conecte-se conosco


Policial

Centro de Equoterapia e Equitação da Cavalaria da PM dobra atendimento a população

Publicados

em


A duplicação da pista do Centro de Equoterapia e Equitação do Regimento Montado da Polícia Militar de Mato Grosso – Cavalaria, dará início ao projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescente imigrantes’ e a prática de volteio interativo. Noventa famílias passarão a ser atendidas no local.

Os projetos foram lançados na manhã desta quarta-feira (21.07), com a presença do comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, que destacou o trabalho ostensivo e a consolidação dos serviços sociais desenvolvidos pela unidade que é o embrião da corporação. Todas as medidas de biossegurança foram tomadas.

“É um orgulho poder fazer parte dos avanços dessa unidade. Com a ampliação da pista, mais famílias poderão ser assistidas com as ações sociais que ajudam no desenvolvimento de tantas crianças de adolescentes”, destacou o comandante.

Na avaliação do comandante da Cavalaria, tenente-coronel Walmir Barros Rocha, a duplicação da pista enriquece ainda mais o corpo da tropa e a identidade do Regimento Montado e caminha diretamente à filosofia de Polícia Comunitária, obedecendo suas doutrinas e aproximando a Polícia Militar dos cidadãos.

Veja Também:  Servidores cedidos devem fazer atualização cadastral

“Desenvolvemos um trabalho social e oportunizamos ajudar mais pessoas passando de 45 para 90 famílias atendidas na equoterapia. O espaço reúne, em único lugar, o trabalho do Comando Especializado – unidade Cavalaria da PM, aliado ao conhecimento científico da UFMT, em prol do atendimento às crianças que necessitam deste método terapêutico e educacional”.  

Foto: SD Elias 

A pró-reitora e coordenadora do Centro de Equoterapia da UFMT, Liziane Pereira de Jesus, conta que a unidade desenvolve um trabalho multidisciplinar de cunho filantrópico e prioriza a população de baixa renda.

Ela destacou o projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescentes imigrantes’ – que beneficia 10 crianças e adolescentes com idade entre 2 e 17 anos.

“O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2010 e junto com a Pastoral do Migrante estamos associando essa interação com o cavalo e vem surtindo efeito positivo de socialização com os participantes do projeto”.

Além do cunho social, o Centro de Equoterapia agrega uma série de projetos das mais diversificadas áreas, contribuindo e fomentando o ensino, a pesquisa e a extensão, pilares que orientam a conduta institucional. O espaço é voltado para famílias de baixa renda. Crianças com deficiência ou necessidades especiais são atendidas no espaço gratuitamente. 

Veja Também:  Polícia Civil prende suspeito de fomentar tráfico nos bairros Jardim Vitória e Novo Paraíso

Participaram da solenidade, o subchefe de Estado Maior, coronel Calor Eduardo Pinheiro da Silva, deputado Ulysses Moares, oficiais, alunos e familiares da equoterapia e sociedade civil organizada. 

Foto: SD Elias 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil incinera entorpecentes apreendidos em Paranaíta

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil em Paranaíta (851 km ao norte de Cuiabá) incinerou nesta quinta-feira, 29 de julho, 3,300 quilos de entorpecentes apreendidos no município.

De acordo com o delegado Antenor Pimentel Marcondes, a droga foi encaminhada para incineração após autorização do juiz da Comarca de Paranaíta, Tibério de Lucena Batista.

Conforme exigência legal, o ato contou com a presença de representantes do Ministério Público, promotora Daniele Baumgarten; da Vigilância Sanitária, Antônio da Silva e da Politec, Alan Vinicius de Figueiredo Lugli. Também acompanharam o ato delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles de Carvalho e a escrivã, Iraci Zeczkoski.

“A dependência química degrada vidas, desestrutura famílias, fomenta crimes e financia organizações criminosas. Por isso, o ato simboliza também o combate às drogas”, pontuou o delegado Antenor.

A incineração foi realizada em uma indústria cerâmica de Paranaíta, com apoio do empresário Valmir Mumbach.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Condutor mata pedestre atropelada e foge sem prestar socorro em Nova Olímpia
Continue lendo

Policial

Dois são presos após manterem família refém em Poconé

Publicados

em


Na tarde desta quinta-feira (29.07) policiais militares frustraram um roubo a residência, em Poconé. Dois homens foram presos em flagrante após manterem uma família refém, na região central do município. Na ação, a Polícia Militar recuperou dinheiro, joias, celulares e apreendeu duas armas de fogo.  

Por volta das 13 horas, a equipe da PM recebeu informação sobre um roubo em andamento em frente a uma livraria, localizada na Rua Barão de Poconé. De imediato, os policiais foram até o local, e foram informados de que dois homens haviam invadido uma residência, anunciando o roubo e quem mantinham a família de refém dentro do imóvel. 

A PM fez o cerco policial na região quando perceberam que os suspeitos estavam tentando fugir pelo muro dos fundos da casa. Os policiais verbalizaram com os suspeitos para que se entregassem, mas um dos homens com arma de fogo em mãos saiu e correndo e apontou o armamento na direção da equipe de policiais.  Diante da ameaça, os militares realizaram disparos contra o suspeito, com intuito inibir a ação.  

Veja Também:  Equipes do Batalhão Ambiental e da Sema embargam garimpo ilegal em Aripuanã e aplicam multa de R$ 750 mil

Um dos suspeitos entrou e outro homem se escondeu dentro da casa. Depois o suspeito tentou fugir novamente pela frente da residência e foi preso pela PM. Os policiais identificaram que um dos indivíduos presos reside em Cuiabá e o outro comparsa é do Estado da Paraíba.  

Na ação, a Polícia Militar recuperou celulares, joias, cédulas de dólares e apreendeu duas pistolas marca Jericho 941 F. Israel calibre 9 mm com 18 munições e uma pistola marca Imbel calibre 380 com uma munição e carregador de arma de fogo. A moto utilizada pela dupla presa foi apreendida.  Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana