conecte-se conosco


Agronegócio

CAFÉ/CEPEA: Preço do arábica avança 13% no mês

Publicados

em


Cepea, 1º/12/2021 – As cotações do café arábica subiram em novembro, apesar das baixas observadas nos últimos dias do mês. No acumulado (de 29 de outubro a 30 de novembro), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, avançou 13,04%, fechando a R$ 1.420,09/saca de 60 kg – vale lembrar que, na quinta-feira, 25, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 1.466,92/saca de 60 kg, o maior patamar real desde 20 de dezembro de 1999 e novo recorde nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 1996 (valores deflacionados pelo IGP-DI de out/21). Segundo pesquisadores do Cepea, além da alta dos futuros, agentes nacionais seguem muito afastados do mercado spot, na expectativa de preços ainda maiores. Nos últimos dias do mês, especificamente, o recuo esteve atrelado a temores relacionados ao aparecimento de uma nova variante do coronavírus *e seu possível impacto na demanda mundial de café. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Veja Também:  MILHO/CEPEA: Possível maior oferta pressiona valores internos

* atualizado às 10h44 de 1º/12/2021

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio

Fernando Cadore participa do Ticaracaticast e destaca a sustentabilidade no agro

Publicados

em

Por


Fortalecimento Institucional

Fernando Cadore participa do Ticaracaticast e destaca a sustentabilidade no agro

A entrevista do presidente da Aprosoja-MT foi transmitida em rede nacional, nesta quinta-feira (27.01), em São Paulo

27/01/2022

Durante a conversa com os apresentadores do Ticaracaticast, Carioca e Bola, no episódio desta quinta-feira (27.01), o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore, falou que o Brasil é hoje o país que mais preserva. Destacou Mato Grosso que utiliza somente cerca de 10% do seu território para plantar, isso representa cerca de 10 milhões de hectares.

 “Mato Grosso é o Estado que mais produz e que mais conserva no Brasil. É muito gratificante representar a Aprosoja-MT e dizer que somos o maior produtor de grãos do país”, disse Cadore.

Representando quase 8 mil produtores rurais, Cadore destacou que a soja e o milho trazem segurança alimentar, pois se transformam em inúmeros produtos. “A soja é responsável por 40% da proteína vegetal nos alimentos e é a base proteica da alimentação animal, além da produção do biodiesel em 35 mil toneladas”, destacou o presidente.

Veja Também:  Altos custos na produção de soja preocupam agricultores de Mato Grosso

Cadore disse que a região Centro-oeste pode ser o maior celeiro do mundo, mas são necessários investimentos em estradas. “Nossa produção assusta, Mato Grosso cresceu ao ano cerca de 4% a 5%, mas não evoluiu na mesma velocidade na infraestrutura, isso precisa melhorar, já que a soja poderá ser o alimento do futuro”.

A partir de agora, duas vezes na semana o Ticaracaticas, com apoio da Aprosoja-MT vai apresentar suas ações do agro brasileiro, duas vezes por semana.

Quer ver o rever a participação do Cadore? Clique no link.

Fonte: Rosangela Milles

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agronegócio

SUÍNOS/CEPEA: Com maior oferta e demanda fraca, preços têm forte queda

Publicados

em

Por


Cepea, 27/01/2022 – Os valores do suíno vivo têm registrado forte baixa neste mês, devido à combinação de maior oferta de animais e de carne suína e de demanda enfraquecida pela proteína. Assim, conforme indicam dados do Cepea, os preços estão no menor patamar real (valores deflacionados pelo IGP-DI de dez/21) desde agosto de 2018 na maioria das regiões. Quanto aos principais insumos utilizados na atividade, milho e farelo de soja, os valores têm tido alta expressiva em janeiro, devido à combinação de baixa disponibilidade e procura elevada. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  BOI/CEPEA: Pastagem ruim limita demanda por animais de reposição; preço cai
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana