conecte-se conosco


Entretenimento

Carlos Alberto de Nóbrega cita polêmica com Xororó: ‘Mágoa até hoje’

Publicados

em

source
Carlos Alberto e Xororó se envolveram em polêmica
Reprodução/Montagem 13.06.2022

Carlos Alberto e Xororó se envolveram em polêmica

Carlos Alberto de Nóbrega detalhou a polêmica envolvendo Sandy, Júnior e o pai da dupla, Xororó, no programa “A Praça é Nossa”. Na ocasião, no fim dos anos 1980, a dupla teve de se retirar da gravação do programa. 

O apresentador explicou que era muito rígido na época e se arrependeu da postura que teve. “É um mágoa que tenho até hoje. Sou muito rígido. Eles eram pequenos, foram convidados. Ficaram no camarim. Eu estava no estúdio gravando. Chegou uma notícia que estava problema no corredor, que os seguranças não estavam deixando os artistas passarem”, contou ao podcast Venus. 

“Eu fui lá, conversei com eles: ‘Isso é um lugar de respeito, ninguém vai sequestrar as crianças, são nossos convidados. Podem ficar na porta’. Eram dois ignorantes”, explicou. Carlos contou que continuou o programa e que Marcelo de Nóbrega, filho dele e diretor do programa, levou uma culpa que não é dele. 

Veja Também:  Duda Reis volta ao Rio e diz ter ansiedade: "vivi situações dolorosas"

“De repente o Marcelo volta e fala: ‘Pai, eles não saíram’. Eu falei: ‘Então manda embora porque eles não vão fazer o meu programa’. O Marcelo pagou por uma coisa que eu fiz. Porque no meu programa quem manda sou eu. Me arrependi? Sim, porque eram duas crianças. Em troca, eles nunca me perdoaram”, disse. 

30 anos após a situação, Carlos contou que encontrou Xororó e se desculpou. “Eu fui falar com ele: ‘Você não pode imaginar a tristeza que eu estou, queria pedir desculpas’. Ele falou: ‘Fiquei com vontade de dar um soco na cara do teu filho’. ‘Você devia dar, eu faria a mesma coisa'”, contou Carlos.

“‘Não foram os teus filhos, foram aqueles dois cafajestes [seguranças] que estavam lá’. Por tudo que tem de mais sagrado que foi isso. Me arrependi? Sim, mas eles não perdoaram. Que pena”, lamentou o apresentador. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Falha técnica faz apresentador da CNN pagar mico ao vivo; assista

Publicados

em

Por

Evandro Cini ficou incomodado com a falha técnica no CNN Novo Dia
Reprodução/CNN Brasil

Evandro Cini ficou incomodado com a falha técnica no CNN Novo Dia


Uma falha técnica colocou o apresentador Evandro Cini numa baita saia-justa durante o comando do CNN Novo Dia da última sexta-feira (1º): ao selecionar um vídeo no telão interativo do matinal da CNN Brasil, a equipe técnica cometeu uma falha e colocou ao vivo o advogado Ricardo Baronovsky no ar. O problema é que a maneira como entrou no vídeo foi beeeeem curiosa. E por pouco não beirou o constrangimento.


Cini havia selecionado no telão do programa a imagem da comentarista Thais Arbex para mostrar sua análise sobre a votação da PEC dos Benefícios. Em vez da equipe colocar automaticamente o vídeo da jornalista, entrou no ar as imagens do estúdio vizinho, onde Baronovsky esperava para fazer sua entrada ao vivo.

Veja Também:  Viih Tube faz homenagem a Rodrigo Mussi: 'Você é um milagre'

O problema é que o advogado estava, digamos, descontraído. Ele apareceu de costas para a câmera, deu uma alongada na coluna, e ainda por cima mexia em seu celular. A sorte é que a tela do aparelho não apareceu nítida no telão, então os telespectadores não conseguiram ver exatamente o que ele estava fazendo.

Cini, bastante sem graça, também se curvou para trás e soltou um “opa”. Além disso, estendeu o braço direito em direção ao telão e olhou diretamente para a equipe técnica, com um semblante visivelmente irritado por conta da falha. Veja:


Após a exibição completa da análise de Thais Arbex, o apresentador retomou a fala e não ignorou o erro, mas tentou aliviar a tensão. “Baronovsky apareceu balançando um pouquinho ali no começo, vendo o assunto que ele vai trazer no próximo Liberdade de Opinião, mas depois a gente conseguiu engatar a fala de Thais Arbex”, comentou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Brunch com drag queens? Ikaro Kadoshi comanda evento inédito em SP

Publicados

em

Por

Ikaro Kadoshi comandará a primeira edição do Drag Brunch Brasil, em São Paulo
Victor Ferreira Vivacqua

Ikaro Kadoshi comandará a primeira edição do Drag Brunch Brasil, em São Paulo


Além de  viajar o Brasil ao lado de Xuxa Meneghel para gravar o Caravana das Drags, reality show do Prime Video, Ikaro Kadoshi também está à frente de um projeto inédito no país: o Drag Brunch Brasil, evento que irá misturar a arte e cultura drag com serviço de brunch em um dos restaurantes mais badalados de São Paulo.


A primeira edição ocorrerá neste domingo (3), no Sky Hall Terrace Bar. Enquanto o público desfruta de um brunch a la carte, que inclui pratos, porções e drinks, Ikaro Kadoshi comanda as apresentações que irão rolar ao longo do dia.

Nomes consagrados da cena drag foram escalados para brunch, como Alexia Twister, do reality Nasce Uma Rainha, da Netflix, e Penelopy Jean, do Drag Me As a Queen, do canal E!, e também do Canta Comigo, da Record.

Veja Também:  Duda Reis volta ao Rio e diz ter ansiedade: "vivi situações dolorosas"

“O Drag Brunch já ocorre em vários países do mundo, sendo mais uma maneira das pessoas terem contato com a arte drag. A diferença é que ele acontece de dia, você pode comer, ir com toda família, ter um contato mais próximo com as drags.”, explica Ikaro Kadoshi. “Uma ótima opção para quem é mais diurno e ama a arte drag! A diversão é garantida!”

As apresentações das drags são interativas. Isso quer dizer que o público será parte integrante dos shows de humor enquanto aproveita o buffet de café da manhã e almoço, além de drinks e outras bebidinhas.

A primeira edição do Drag Brunch Brasil ocorrerá neste domingo (3), das 11h às 15h, no Sky Hall Terrace Bar (Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1327 – Vila Nova Conceição).

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana