conecte-se conosco


Agronegócio

CITROS/CEPEA: Combinação de demanda firme e menor oferta mantém preços em alta

Publicados

em


Cepea, 10/09/2021 – Os preços da laranja de mesa seguem em elevação, de acordo com dados do Hortifruti/Cepea. A demanda melhorou nesta semana, favorecida pelo início de mês e pelas altas temperaturas. Do lado da oferta, o clima quente e seco em São Paulo segue reduzindo a disponibilidade de frutas de qualidade (a maior parte está murcha e miúda). Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a pera registra média de R$ 43,75/cx de 40,8 kg, na árvore, avanço de 3% em relação à semana passada. LIMA ÁCIDA TAHITI – Os valores seguem recuando no estado de São Paulo, influenciados pela oferta elevada de frutas miúdas e pela menor demanda do mercado in natura. A média parcial da tahiti é de R$ 30,13/cx de 27 kg, colhida, queda de 9,5% em relação à semana anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Serpro lança plataforma de concessão de créditos de carbono
Propaganda

Agronegócio

CAFÉ/CEPEA: Preço do robusta segue em alta

Publicados

em


Cepea, 22/09/2021 – As cotações do café robusta continuam em alta nos mercados externo e interno. Os futuros da variedade ainda são impulsionados pelo aumento da demanda, aquecida especialmente pelo alto preço do arábica e pelos entraves logísticos no Vietnã, o maior produtor e exportador mundial de robusta. Além disso, segundo pesquisadores do Cepea, produtores nacionais estão relativamente retraídos, à espera de nova valorização, cenário que tem reforçado o movimento de alta doméstico, mas limitado a liquidez. Nessa terça-feira, 21, o Indicador CEPEA/ESALQ do café robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 782,11/sc, forte avanço de 4,86% frente ao dia 14 – a retirar no Espírito Santo. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Novas regras para produção de leite entram em vigor em todo o país
Continue lendo

Agronegócio

ALGODÃO/CEPEA: Preço cai e retoma patamar de meados de agosto

Publicados

em


Cepea, 22/09/2021 – As cotações da pluma estão em queda no mercado brasileiro e retornaram ao patamar observado em meados de agosto deste ano, conforme apontam dados do Cepea. Nessa terça-feira, 21, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, fechou a R$ 5,1864/lp, baixa de 1,96% entre 14 e 21 de setembro. Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão vem do aumento na oferta de pluma no spot nacional – devido ao avanço do beneficiamento – e também das desvalorizações externas. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Serpro lança plataforma de concessão de créditos de carbono
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana