complementado com um sistema de Head-up-Display que projeta informações no para-brisa do veículo, para que o condutor do veículo tenha dados de velocidade, por exemplo, sem  tirar os olhos da via.

Veja Também:  Chevrolet Equinox deverá ganhar novo motor em 2023, diz site americano

Os modelos ainda contam com controle de cruzeiro adaptativo , frenagem automática de emergência que detecta pedestres e ciclistas até à noite, assistente de manutenção em faixa, alerta de ponto cego, câmera 360° de estacionamento. O modelo elétrico ë-C4  X trará um conjunto de alta eficiência, com motor de 100 kW (136 cv) e 26 Kgfm de torque disponíveis instantaneamente podem levar o ë-C4 X de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e as baterias de 50 kWh permitem 360 km de autonomia no ciclo WLTP.

A Citroën informa que o modelo é compatível com recargas rápidas de até 100 kW, o que significa que o modelo consegue 10 km de autonomia por minuto carregado nessas condições, e uma carga de 0 a 80% ocorre em apenas 30 minutos.

O C4X com motor térmico será equipado com propulsores da família PureTech, que são turbo alimentados e contam com injeção direta e irão oferecer 102 ou 130 cv e o câmbio pode ser manual de seis velocidades, ou automático de oito marchas.

A versão Blue HDi é equipada com um motor 1.5 turbodiesel de também 130 cv e câmbio de oito marchas. Os novos Citroën C4 X serão fabricados na Espanha, no Polo Automotivo da Stellantis em Madri, e começará a ser vendido nos principais mercados europeus, asiáticos e no Oriente Médio a partir de outubro.

Não há previsão para o novo C4 X ou até mesmo sua versão elétrica chegarem ao Brasil, mesmo a Citroën tendo expandido sua rede de concessionários autorizados a vender e reparar seus modelos elétricos.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana