conecte-se conosco


Mulher

Candidíase: excesso de roupas no inverno pode favorecer a infecção

Publicados

em


source

Alto Astral

Candidíase: excesso de roupas no inverno pode favorecer a infecção
Reprodução: Alto Astral

Candidíase: excesso de roupas no inverno pode favorecer a infecção

Muito se fala sobre os problemas íntimos no verão, devido ao uso de piscinas e roupas de banho que costumam permanecer úmidas no corpo. Mas engana-se quem pensa que tais condições só afetam as regiões genitais femininas durante o calor, viu? Alguns hábitos do inverno podem ser verdadeiros vilões para a saúde íntima da mulher.

No frio, a primeira reação é usar mais roupas do que o normal para se proteger das baixas temperaturas. O acumulo de tecidos, porém, impede a ventilação e chegada de luz natural à vagina, favorecendo a proliferação dos fungos, principalmente quando associado a outros costumes prejudiciais, como o consumo excessivo de carboidratos, guloseimas e álcool. Nesse cenário, o fungo candida albicans , causador da candidíase, pode se proliferar com maior frequência e dar início à doença.

De olho nos sintomas

Segundo a ginecologista do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) Emybleia Meneses, é fundamental saber reconhecer os sinais típicos da candidíase. Dessa forma, é mais fácil identificar a presença da infecção e já buscar ajuda de um profissional.

Veja Também:  Mãe viraliza ao usar peixe de brinquedo para bebê não acordar

Entre os principais, ela cita:

  • ardência;
  • prurido;
  • secreção esbranquiçada, principalmente na vulva da vagina;
  • pode atingir boca, virilha e dedos;
  • possível incômodo ao urinar.

“O tratamento é feito com medicamentos por via oral ou pomada cutânea. Além disso, há enfermidades que podem baixar a imunidade, como gripe, resfriado e até mesmo a Covid-19, favorecendo esse quadro”, pontua a médica.

Você viu?

Mudança de hábitos

Embora estações e temperaturas sejam um fator para o aparecimento e agravamento da doença, mudar alguns hábitos pode ser o suficiente para evitar a condição. Para Emybleia, ajustes no estilo de vida são realmente efetivos nesse combate: “evite excessos de roupa, dietas ricas em açúcar, alimentos processados e farinha branca, sono irregular, automedicação e sedentarismo”, indica.

Mas como recorrer a menos roupas e ainda assim manter-se aquecido? A proteção contra o frio é primordial para a saúde, portanto, vale deixar de lado o acumulo de peças em momentos de maior aquecimento, como em casa, por exemplo. Nesse sentido, a especialista orienta ainda deixar de lado tecidos sintéticos, justos e úmidos e relembra que os homens também devem seguir tais orientações, visto que a enfermidade pode atingir ambos os sexos.

Veja Também:  Três máscaras capilares caseiras para cuidar bem dos fios

É importante pontuar também o impacto emocional na candidíase, especialmente durante a pandemia e o isolamento social. “O medo de desenvolver a doença, ansiedade e tristeza pela instabilidade e morte de pessoas queridas são responsáveis também pela redução da imunidade, predispondo o organismo a uma série de doenças, inclusive essa”, enfatiza a médica.

Fonte: Emybleia Meneses, médica ginecologista do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE).

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

Saúde mental: pets podem ser aliados no combate ao estresse

Publicados

em


source
Saúde mental: pets podem ser aliados no combate ao estresse
Reprodução: Alto Astral

Saúde mental: pets podem ser aliados no combate ao estresse

Não é novidade para ninguém que casos de depressão, ansiedade e estresse aumentaram devido à insegurança perante o futuro, em relação aos mais diversos fatores e também à pandemia. E, nesse momento, muito se fala sobre as formas de tratar esses problemas… Saiba que os pets podem fazer toda a diferença, sendo aliados da nossa saúde mental. Afinal, nada melhor do que chegar em casa e ser recebido pelos pulos de seu cachorro ou pelo afago de seu gato, não é mesmo?

O Instituto de Pesquisa Animal Waltham Pet Care Science aponta que cuidar de um ser vivo com necessidades específicas, como um gato ou cão, pode aumentar os níveis de ocitocina e diminuir os níveis de estresse.

Mais: o bichano pode ter um papel muito importante, pois ele também é uma companhia que pode amenizar a sensação de solidão, além de ajudar a detectar atitudes, gestos, olhares e emoções dos seus tutores e, assim, a reduzirem a ansiedade.

Veja Também:  Lua Crescente em Libra: foco nas relações

Auxilio na manutenção do equilíbrio emocional

Além disso, acariciar os pelos de um animal, por exemplo, ou fazer outras atividades, como levá-lo para passear, brincar e alimentar, pode proporcionar algum alívio emocional, especialmente em momentos difíceis como os de ansiedade.

“Normalmente, os animais que iniciam a sua interação com humanos ainda filhotes têm mais facilidade para reconhecer e se adaptar ao ambiente e conseguem perceber quando há alguma mudança no estado emocional, principalmente quando essas mudanças são negativas”, explica Priscila Rizelo, veterinária.

Além disso, segundo Marilene Kehdi, psicóloga, é comprovado que ter um animal de estimação reduz os níveis de estresse, tristeza, ansiedade, melhora o estado de depressão e desperta emoções positivas. “Os animais deixam as pessoas mais felizes. Melhoram a qualidade de vida da família, de todas as idades”, explica.

De acordo com Ana Carolina Ratajczyk Puig, psicóloga, ter um animal em casa pode contribuir com a redução de problemas mentais. Porém, é importante pontuar de que não devemos atribuir a solução dos nossos problemas ao animal de estimação.

Veja Também:  A sabedoria presente no Jogo de Búzios: entenda o Orixá pessoal

Benefícios de um pet para a saúde mental

Os ganhos de ter um pet são inúmeros. “Ajuda o seu tutor a socializar, aumenta a motivação, promove a liberação de hormônios do bem-estar, estimula o exercício físico tanto para a saúde mental quanto para a física”, explica Kehdi.

Também auxilia a fortalecer a responsabilidade, incentiva o contato com a natureza e o mundo externo e, também, ajuda na elaboração emocional em situações difíceis como o luto, por exemplo. O tutor pode sentir-se útil ao cuidar de um bichinho também.

É importante frisar que a escolha de se tornar um tutor de pet é de grande responsabilidade. Por isso, deve-se considerar diversos fatores antes de receber um animal em casa. Além do compromisso financeiro, o bicho precisa de atenção e cuidados que podem consumir algumas horas do dia.

Fonte: Marilene Kehdi, psicóloga, especialista em atendimento clínico; Ana Carolina Ratajczyk Puig, psicóloga e Priscila Rizelo, Médica-Veterinária e Coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Felipe Dylon revela quem é a sua Musa do Verão

Publicados

em


source
Felipe Dylon revela quem é a sua Musa do Verão
Reprodução: Alto Astral

Felipe Dylon revela quem é a sua Musa do Verão

Quem não se lembra da música “Musa do Verão”, sucesso nos anos 2000 pela voz de Felipe Dylon? Pois bem, o artista teen , que encantou o coração de milhares de meninas durante sua carreira, está de romance com a empresária Mayra Wenzel, uma ex-fã.

Ao que tudo indica esse casal sempre teve tudo para dar certo, uma vez que Mayra é curte e acompanha a carreira de Felipe desde quando ele começou a cantar. Ela publicou no stories do Instagram que está namorando o artista. “Quem me conhece sabe o quanto a minha adolescência foi pautada no Felipe Dylon, ícone de uma geração de meninas completamente apaixonadas. A fanfic foi zerada (risos). Muito obrigado pelo carinho e pelas mensagens”, disse Mayra após o romance viralizar.

Quem acredita sempre alcança é uma das motivações de Mayra. “A nossa história é muito bonita, é de uma fã e um ídolo que se reencontram após muitos e muitos anos. Eu estive presente em muitos momentos da vida do Felipe, no início da carreira dele. Sempre foi extremamente atencioso e carinhoso comigo, assim como era com todas as fãs”, contou Mayra em entrevista ao UOL, SPLASH. A empresária vive em São Paulo e Felipe Dylon, no Rio de Janeiro. Ambos estão vacinados e agora podem se encontram um pouco mais.

Veja Também:  A sabedoria presente no Jogo de Búzios: entenda o Orixá pessoal

( Fonte: Famosos e Celebridades)

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana