conecte-se conosco


Política Nacional

Bolsonaro participa de solenidade de promoção de oficiais-generais

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (12) da solenidade de promoção de oficiais-generais do Exército, em Brasília. Ao parabenizar os recém-promovidos, Bolsonaro disse que a confiança na corporação, no “momento difícil que nós atravessamos”, dá “a certeza de que o Brasil está no caminho certo e brevemente voltará ao patamar da paz, da tranquilidade e do progresso”.

“Se o Brasil vive momentos difíceis, em grande parte nos conforta a união aos princípios e aos valores dos seus militares. Em todo o momento que a pátria os chamou, os senhores estiveram presentes. Isso conforta ao governo e ao seu povo”, disse.

O presidente estava acompanhado pelo vice-presidente Hamilton Mourão e por ministros de Estado. No evento, os novos generais do Exército também receberam a medalha da Ordem do Mérito Militar por serviços prestados. À tarde, no Palácio do Planalto, haverá cerimônia de cumprimentos aos oficiais-generais promovidos.

O decreto de promoção foi publicado em 28 de julho no Diário Oficial da União.

Edição: Lílian Beraldo

Veja Também:  Relator apresenta parecer à reforma da Previdência amanhã

Comentários Facebook
Propaganda

Política Nacional

Senado aprova alteração nas regras dos fundos constitucionais

Publicados

em


O Senado aprovou hoje (21) a Medida Provisória (MP) que altera as regras dos fundos constitucionais do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). O texto já havia passado pela Câmara e agora segue para sanção presidencial.

Os fundos constitucionais foram criados para promover o desenvolvimento econômico e social das três regiões por meio do financiamento aos setores produtivos, a exemplo do agronegócio e do turismo. Esse fomento é feito a partir de bancos federais regionais – da Amazônia (Basa) e do Nordeste (BNB) – ou do Banco do Brasil.

Entre outros pontos, a MP diferencia custos de operações financeiras conforme o porte do tomador de recursos dos fundos. A proposta altera ainda regras do Fundo Garantidor de Infraestrutura (FGIE), permitindo apoio a concessões públicas e parcerias público-privadas da União, dos estados e dos municípios.

Ao editar a MP, em maio, o governo havia argumentado que ela seria importante para continuar desenvolvendo as regiões do país. Chamou de “imperiosa necessidade de se garantir a contínua execução da Política Nacional de Desenvolvimento Regional”. O governo citou a urgência da necessidade de mecanismos efetivos de alocação de recursos para investimentos que promovam o desenvolvimento das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, além da necessidade de se promover um reequilíbrio entre as receitas e despesas dos fundos constitucionais de financiamento.

Veja Também:  Em depoimento na CPI do BNDES, ex-presidente do banco nega denúncias de tráfico de influência

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Câmara aprova mudança na estrutura de cargos do MPU

Publicados

em


A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (21) o projeto de lei que transforma 141 cargos efetivos de técnico do Ministério Público da União (MPU) em oito cargos de procurador de Justiça e em 164 cargos em comissão de cinco níveis de remuneração. A proposta seguirá para o Senado.

A proposta é oriunda do MPU e as mudanças nos cargos são restritas no âmbito do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Os cargos em comissão serão obrigatoriamente preenchidos por servidores públicos efetivos.

Segundo a justificativa do procurador-geral, Augusto Aras, a medida tem o objetivo adequar a estrutura do MPDFT após lei que criou mais oito cargos de desembargadores, em 2016. Aras argumentou que uma nova sistemática de arquivamentos no Ministério Público proposta em 2019 também aumentará o quantitativo de procedimentos (inquéritos policiais e termos circunstanciados) a serem submetidos e analisados pelas Câmaras de Coordenação e Revisão do MPDFT.

Ainda de acordo com o PGR, “não haverá aumento das despesas a serem suportadas, ao menos num primeiro momento, em razão de que a alteração proposta mantém a despesa em seus patamares atuais”.

Veja Também:  Pedido de criação da CPI dos Tribunais Superiores será reapresentado

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana