conecte-se conosco


Entretenimento

Bruna Biancardi fatura cerca de R$ 100 mil por mês como influenciadora

Publicados

em

source
Bruna Biancardi em foto das redes sociais com Neymar
Reprodução/Instagram – 23.05.2022

Bruna Biancardi em foto das redes sociais com Neymar


Namorada de um dos jogadores mais famosos do mundo, Bruna Biancardi poderia ter se utilizado do status da relação para alavancar sua carreira como influenciadora. No radar desde que começou a se relacionar com Neymar, há cerca de um ano, a moça tem números expressivos nas redes sociais, sobretudo no Instagram, em que concentra a maior parte de suas publis. Mas, discreta, ela não reajustou seus valores ou usou do namoro como trampolim para atrair novos negócios.

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Biancardi, que há cerca de um mês apareceu usando uma aliança de compromisso junto com Neymar (ele também!), tem feito muitos vídeos e fotos na casa do brasileiro em Paris, onde passa praticamente metade do mês. O que lhe proporciona continuar trabalhando sem abriri mão do relacionamento.


Em seu media kit, ela é “anunciada” como “paulistana, de 28 anos, formada em moda e especializada em marketing digital, apaixonada por viagens, gastronomia, beleza, pets, vida saudável e pelos principais assuntos do universo feminino”. O texto de apresentação ainda enaltece sua forma de compartilhar o dia a dia e seu estilo de vida. Nenhuma citação ao namoro. O que a faz ganhar pontos no mercado.

+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

“Ela não precisa dizer quem é. Qualquer pessoa minimamente antenada vai saber que ela é a atual namorada de Neymar. E agora eles estão assumidíssimos. O que para algumas marcas é bom e para outras não. Depende do público que se quer atingir. E é inteligente da parte dela não fazer essa associação”, explica uma fonte de uma marca que já contratou Bruna.

Para colocar um produto em suas redes sociais, Bruna cobra entre R$ 8 mil por post no feed, e R$ 10,5 mil por reels. Isso se o cliente quiser uma parceria mensal. Numa configuralção trimestral, a influenciadora oferece um post no feed + três stories por R$ 13 mil ao mês, e um reels + três stories, R$ 15 mil mensais.

Veja Também:  Marido de Jojo Todynho nega ser sustentado por cantora: 'Eu trabalho'

Biancardi tem muito claro seu público alvo: 1,3 milhão de seguidores, na faixa de 25 a 34 anos, sendo 61% deles do público feminino, e 81% brasileiros. No último mês, ela faturou cerca de R$ 100 mil.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Ludmilla bloqueia Luciano Huck por engano no WhatsApp

Publicados

em

Por

Ludmilla bloqueia Luciano Huck por engano no WhatsApp
The Music Journal Brazil

Ludmilla bloqueia Luciano Huck por engano no WhatsApp

A cantora pop Ludmilla foi ao seu perfil oficial no Instagram para falar sobre uma gafe que ela cometeu: ela acabou bloqueando o apresentador Luciano Huck no WhatsApp , acreditando que o contato se passava por outra pessoa, com a foto do artista. Ela comentou sobre o ocorrido nesta terça-feira (28).

“Gente, e eu que bloqueei o Luciano Huck ontem achando que era um fake”, escreveu Ludmilla em seus Stories.

Luciano Huck escreveu no WhatsApp : “Lud. Luciano H., este número ainda é seu? Fiquei na dúvida”. Quando Ludmilla viu esta frase, acabou bloqueando o contato.

Pouco tempo depois, ela teve a confirmação de que a mensagem era mesmo do apresentador, depois que ela fez o mesmo questionamento no Instagram dele.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Marido de Jojo Todynho nega ser sustentado por cantora: 'Eu trabalho'
Continue lendo

Entretenimento

Gabriel Sater se emociona ao tocar ‘Amor de Índio’ em show

Publicados

em

Por

Gabriel Sater canta o tema de Juma e Jove em 'Pantanal'
Reprodução/Instagram

Gabriel Sater canta o tema de Juma e Jove em ‘Pantanal’

“Se todo amor é sagrado…”. A trilha sonora de (Alanis Guillen) e Jove (Jesuita Barbosa), em “Pantanal”, já é sucesso. Gabriel Sater, que regravou “Amor de índio” ao lado do maestro João Carlos Martins, comprovou isso de perto.

O Trindade da novela registrou em suas redes sociais o primeiro show em que cantou o clássico para o público e descreveu que foi difícil segurar a emoção.

“Olha só que momento lindo foi ‘Amor de Índio’ pela primeira vez no nosso repertório de show. Foi difícil conter a emoção! O clipe oficial da música já está disponível no meu canal do Youtube. Quem aí já assistiu?!”, escreveu o ator e cantor.

Enquanto a melodia tocava, o público segurava luzes em meio a noite escura do local do show que ocorreu em Caçapava, São Paulo. No último domingo, o filho de Almir Sater descreveu o sentimento de estar de volta aos palcos depois de dois anos e meio longe.


“Noite sensacional e inesquecível! Que energia e público maravilhoso! Depois de 2 anos e meio longe dos palcos, retorno mais que emocionante em um show histórico que bateu recorde de público (segundo a prefeitura de Caçapava, foram 20 mil expectadores)”, disse. 

O clipe foi lançado no último dia 25. Em entrevista ao EXTRA, Gabriel Sater disse que não esperava que a regravação fosse entrar na trilha da novela:

“Eu gravei a minha parte no Pantanal e o maestro gravou em São Paulo. Até fazer o single, a gente não tinha nenhuma ideia de que essa música entraria na novela. Eu mandei pra direção só para conhecimento deles. Aí a assessora da novela me liga pra perguntar o que eu achava de “Amor de índio” entrar na trilha da novela. Comecei a chorar”.

Composição de Ronaldo Bastos e Beto Guedes, “Amor de índio” foi lançada originalmente em 1978 na voz do mineiro, no LP que levava o nome da canção, hoje considerada um clássico da MPB.

“Recentemente, recebi uma mensagem da esposa do Beto dizendo que ele amou a versão, Ronaldo também”, orgulha-se Gabriel.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Simone e Simaria ganham disputa do Domingo Legal e programa lidera a audiência
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana